14/07/16 - 09:38:17

Música no MP – Coral Vozes da Cidadania abre inscrições (Foto arquivo MP)

“Quem canta seus males espanta”, diz um antigo ditado popular. Especialistas explicam que a música dá equilíbrio, oferece um estado agradável de bem-estar, facilita a concentração e o desenvolvimento do raciocínio. Então, por que não cantar?

O Ministério Público de Sergipe, pensando em integrar membros e servidores e oferecer uma oportunidade de descobrir os benefícios da música, convida a todos para participarem do Coral Vozes da Cidadania. As inscrições estão abertas e podem ser feitas com a Coordenadora do Coral, Lourdes Costa. Os ensaios serão todas as quartas-feiras, das 7h30 às 9h, no Espaço de Eventos Governador Marcelo Déda, no 5º andar.

O Coral Vozes da Cidadania foi criado em 2008 e começou apenas com dez integrantes. A ideia de montar o Coral surgiu na Associação de Servidores do MP com o objetivo de integrar as pessoas, desenvolver a dedicação e a satisfação pessoal. No início foi regido pela Maestrina Daniela Faber, mas desde 2011 o regente é o pianista e compositor Daniel Freire.

Segundo o maestro, são vários os benefícios trazidos com a implantação de um Coral em uma Instituição. “Integração, dedicação profissional, satisfação pessoal e o aprendizado cultural são alguns dos benefícios do canto. Os participantes terão a oportunidade de adquirir conhecimentos técnicos adequados ao bom uso (canto-fala) individual e coletivo, confraternizar com colegas de trabalho, criar elos de amizade e companheirismo, mostrar o seu potencial artístico, revelar verdadeiros talentos da Instituição, e conhecer e valorizar, especialmente, a Música Popular Brasileira e suas riquezas melódicas e harmônicas”.

“O nosso Coral é um dos mais bonitos do Brasil, já diz o nosso querido Orlando Rochadel, apreciador da boa música e maior incentivador desse Projeto do MP de Sergipe. O Coral Vozes da Cidadania faz parte da história do MP, encanta e emociona a todos com as suas belas apresentações”, disse o Procurador-Geral de Justiça Dr. José Rony Silva Almeida.

Fonte MPE