30/06/16 - 07:47:24

Sem reajuste desde 2013, SINDCANHOBA luta pelo PCS (Foto assessoria)

Por: Iracema Corso

Há três anos sem reajuste salarial, os servidores municipais de Canhoba lutam pelo cumprimento do Plano de Cargos e Salário (PCS), em vigor desde 2012. Em defesa dos direitos dos trabalhadores, o Sindicato de Servidores Públicos Municipais de Canhoba (SINDCANHOBA), filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), protocolou ofício na Prefeitura do município, no dia 27/06, cobrando o pagamento de periculosidade aos vigilantes, insalubridade aos garis, serventes e servidores lotados em clínicas e postos de saúde, além do reajuste no Plano de Carreira dos servidores municipais.

Na semana passada o sindicato teve uma reunião informal com a atual prefeita Maria Helena de Andrade Torres (PT do B), que assumiu a Prefeitura no dia 16 de junho. Segundo o presidente do SINDCANHOBA, a gestora demonstrou interesse de cumprir todas as garantias asseguradas pelo Plano de Cargos e Salário, no entanto não estipulou nenhuma data para conceder devido reajuste salarial e tomar as medidas cabíveis.

Pela situação de três anos de arrocho salarial, o presidente do SINDCANHOBA, José Agonaldo Santos, cobra agilidade da gestão municipal, principalmente porque 2016 é ano eleitoral. “O sindicato tem compromisso com a busca de melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores, por isso luta por condições de trabalho e salário, através do diálogo com a administração municipal”.

Junto à luta pela valorização dos servidores públicos municipais e pelo cumprimento do PCS, o dirigente sindical cobra o repasse da contribuição sindical voluntária, que é descontada todos os meses dos servidores filiados ao SINDCANHOBA, mas que desde março não vem sendo repassada pela Prefeitura. “Trata-se de uma situação de apropriação indébita do repasse que esperamos que seja corrigida pela atual gestão o quanto antes”, asseverou Agonaldo Santos.