01/07/16 - 16:27:02

O empresário Lírio Parisotto está proibido de se aproximar de Luiza Brunet, informou o Ministério Público do Estado de São Paulo

O empresário Lírio Parisotto está proibido de se aproximar de Luiza Brunet, informou o Ministério Público do Estado de São Paulo. De acordo com comunicado enviado pelo órgão na tarde desta sexta-feira, 1, o empresário também não poderá manter contato com a atriz e ex-modelo por nenhum meio, após Luiza tê-lo denunciado por agressão. Como o MP já havia informado anteriormente, o caso é protegido por sigilo.

Confira o comunicado do MP:

“A atriz e ex-modelo Luiza Brunet fez uma representação ao Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (GEVID) do Ministério Público do Estado de São Paulo, relatando ter sido vítima de agressão doméstica. Em razão dessa representação, o Promotor de Justiça Carlos Bruno Gaya da Costa requisitou a realização de exames de corpo de delito e instaurou um procedimento investigatório criminal que está em fase inicial e é protegido por sigilo. A Justiça deferiu pedido do MP e na última terça-feira decretou medidas protetivas, pelas quais o investigado fica proibido de se aproximar da atriz e de manter contato com ela por qualquer meio. A data da representação é 23/06/2016”, informou o comunicado.

A briga ocorreu no apartamento do empresário, em Nova York. A modelo, que atuamente faz a personagem Madá em Velho Chico, contou ao colunista Ancelmo Gois, de “O Globo”, que ela estava nos Estados Unidos acompanhando o então namorado no prêmio “Homem do Ano”. Parisotto teria começado a discutir com a atriz em um restaurante e, depois, as agressões seguiram no apartamento, onde o empresário teria partido para cima de Luiza e a agredido com um soco no rosto e chutes, chegando a quebrar quatro costelas da ex-modelo.

“Ela está abalada, mas confiante na justiça”
Em conversa com o EGO, Pedro Egberto da Fonseca Neto, advogado de Luiza Brunet, afirmou que a atriz está “abalada, mas confiante na justiça”. Ele informou ainda que Lírio será citado na Lei Maria da Penha e enviou uma nota citando a comunicação ao Ministério Público do Estado De São Paulo sobre a “situação de violência doméstica e crimes de lesões corporais graves”.

Lírio se defende
Através de uma rede social, Lírio também se manifestou e afirmou que respeita as mulheres e que o caso será esclarecido na Justiça. “Amigos, peço um pouco de paciência a respeito de algumas informações que estão circulando nas diversas mídias. Nunca na vida agredi homem, muito menos mulher que respeito muito, quem me conhece sabe. Isto não me tira o direito de me defender de tentativas de agressão através de tapas, chutes, mordidas, unhadas etc. Tento me defender através da imobilização. Se o caso for para a justiça será lá que será esclarecida a verdade. Muita paz as pessoas do Bem. Por fim este é um canal de comunicação com pessoas de que aceitei me seguirem. Agradeço a compreensão. É a vida segue”.

Mais cedo, o empresário já havia enviado um comunicado oficial para a imprensa. “Neste momento, venho a público lamentar que versões distorcidas sobre um episódio ocorrido na intimidade estejam sendo divulgadas como única expressão da verdade. Embora compreenda a natural repercussão do caso pelas pessoas envolvidas, tenho a convicção de que no momento e nas esferas legais apropriadas todas as circunstâncias serão plenamente esclarecidas”.

Namoro teve idas e vindas
Luiza Brunet – que atualmente está no ar como a personagem Madá, de “Velho Chico” – e Lírio Parisotto – apontado como um dos homens mais ricos do Brasil – começaram a namorar em 2012, ficaram juntos por cerca de dois anos e terminaram em maio de 2014, sem muitas explicações. Em abril de 2016, após vários rumores de reconciliação, a ex-modelo confirmou ao EGO que os dois haviam reatado. A última vez que os dois foram vistos em público juntos foi no dia 2 de maio – dias antes das agressões – em um evento beneficente em São Paulo.

Fonte: globo.com