14/07/16 - 16:14:10

Canal de irrigação da Cohidro passa por reformas em Canindé (Foto Edmilson Cordeiro)

Obra iniciada em 15 de junho, a recuperação dos pontos críticos do Canal N1 do Perímetro Califórnia se encontra 55% concluída e sendo realizada com urgência, inclusive com as equipes trabalhando nos feriados, para que os períodos de interrupção do fornecimento de água não prejudiquem os agricultores irrigantes de Canindé de São Francisco, assistidos pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), a administradora do polo irrigado. A obra tem a previsão licitatória para terminar dia 5 de agosto, mas pela forma que está sendo executada, é esperado que o fim ocorra antes.

A reforma ocorre com recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Funerh), graças ao convênio com a Semarh (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), que garantiu, à execução da obra emergencial, R$ 199 mil. O Perímetro Califórnia possui 78 quilômetros entre canais e tubulações por onde a água corre até chegar às lavouras irrigadas. Destes, 7.987 metros são do Canal N1. Segundo o gerente de engenharia da Cohidro, Adnaldo de Santana Santos, todo canal vai passar por reformas, mas a realizada atualmente compreende os 1.579 metros mais críticos.

“O N1 compreende os canais trapezoidais (CTs) 02, 03 e 04. No CT-02 existia um trecho ao qual chamávamos de ”pontos críticos”, com rachaduras significativas, vazamentos intensos que já comprometiam o sistema de irrigação, sendo que o volume da água que chega ao ponto final não está mais de acordo com o previsto. Havia a necessidade de se efetuar os trabalhos de recuperação em uma ‘urgência urgentíssima’”, relatou Adnaldo, informando que está sendo executado, por empresa licitada, a retirada da vegetação às margens do canal e a substituição das placas de concreto danificadas, principalmente pela ação das raízes dessas plantas.

Segundo o diretor de Infraestrutura Hídrica e Mecanização Agrícola (Dinfra) da Cohidro, Paulo Henrique Machado Sobral, o restante do N1 e ainda o CT-01, também vão passar por obras. “Apesar de estarem na mesma região, os locais e serviços a efetuar são distintos. Os cerca de seis quilômetros restantes do CT-02 também serão recuperados, mas são em um menor grau de urgência e dificuldade e serão custeados pelos recursos do Proinveste. Também por este programa, receberão uma cobertura de concreto os 1,8 quilômetros do CT-01, canal que hoje fica dentro da área urbana da cidade de Canindé e sofre a interferência da poluição das residências e comércio em sua volta”, assinalou, referenciando também a economia de água com o canal coberto, ao evitar a evaporação.

Presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Filho, considera serem urgentes, essas obras de recuperação dos perímetros. “São quase 30 anos, desde que foram entregues à população, que esses sistemas de irrigação não recebem incentivos desse porte. Só no Califórnia serão R$ 4 milhões do Proinveste em obras e equipamentos para suplantar essa lacuna nos investimentos. Em todos os seis perímetros irrigados, o Proinveste destinou mais de R$ 7 milhões e ainda seremos beneficiados com R$ 33 milhões do “Águas de Sergipe”, para modernizar a irrigação dos perímetros da Ribeira e Jacarecica I, além das adequações ambientais nas barragens destes e nos perímetros Jacarecica II, Piauí e Jabiberi”, listou sobre os programas em que o Governo de Sergipe faz financiamento junto à União e ao Banco Mundial, respectivamente.

Irrigação não pode parar

Segundo o gerente do Perímetro Califórnia, Edmilson Cordeiro, a obra no N1 ocorre quando não há água passando para as estações de bombeamento (EBs) e persiste até esvaziarem os seus reservatórios. “As EBs 05, 06 e 07 são abastecidas pelo CT-02, onde ocorre a obra. Os três estoques estão durando em torno de quatro dias, após isso temos que religar para novamente abastecer e interromper a reforma. Por isso as equipes, da empresa contratada, tiveram que trabalhar no dia de São João e de São Pedro, pois coincidiu com o período em que a água poderia ficar interrompida”, informou, revelando ainda que o tempo chuvoso tem ajudado, diminuído o uso da irrigação e assim os intervalos, no uso do canal, serem maiores.

Fonte Cohidro

Foto Edmilson Cordeiro