01/07/16 - 14:14:08

SMS realiza mais de 600 atendimentos durante o Forró Caju (Foto ascom)

 

Com o objetivo de garantir o bem estar dos aracajuanos que foram prestigiar o Forró Caju, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) esteve presente nos 12 dias de evento realizando atendimentos no Posto Médico Avançado, montado pela Rede de Urgência e Emergência (Reue), fiscalizando bares e ambulantes, por meio da Coordenação de Vigilância Sanitária (Covisa) e ainda com a equipe da Ouvidoria realizando uma pesquisa de satisfação.

Mais de 90 profissionais trabalharam no Posto Médico Avançado, que funcionou com uma equipe multiprofissional formada por médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, serviço de apoio, supervisão e motoristas. Eles se revezaram com equipes de 14 ou 17 profissionais, a depender do dia, e realizaram 623 atendimentos no total. De acordo com o levantamento da Reue, foram 536 atendimentos clínicos (86,4% do total) e 87 cirúrgicos (13,96%). Ainda segundo as estatísticas, 246 pessoas foram até o posto com sintomas relacionados ao exagero na ingestão de bebidas alcoólicas, número que representa 39,33% do total de atendimentos. Outro dado que chamou atenção dos profissionais de saúde é que o público feminino liderou o ranking dos atendimentos: foram 379 mulheres e 244 homens.

Para a coordenadora da Reue, Roberta Lisboa, o fluxo foi dentro do previsto, com exceção da última noite em que o número de atendimentos dobrou. “Como o cantor Wesley Safadão era uma das atrações mais aguardadas da festa, o público nesse dia foi maior, como conseqüência a quantidade de atendimentos também. Mas com relação aos outros dias, o movimento foi tranqüilo e a maioria dos casos foram resolvidos no próprio posto, necessitando de poucas remoções tanto para o Hospital Municipal Nestor Piva, quanto para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). Finalizamos mais um ano de festa com o saldo positivo e sucesso nas ações”, afirmou.

Covisa também presente na festa

Quem também trabalhou durante os 12 dias de festa foi a equipe da Coordenação de Vigilância Sanitária (Covisa). Cerca de 20 profissionais atuaram na fiscalização dos 220 ambulantes e ainda dos 20 bares instalados dentro da área da festa. A equipe inspecionou todas as barracas, bares e restaurantes, para garantir a segurança alimentar dos forrozeiros. Um dado positivo é que este ano nenhuma apreensão foi realizada, todos os comerciantes estavam dentro das normas estabelecidas.

Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária, Nazaré Aragão, todo trabalho foi realizado com tranquilidade resultado de uma ação preventiva feita com os ambulantes antes dos festejos. “Chegamos ao fim desses 12 dias de festa com um balanço positivo da atuação da vigilância. Não tivemos transtornos, todos os ambulantes estavam devidamente certificados com o curso de manipulação de alimentos e a única autuação que fizemos foi referente a 60kg de gelo que tinha procedência duvidosa”, destacou.

Ouvidoria realiza pesquisa de satisfação

Uma equipe composta por três profissionais da Ouvidoria da Saúde trabalhou durante dez dias da festa aplicando uma pesquisa de satisfação referente aos serviços oferecidos pela Secretaria Municipal da Saúde. No total foram ouvidas 760 pessoas, entre público e comerciantes.

De acordo com a coordenadora da Ouvidoria, Cláudia Oliveira Pardo, o objetivo da pesquisa é avaliar os serviços prestados pela SMS durante a festa. “Os dois tipos de questionários aplicados avaliaram tanto o trabalho feito pela Vigilância Sanitária, quanto o atendimento do Posto Médico Avançado, visando melhorar os nossos serviços de acordo com a opinião do usuário e também verificar se houve já houve melhorias comparando com os outros anos. Ainda estamos fechando os dados da pesquisa, mas já podemos adiantar que as avaliações foram bastante positivas. Os resultados serão divulgados nos próximos dias”, esclareceu.