30/06/16 - 05:17:00

VALADARES VAI AO MS RESOLVER SITUAÇÃO HOSPITAL DE SIMÃO DIAS

 

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) esteve hoje(29) em audiência no Ministério da Saúde para tentar resolver a situação do Hospital de Simão Dias (UPA 24H – Pedro Valadares). A reunião contou, além do senador Valadares e assessoria, com três equipes do Ministério da Saúde (Secretaria de Atenção à Saúde, de Atenção Hospitalar e de Urgência e Emergência); com  a secretária de Saúde do Estado de Sergipe, Conceição Mendonça; o assessor João Lima; o Secretário de Saúde de Simão Dias, Lourival; e o presidente do hospital, Pedro Henrique; dentre outros técnicos.

O objetivo é encontrar uma formatação para o Hospital que garanta um atendimento de qualidade à população e que resulte na utilização de toda a infraestrutura que já existe no local e é inutilizada ou subutilizada.

Como resultado da reunião ficou definido que no próximo mês uma equipe técnica fará uma visita à instituição para definir a forma mais eficiente de aproveitar a grande infraestrutura existente. A ideia inicial é transformá-la em UPA – Porte II – Qualificada, atualmente ela é UPA I, apenas. Esta mudança, e o novo modelo resultante da adequação, permitirá ampliar sobremaneira os atendimentos atuais, bem como utilizar todo o potencial de Hospital de Pequeno Porte e Maternidade já existente.

“É inadmissível que uma instituição com a infraestrutura do Hospital Pedro Valadares permaneça com áreas subutilizadas ou inutilizadas quando a população demanda serviços de saúde” destacou Valadares. O senador acredita que é preciso encontrar um meio de garantir eficiência na utilização dos recursos disponíveis que muitas vezes ficam encaixotados por falta de orçamento para início de uso,como é o caso do aparelho de ultrassonografia de última geração que está lá ainda na caixa e foi adquirido com emenda parlamentar de sua autoria.

“Os procedimentos de análise da planta baixa do hospital serão iniciados já esta semana e espera-se que até meados do segundo semestre tenhamos uma proposta exequível para apresentar ao Ministro Ricardo Barros que mostrou todo interesse em resolver a questão na última reunião que tivemos” acrescentou Valadares.

Por Assessoria de Imprensa (Brasília-DF)