12/07/16 - 05:00:38

“Agora tem água toda hora”, diz moradora de Aquidabã (Foto: Marcelle Cristinne/ASN)

Duplicação da Adutora sertaneja beneficia mais de 38 mil moradores do município e atende, ainda, as cidades de Amparo de São Francisco, Canhoba, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Gracho Cardoso, Feira Nova, Cumbe e alguns povoados de Nossa Senhora das Dores

Os aquidabãenses ainda celebram os benefícios recentemente entregues pelo governo estadual. A cidade do agreste sergipano, distante 92 km da capital, viu chegar de uma só vez ações há muito tempo ansiadas. A principal delas foi o pleno fornecimento de água, alcançado com a ampliação da adutora sertaneja, que acabou com o incômodo do fornecimento de água fracionado. O serviço foi entregue oficialmente no último dia 1°.

Mais de R$ 13 milhões foram aplicados, oriundos do Ministério da Integração Nacional do PAC – Prevenção Seca, e somente no município, com seus povoados, são mais de 21.300 mil habitantes contemplados. Mas a ampliação do abastecimento chegou ainda às sedes e povoados das cidades de Amparo de São Francisco, Canhoba, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Gracho Cardoso, Feira Nova, Cumbe e alguns povoados de Nossa Senhora das Dores.

Uma verdadeira mudança na vida de milhares de pessoas simples, como o professor aposentado José Ruvin, que conta que há apenas dois meses faltava água todos os dias em sua residência. “Chegava só no domingo por meia hora, mas agora está normal. Antes tinha que armazenar água, agora melhorou 80% para todos, não só para mim, está bem melhor. Agora tem que cuidar, economizar, porque se acabar, no final, nós vamos sofrer”, alerta.

A série de melhorias implantadas no sistema de abastecimento por meio da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), contou com renovação e instalação de novas bombas, pontos de tratamento de água e estações elevatórias que resolveram o problema enfrentado, há mais de duas décadas, por mais de 38 mil sergipanos da região. Toda a população receberá água simultaneamente, não sendo mais necessário o fracionamento do abastecimento entre as diferentes localidades.

O diretor presidente da Companhia de Abastecimento (Deso), Carlos Melo, falou da importância da obra. “O abastecimento era das 7h às 19horas. Hoje, temos um reservatório funcionando 24 horas. É uma alegria para a Deso levar água para mais comunidades”, disse.

Mudança de vida

Afazeres da rotina de trabalho como lavar o chão, eram coisas que não se fazia usualmente, como contou a atendente de farmácia Amanda Regina Ramos, 22 anos, que trabalha na avenida Paraguai. Ela relembra que já conviveu muito com a falta de água na cidade, onde vive há um ano. Nesse período, viu a situação mudar. “Faltava demais, a gente não lavava. Aqui vizinho, tem uma cisterna com bomba e era onde a gente pegava água. Em minha casa também tem cisterna, mas na rua faltava água, a minha vizinha sempre me dizia que demorava muito a chegar”, relatou, enquanto lavava os tapetes da farmácia.

A jovem dona de casa, mãe de duas crianças pequenas, Camila Machado também já não passa mais a angústia de querer dar banho nas crianças e não ter água. “Chegava uma vez por semana e agora todos os dias têm água o dia inteiro. Está bem melhor, antes para fazer qualquer coisa era difícil, tinha que armazenar água. Era tanto, que quando chegavam os agentes de endemias era ruim, porque tinha água e eles queriam que a gente jogasse fora. Agora a gente tem água toda hora”, disse.

A ampliação da adutora sertaneja é uma das três obras estruturantes de combate aos efeitos da seca executadas pelo Governo de Sergipe. As outras intervenções foram as ampliações da adutora do Alto Sertão e do sistema de abastecimento de água dos municípios de Umbaúba, Tomar do Geru e Itabaianinha. Em Aquidabã, também foi entregue o novo Centro Integrado de Segurança (Cisp), a pavimentação em asfalto e paralelepípedo de diversas ruas e a reforma do Terminal Rodoviário. Juntas, as quatro obras entregues somam um investimento de R$ 16.578.455,00.

Casas valorizadas

Camila Machado sentiu-se duplamente contemplada, pois além de ter água todo dia, viu a rua da Salsa, onde mora há seis anos, ser asfaltada. “Antes a rua era cheia de buracos, mas agora está muito legal, melhorou até para as crianças brincarem”, opinou a jovem.

Com investimento de R$ 2,63 milhões, o Governo por meio da Secretaria de Infraestrutura e do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe, pavimentou 18 ruas em Aquidabã, entre elas as principais avenidas da cidade, que ganharam asfalto novo, e, com paralelepípedo, ruas de bairros da periferia da cidade.

A comerciante Nadja Maria Ferreira, que há mais de 20 anos reside na mesma rua, viu o lugar ganhar cara nova. Os antigos paralelepípedos deram lugar ao asfalto. “Ficou melhor em todos os sentidos, da limpeza, dá mais valor às casas”, contou.

Foram contempladas a avenida Leonor Barreto Franco, as ruas Ademar Messias de Aragão, José Rollemberg Leite, Augusto do Prado Franco, da Salsa, Sebastião Figueiredo, Eduardo Chaves, Jackson de Figueiredo, Leandro Maciel, Floriano Peixoto, Gumercindo Bessa e João Dias de Morais, além da praça Fausto Cardoso e travessas Paraguai, Eduardo Chaves e Aldon Figueiredo e ainda nas proximidades do Hospital Santa Cecília e no entorno do posto de combustíveis.

Mais tranquilidade

Também foi entregue o novo Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), um novo conceito adotado pelo Governo do Estado, que alia o trabalho das polícias Civil e Militar num mesmo espaço, de modo a facilitar e agilizar o atendimento ao cidadão. Com recursos do Programa Sergipe Cidades, o Centro apresenta um moderno conceito de unidade de segurança pública. O investimento foi de R$ 697.138,46.

A professora Edjan Gomes dos Santos mora há quatro anos no conjunto Eurico I e afirmou que se sente mais segura com o novo Cisp. “Bom para a população que está crescendo. A gente se sente um pouco mais segura tendo esse Cisp aqui, principalmente deste lado que é mais distante do comércio, então eu achei ótimo, se precisar está aqui pertinho”.

“Bom para livrar muitas coisas, ladrão, com certeza só em estar aqui presente. Antes ficava um pouco mais difícil, por ser mais longe, agora é melhor. Está bem do lado de casa”, disse Rejane Rodrigues de Santana.

O Cisp conta com sala do delegado, gabinete do comando do destacamento policial militar, cartório, salas de custódia e de passagem, alojamentos, arquivo, sala de identificação de visitas, recepção, sala de armas e de multimeios, sanitários, copa, refeitório, áreas de serviço e de banho de sol.

Mais conforto

A população de Aquidabã também recebeu o novo Terminal Rodoviário, que foi totalmente reformado para dar mais conforto aos seus usuários. A reforma foi realizada também com recursos do Sergipe Cidades, na ordem de R$ 551.516,65. O projeto de intervenção seguiu as normas vigentes de segurança e acessibilidade e animou a secretária Elenilza Ribeiro, que aprovou a obra.

“Hoje para pegar um ônibus a gente espera aqui no ponto de venda de passagens e outras pessoas esperam na rua mesmo, depende de onde você mora. Quando voltar a funcionar, vai ser ótimo, com certeza, porque vai ter um lugar certo para ficar. E outra coisa, para que os idosos tenham mais direito, porque às vezes chegam para pegar o ônibus e não tem vaga, tem que esperar, minha mãe mesmo passa por isso. De Aracaju para cá é fácil, mas daqui para Aracaju é mais difícil. Às vezes, compra a passagem com local marcado, mas perde por causa disso, então é preciso que se dê mais oportunidade aos idosos”, afirmou.

“Vai ficar bom para todos, pois aqui a rodoviária nunca foi boa, não era higiênica e quando o pessoal chega na cidade e pede ponto de referência, não tinha a rodoviária para indicar. Então vai trazer melhorias para a cidade e conforto para a gente que trabalha aqui e para os passageiros”, disse o motorista David Vieira.

Secretaria de Estado da Comunicação Social