04/07/16 - 05:20:45

Nova descoberta identifica a possibilidade de surgimento do Alzheimer (Foto divulgação)

Um grupo de médicos do Centro Alemão de Doenças degenerativas publicou uma pesquisa sobre a possibilidade de identificar precocemente o Alzheimer, antes mesmo de que o paciente apresente qualquer sintoma. A pesquisa consiste em fazer imagens de uma área específica do cérebro em que a presença de espaços claros em ao menos duas regiões poderia significar a possibilidade de desenvolvimento da doença.

A pesquisa venceu um prêmio internacional organizado pela Sociedade de Medicina Nuclear e Imagem Molecular, dos Estados Unidos, como Imagem do Ano.

Ainda não existem revelações sobre os motivos que desencadeiam essa doença, porém, as regiões cerebrais mapeadas são locais específicos em que as proteínas tau e beta-amiloide se acumulam, um fator a ser considerado sobre o desenvolvimento do Alzheimer de agora em diante.

Assim como suas causas ainda não foram realmente descobertas, a cura para essa doença degenerativa também não e o que existem são medicamentos e cuidados paliativos para amenizar os sintomas, tornando a vida do paciente com Alzheimeir mais plena. O suplemento Souvenaid, por exemplo, é indicado para pessoas diagnosticadas com o estágio inicial do Alzheimer, caracterizado pela perda de memória recente. Isso porque esse composto une diversas substâncias, como o EPA, DHA, uridina e colina estimulam a formação de fosfolipídios que constituem as células nervosas e outros itens como o ácido fólico, vitaminas E, C, B12, selênio também são aliados contra o esquecimento.

A fase moderada do Alzheimer é identificada por agitação, insônia, dificuldade de dicção e de coordenação motora e, no estágio mais avançado, o paciente pode apresentar dificuldade em se alimentar, resistência para realizar atividades cotidianas e confusão mental, além do agravamento da perda de memória.

Tabata Mertz

Mertz Assessoria1