11/07/16 - 15:59:03

Governo discute implantação do Programa ‘Água Doce’ (Foto Marcele Cristine)

O programa visa levar dessalinizadores para comunidades isoladas do estado que não têm acesso a água potável. De acordo com Olivier Chagas, com o programa, serão beneficiadas as comunidades do sertão sergipano

O governador em exercício, Belivaldo Chagas e o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Olivier Chagas se reuniram com o diretor-presidente da Energisa, Jaconias de Aguiar, na manhã desta segunda-feira, 11, para solicitar a agilização de obras de reforço de energia para a implantação dos dessalinizadores dos poços artesianos do Programa ‘Água Doce’.

O programa objetiva levar aparelhos de dessalinização para comunidades isoladas do estado que não têm acesso a água potável. De acordo com Olivier Chagas, com o programa, serão beneficiadas as comunidades do sertão sergipano. “Hoje a Deso dá assistência a 90% de todo o território, mas algumas comunidades isoladas, como comunidades quilombolas, não têm água da Deso, principalmente no baixo São Francisco. Lá no sertão, essas comunidades dispõem de poços que são salinizados, então a água não é de qualidade para uso humano. O Estado fez um estudo, um levantamento de onde não tem água potável, onde o índice de mortalidade infantil é alto e também o IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] é ruim. Com base nesses fatores, faremos a instalação”, explicou.

Para Belivaldo Chagas, a reunião foi proveitosa.  “A Energisa está sendo uma grande parceira, mas eles têm um calendário próprio para fazer com que as ações sejam implementadas. O presidente foi solícito e disse que vai fazer de tudo para agilizar os serviços”, disse o governador.

O diretor-presidente da Energisa, Jaconias de Aguiar, afirmou que pretende auxiliar a execução do programa da melhor maneira possível. “Tudo que tivermos condição de fazer, faremos. Daremos prioridade”, garante.

A partir da data de assinatura do contrato, a previsão é de que, em até 60 dias, o reforço elétrico seja feito para funcionamento dos dessalinizadores. Na primeira fase do programa serão entregues 19 dessalinizadores, um já está pronto e os demais aguardam reforço de rede elétrica.

Também participaram da reunião, o diretor de Infraestrutura Hídrica e Mecanização Agrícola da Cohidro, Paulo Henrique Machado Sobral e o diretor técnico e comercial da Energisa, Amaury Damiance.

Água Doce

A partir de 2011, o programa Água Doce passou a integrar o programa Água para Todos, no âmbito do Plano Brasil sem Miséria. A iniciativa assumiu a meta de implantar 1.200 sistemas de dessalinização até 2016, com investimentos de R$ 240 milhões, beneficiando aproximadamente 500 mil pessoas.

Para o alcance desta meta, foram firmados nove convênios com os nove estados da região nordeste. Em 2013 e 2014, os estados realizaram diagnóstico em 2.947 comunidades rurais dos 232 municípios mais críticos quanto ao acesso à água na região semiárida do Nordeste. Em 2015, foram iniciadas as obras de implantação e recuperação dos sistemas nos estados contemplados.

Fonte ASN