12/07/16 - 11:30:31

Secult inicia pagamento de cachês do Encontro de Cultura (Foto Raiane Souza)

O Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura, inicia nesta sexta-feira, 15, o pagamento dos cachês dos fornecedores e artistas que se apresentaram no Encontro Nordestino de Cultura – Arraiá do Povo 2016. O evento aconteceu entre os dias 16 a 01 de julho, na Praça de Eventos da Orla de Atalaia e no Espaço Cultural Gonzagão, em Aracaju.  Com cerca de 120 atrações, sendo a maioria de artistas sergipanos, o evento é considerado um dos maiores e mais tradicionais festejos juninos do país.

Ao todo, o Encontro contou com recursos na ordem de R$ 1.263.300 disponibilizados através do convênio com o Ministério da Cultura (MinC) e por meio de Emendas Parlamentares, de autoria do senador Antônio Carlos Valadares e dos  deputados federais Fábio Mitidieri, João Daniel e Valadares Filho. Em contrapartida foram investidos R$ 58.165, do Governo Estadual, para a realização do evento. Os pagamentos serão realizados mediante a entrega das notas fiscais.

“Mais uma vez, o Encontro Nordestino de Cultura foi um sucesso comprovado pela satisfação do público e dos artistas, além de atrair turistas e visitantes, fomentando a economia local. Agora, menos de um mês do final dos festejos, estamos disponibilizando o pagamento daqueles que contribuíram para este evento que tem como principal objetivo, manter viva as raízes da cultura nordestina”, afirmou o secretário de Estado da Cultura, Irineu Fontes.

O Encontro Nordestino de Cultura também contou com o apoio da Secretaria de Esporte e Turismo, Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social, Secretaria de Estado da Saúde, Samu, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Empresa Municipal de Serviços Urbanos, Superintendência municipal de Transportes e Trânsito, G Barbosa, Banese e Seguradora, Fasouto e Sebrae.

Edital de Seleção

Pelo segundo ano consecutivo, todas as atrações do evento foram contratadas através de Edital de Seleção, processo transparente e democrático. Dividido em nove categorias, o Edital contemplou diversas expressões culturais, entre bandas, músicos, grupos da cultura popular, quadrilhas juninas, espetáculos de artes cênicas, trios e repentistas.

Ascom / Sec. de Estado da Cultura