08/07/16 - 08:35:56

Saúde recebe mais de 700 novos equipamentos (Foto Marcele Cristine)

Insumos foram adquiridos com recursos na faixa de R$ 4,2 milhões, frutos do Proinveste

A rede estadual de urgência e emergência hospitalar de Sergipe recebe mais de 700 novos equipamentos médico-hospitalares de alta complexidade, adquiridos com recursos na faixa de R$ 4,2 milhões, frutos do Proinveste. Os materiais e mobiliários, como 50 camas elétricas e 150 hospitalares, 130 berços, sendo 50 para recém-nascidos, 12 máquinas de perfuração cirúrgica, três mesas para cirurgia e um tomógrafo serão destinados para não só o Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), como a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) e Hospitais Regionais do interior. A chegada de novos insumos proporciona melhoria e efetividade no serviço prestado pelos profissionais de saúde, e conforto para pacientes e seus respectivos acompanhantes.

A secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça, explica que os equipamentos adquiridos são modernos e vão substituir, ampliar e fortalecer o número de recursos tecnológicos nas unidades de saúde estaduais. Ela também conta que Sergipe oferece condições melhores na área, se comparado a outros estados.

“O Governo do Estado está dando continuidade aos recursos do Proinveste, em que poucos acreditavam, e promove realmente um parque tecnológico altamente eficiente. Estar com equipamentos, materiais e mobiliários novos garante eficiência no tratamento e maior conforto ao paciente. E nosso objetivo é esse. Como atuei mais de 15 anos no Ministério da Saúde, acompanhei outros estados, e são poucos os patrimônios que têm número de equipamentos hospitalares e mobiliário como temos aqui. Então realmente Sergipe sai na frente de grandes complexos hospitalares, cumprindo com o que prometeu”, destacou a secretária de Saúde.

A dona de casa Fátima Oliveira ficou satisfeita com a notícia da chegada de novos equipamentos. Seu filho Vinicius Barreto, 13, está internado no Huse e ela garante receber bom atendimento no local. “O paciente aqui é muito bem tratado e cuidado. Recebe a medicação na hora certa. Não tenho do que reclamar. Meu filho é bem atendido e os profissionais são atenciosos. Sobre o material que o hospital vai receber, quanto mais, melhor. Vai oferecer mais conforto para o paciente e até para acompanhante como eu. Tendo uma poltrona, não fica desconfortável pra gente”.

Para pessoas como Fátima, que acompanham familiares e amigos nas unidades de saúde, foram adquiridas 300 poltronas reclináveis. Além disso, são 200 aparelhos de ar condicionado, 55 ventiladores artificiais, 56 cardioversores, 300 mesas para refeição e outros tipos de mobiliário que vão facilitar a vida de pacientes e servidores.

“Temos equipamento específico para cirurgia de alta complexidade de ortopedia e camas elétricas fawler para terapia intensiva, sala de estabilização e eixo crítico do pronto socorro. Tudo isso é a resposta do Governo do Estado. Temos que acreditar em saúde de qualidade, pois nosso compromisso e objetivo maior são proporcionar efetividade, qualidade e equipamento a todos os pacientes que procuram a rede hospitalar e de urgência. Cuidamos do usuário e temos atenção muito especial em oferecer maior conforto não só para ele, como para o profissional”, complementou Conceição Mendonça.

A secretária de Saúde comenta que dos R$ 4,2 milhões de investimentos, R$ 1,2 milhão já chegou a Sergipe, através de equipamentos médico-hospitalares trazidos em oito caminhões, e nos próximos 15 a 20 dias estão vindo os demais, completando cerca de R$ 3 milhões.

O médico Esdras Silva, responsável pela área verde/clínica do Huse, acredita que a saúde, de forma geral, necessita de muitos recursos, de modo que os novos insumos chegam para ajudar e melhorar o serviço prestado no hospital. “A todo o momento recebemos pacientes de todas as partes de Sergipe e, inclusive, de outros estados, que têm diversas patologias. Tudo que é tipo de material vai ajudar, principalmente as macas, que sempre temos necessidade. A importância é muito grande, e independente do que vier, vai colaborar. É conforto, agilidade e diminuição de complicações para os pacientes internados”, pontuou.

Já a assistente social da urgência do Huse, Nanci Faria Nunes, relata que os equipamento médico-hospitalares chegam em boa hora.  “A aquisição de tecnologia dura, que é justamente as camas, ar condicionado e todo material permanente, é de extrema importância tanto para o paciente, como para o familiar, que muitas vezes pode passar 30 dias ou mais no hospital. De certa forma, vai trazer mais conforto para todos, inclusive para o profissional, que trabalha com assistência direta”.

O Hospital de Urgência de Sergipe passa por processo de fortalecimento, segundo explica a secretária Conceição Mendonça. Ela acrescenta que a proposta do governo é que, até o fim do ano, grande parte do parque tecnológico da rede estadual de urgência e emergência hospitalar de Sergipe seja substituído. Além desse material que vai ser destinado às unidades de saúde, as camas da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Huse [inaugurada há dois anos], assim como as das UTIs de Lagarto e Itabaiana já foram trocadas pelas manuseadas com controle remoto.

“Os atendimentos no Huse estão melhorando. Estamos dando continuidade a um projeto que começou desde o ano passado, com o ex-secretário Zezinho Sobral. Nós, em momento algum, fragmentamos esse processo e estamos fortalecendo”, relatou a secretária de Saúde.

A telefonista Suelen Vidal está com o pai internado no Hospital de Urgência de Sergipe e disse que comprova a qualidade do atendimento oferecido. “Meu pai tem 77 anos e está internado aqui com problema renal. Ele já foi assistido e está sendo acompanhado pelos médicos de manhã, pela tarde e noite. Para ele não faltou nada até agora e atualmente está fazendo diálise. Se a gente fosse atrás de uma clínica, ia demorar um pouco para ter acesso e o procedimento não ia ser bom. Aqui meu pai recebe toda assistência. Ele já está internado há 20 dias. Chegou bem molinho e já está bem melhor”, afirmou.

Maternidade

Outra unidade de saúde beneficiada com os investimentos do Governo do Estado por meio do Proinveste é a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL). O local é referência em Sergipe no atendimento às gestantes de alto risco e às vítimas de violência e abuso sexual.

Para o superintendente da MNSL, Luiz Eduardo Prado Correia, a chegada de novo material vai renovar os insumos e otimizar o parque tecnológico. “Esses equipamentos vão oferecer melhor atendimento à população e que a unidade de saúde continue oferecendo serviço bom para a comunidade”. Ele conta que a média de atendimento mensal da maternidade é de 1.500 usuários por mês, sendo 700 partos mensais. Além disso, são 30 acolhimentos a pessoas que sofreram violência ou abuso sexual.

A dona de casa Mônica Ferreira, que está grávida de sete meses, procurou atendimento na maternidade por conta de um sangramento. Ela conta que já tinha ouvido falar na MNSL e que escutou bons comentários. “É boa essa chegada de equipamentos para renovar e oferecer mais oportunidades para que os pacientes possam ser acolhidos na própria maternidade, sem que haja necessidade de ir para outra unidade de saúde. É uma ação boa do governo comprar equipamentos novos. A saúde está sempre precisando”, comentou.

Fonte SES