28/06/16 - 13:00:38

EMIA, escola de artes, casa de crianças: uma experiência de 35 anos (Foto divulgação)

Livro apresenta a experiências ao redor da Escola Municipal de Iniciação Artística de São Paulo

Há 35 anos, funciona dentro do Parque Lina e Paulo Raia, no Jabaquara, em São Paulo, a EMIA – Escola Municipal de Iniciação Artística, que atende crianças de 5 a 12 anos de idade para mais do que uma aprendizagem de linguagens artísticas, proporcionar uma profunda vivência artística que colabora com toda a formação das crianças, oferecendo referências e permitindo o experimentar em direção ao seu desenvolvimento como cidadãs.

Para comemorar os 35 anos da escola, está sendo produzido um livro que reúne as experiências e reflexões de professores, coordenadores, diretores, mostrando como a escola é pensada e vem sendo construída ao longo desses anos, os trabalhos ali realizados e a diferença que a iniciação artística fez na vida das crianças que passaram pela EMIA.

O objetivo inicial da escola, quando criada, era preparar crianças para o ingresso na Escola Municipal de Música, porém, logo no início do trabalho a proposta tomou rumo próprio, dando espaço para o protagonismo de artistas de outras áreas, criando um fazer artístico e expressão que norteiam os trabalhos da escola a partir de muita liberdade, experimentação e construção contínua.

Hoje a escola trabalha a partir da integração da música, das artes visuais, do teatro e da dança, com professores que também são artistas e atuam conjuntamente, a partir de processos artísticos desenvolvidos com as crianças. Além disso, a EMIA oferece caminhos de escolha que passam por uma linguagem específica, o estudo de um instrumento ou a participação em oficinas diversas, corais e orquestra.

Os alunos participam de exposições de arte e apresentações diversas, tudo em um ambiente acolhedor, dentro de um parque, onde têm espaço para brincar, observar, criar e se relacionar como mundo de forma mais autêntica e significativa. Isso permite ainda mais o exercício da criatividade ao lado de professores artistas, que incentivam as crianças a se questionarem e a buscarem seus gatilhos dentro das referências apresentadas.

O livro trará muitas imagens das atividades, bem como explicações sobre o processo de constante evolução da escola, que sempre tem suas atividades construídas, alteradas e adaptadas dentro da evolução e necessidade de cada turma e a partir do diálogo com as crianças.

O lançamento do livro “EMIA, escola de artes, casa de crianças: uma experiência de 35 anos” será no dia 30 de junho, no Centro Cultural São Paulo.

Lançamento do Livro:

30/06 – CCSP – Piso Flávio de Carvalho

Arebo Comunicação

Andressa Dantas – Tabata Mertz