14/07/16 - 16:39:48

Governo vai implantar mais 3 estações meteorológicas (Foto assessoria)

Sergipe vai ganhar mais três estações de monitoramento climatológico. A boa nova foi anunciada pelo chefe do 4º Distrito de Meteorologia da Bahia, Itajacy Diniz Garrido, vinculado ao Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que fez questão de vir a Aracaju na manhã desta quinta-feira, 14, comunicar ao secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Olivier Chagas.

O Estado já possui sete estações meteorológicas, localizadas nos municípios de Propriá, Aracaju, Itabaianinha, Poço Verde, Carira e Brejo Grande. Com o anúncio desse futuro acordo de cooperação, a ideia inicial é implantar os novos aparelhos, avaliados em 50 mil dólares cada um, com recursos do próprio Inmet, em Itabaiana, Gararu e Nossa Senhora da Glória, contabilizando 10 estações que fazem a cobertura climatológica. A Secretaria de Estado do Meio Ambiente fica encarregada, apenas, de escolher as áreas de interesse e realizar a manutenção periódica.

A diferença desses novos aparelhos é que eles são mais modernos e funcionam em tempo real, monitorando o clima com foco na agricultura, se antecipando a mudanças repentinas do tempo, ajudando, assim, a evitar perda de safra, além de acompanhar as mudanças nas bacias hidrográficas, como explica Itajacy.

“O objetivo principal é ampliar a malha climatológica em Sergipe, dando uma ênfase na produção da agricultura, fazendo um prognóstico climático para que os produtores não tenham perda de suas safras. E isso vai ajudar a fomentar a agricultura, além de acompanhar as reservas hídricas do Estado. Propomos ao secretário a ampliação dessa parceria, que nós já temos desde 2009, com as estações já instaladas pelo Inmet por aqui”, afirma Itajacy Garrido.

Antenado com os estudos dos processos atmosféricos, o secretário Olivier Chagas classificou o interesse do Inmet em ampliar as estações no Estado como “fundamental”, já que “esse tipo de investimento tem sido priorizado pelo governo do Estado, que tem firmado novas parcerias e investindo para modernização de todo o sistema, sempre com um olhar diferenciado para a população e o meio ambiente”.

Presente à reunião, o chefe do Centro de Meteorologia de Sergipe, Overland Amaral, entusiasta do processo de atualização dos aparelhos, disse que o Estado só tem a ganhar com a ampliação da parceria.

“Porque os melhores estudos climatológicos vão ser feitos com essas estações, que são mais avançadas, automáticas, rede online, e as informações chegam direto em nossa base. É um verdadeiro monitoramento em tempo real, via satélite. Estamos fazendo um aumento dos estudos, nós já tínhamos iniciado esse pensamento, e agora estamos retomando, devido às necessidades de ampliar as áreas de estudo e esse é um momento ideal para fazer isso”, afirmou.

Fonte Semarh