05/07/16 - 05:47:44

Polícia registra noites tranquilas nos festejos juninos do estado (Foto ascom Secult)

Esse ano foram 300 policiais militares a mais no Forró Caju, Arraiá do Povo e Forró Siri

As Polícias Militar e Civil registraram noites tranquilas durante o período dos festejos juninos na capital e no interior do Estado. No Forró Caju, montado nas praças dos mercados da capital, a Secretaria de Segurança Pública colocou em prática o planejamento operacional dos festejos e ao final de 12 dias de forró não registrou ocorrências mais graves no período.

De acordo com o coordenador das Delegacias da Capital, delegado André Baronto, a Polícia Civil atendeu à solicitação da Prefeitura de Aracaju e colocou em funcionamento uma delegacia plantonista dentro da área do Forró Caju. “Escalamos 144 policiais que se revezaram em plantões no decorrer do evento. O dado positivo é que essa unidade plantonista só registrou pequenos furtos e outros crimes de menor potencial ofensivo”, explicou.

O delegado disse, ainda, que quando as ocorrências aconteciam na área externa da festa, a Polícia Militar foi orientada a encaminhar os casos para as duas Delegacias Plantonistas de Aracaju, instaladas nas Zonas Norte e Sul da cidade. “Vale lembrar que o sucesso na segurança também foi registrado no Forró Siri, em Nossa Senhora do Socorro, e no Arraiá do Povo, na Orla de Atalaia. As duas plantonistas também não registraram fatos graves relacionados a esses eventos”, disse.

Para o comandante do Policiamento Militar da Capital (CPMC), tenente-coronel Vivaldy Cabral, a distribuição de 300 policiais militares a mais no Forró Caju, Arraiá do Povo e Forró Siri garantiu que não houvesse registros de ocorrências contra a vida ou outros fatos mais graves durante os festejos juninos.

“Além do reforço no policiamento, a Polícia Militar também deflagrou no mês de junho, a Operação Pronta Resposta, com o objetivo de coibir os assaltos a ônibus urbano na Grande Aracaju. O resultado foi muito satisfatório e os dados mostram que diminuímos em 34% o número de roubos no mês de junho em relação ao mês de maio”, explicou o oficial.

Ascom ASN