01/07/16 - 06:50:52

Alunos da rede pública irão a Brasília participar do English Immersion (Foto ascom)

Por Ítalo Marcos

Uma semana de total imersão na língua e na cultura norte-americanas. Assim será o período de 3 a 8 de julho para os três alunos da rede pública de ensino, semifinalistas do Programa Jovens Embaixadores. No próximo domingo eles embarcarão para Brasília (DF), onde, durante uma semana, participarão de diversas atividades e aulas, tanto do idioma quanto dos costumes estadunidenses.

O programa é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. O secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, deu total apoio aos estudantes da rede pública e autorizou o Departamento de Trânsito da Seed providenciar o transporte de um dos alunos, que mora na cidade de Lagarto, para o aeroporto em Aracaju, no dia da viagem. Na manhã desta sexta-feira, 30, eles foram recebidos pela Superintendente Executiva da Seed, Marieta Barbosa, que enfatizou o apoio da Secretaria aos estudantes nessa jornada.

Célia Gil, técnica da Assessoria Internacional da Secretaria de Estado da Educação, destacou que os alunos terão uma programação surpresa durante esse período em que estarão em Brasília. “Essa é uma oportunidade incrível porque, além de promover a escola pública, dá a eles a oportunidade de conhecerem outras culturas e a língua que eles escolheram estudar. Essa troca de culturas é muito importante, pois vai agregar valor à vida estudantil e profissional deles no futuro”, disse.

Troca de experiências

Dois dos alunos são do Colégio Estadual Atheneu Sergipense, e todos enfatizaram que essa será uma oportunidade para troca de experiências. Foi o caso de Katarine dos Santos Brito, de 18 anos. Ela afirma que nunca fez curso de inglês e que aprendeu aos poucos, assistindo a séries e filmes.

Para ela, o Programa Jovens Embaixadores foi uma oportunidade de aprender mais e testar os seus conhecimentos. “Além do aprendizado, seria uma oportunidade muito boa para conhecer outras pessoas também, tanto daqui quanto de outras cidades do Brasil. O programa mostra o potencial dos alunos da escola pública e também que não precisamos fazer um curso para aprender uma outra língua”, declarou Katarine, que já está ansiosa pela viagem a Brasília.

O seu colega Guilherme Borges de Britto, de 17 anos, também do Colégio Atheneu, é bolsista de um curso de inglês há dois anos. Ele disse que sempre pesquisa muito sobre intercâmbios, e que soube do programa através de divulgação na escola. O estudante afirma que, nessa semana de imersão em Brasília, espera conhecer mais sobre a história norte-americana contada por pessoas que vivem nos EUA.

“Esse programa mostra que não existe mais o monopólio financeiro para poder fazer uma viagem como essa. Que os alunos da escola pública, se se esforçarem, também podem conseguir pelos próprios méritos”, explicou.

Já Igor Victor Souza Batista, de 16 anos, estuda o curso de Redes de Computadores no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS). Ele já estuda inglês há sete anos, mas tem vontade de melhorar o seu aprendizado. Foi um dos finalistas do Programa Jovens Embaixadores, mas não desiste: já se inscreveu novamente este ano para participar e tentar conseguir chegar à final.

Sobre a semana de imersão que participará em Brasília, Victor espera se enriquecer com a cultura americana e melhorar o inglês, conhecendo e trocando informações com pessoas mais experientes.

“Atualmente esse tipo de programa é bem raro. Não existem muitas oportunidades como essa, ainda mais oferecida pela Embaixada. Então acho que será muito boa essa oportunidade para a gente”, disse ele, que teve todo o apoio dos familiares e amigos.

Assessoria de Comunicação da SEED