14/07/16 - 06:09:02

Brigada da Educação leva combate ao Aedes a Itabaiana (Foto assessoria)

A Secretaria de Estado da Educação mais uma vez cumpre o seu papel no combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Na manhã desta quarta-feira, 13, a Brigada da Educação esteve na cidade de Itabaiana, onde visitou duas escolas da rede estadual de ensino, levando ações de conscientização para alunos e professores.

Desde o início deste ano, a Brigada já esteve em aproximadamente 150 escolas da rede.

Primeiro foi a Escola Estadual Deputado Djalma Lobo, onde o coordenador da Brigada, o professor e enfermeiro Jorge Costa, fez uma palestra para os estudantes, fornecendo a eles diversas informações a respeito do mosquito e das doenças que ele pode transmitir.

“Itabaiana tem um índice de infestação relativamente alto, e percebemos que 80% dos focos estão em nossas casas. Cada um de nós precisa fazer sua parte para exterminar o mosquito Aedes aegypti”, disse Jorge Costa aos alunos.

Durante a palestra, ele mostrou fotos, interagiu com os estudantes e ensinou a eles algumas dicas para evitar a proliferação do mosquito em suas casas.

Ainda pela manhã, agentes de saúde fizeram uma vistoria na escola, para verificar a situação da unidade de ensino em relação ao mosquito transmissor.

Teatro

Logo em seguida os alunos assistiram a uma peça teatral, apresentada pelo Grupo Raízes, também com o intuito de conscientizá-los de maneira lúdica.

O mesmo grupo se apresentou depois no Colégio Estadual Murilo Braga, onde a Brigada da Educação também esteve para levar a conscientização a todos os que estavam participando do Governo em Ação, na sede da unidade de ensino.

A diretora da Escola Estadual Deputado Djalma Lobo, Daniele Silva Santana Moura, destacou que os alunos já vêm desenvolvendo trabalhos de prevenção contra o mosquito, já que o índice das doenças transmitidas pelo aedes aumenta a cada dia.

“Acho importante que esse trabalho seja feito na escola e que daqui eles possam levar essas informações para suas casas. Temos que saber o papel de cada um dentro da sociedade para que essa doença não se prolifere cada vez mais”, declarou.

A professora de Ciências, Dayseane dos Santos Rodrigues, tem promovido diversas atividades com os alunos nesse sentido.

“Acho necessária essa ação, porque aumentou a quantidade de mosquitos, e isso vem espalhando doenças e deixando muitas pessoas debilitadas. Aqui em Itabaiana já houve muitos casos de microcefalia”, explicou.

A aluna Luana Vitória Tavares de Jesus Cunha, 9º ano, é uma das brigadistas e irá auxiliar na preservação e conservação da unidade de ensino para que não surjam focos do mosquito.

“Vamos falar com as pessoas sobre os riscos da dengue e zika vírus. O que aprendemos aqui na escola temos que fazer em casa. Vou alertar todo mundo e ajudar na campanha contra o aedes”, afirmou.

Assessoria de Comunicação da SEED