14/07/16 - 05:03:58

Secretaria de Educação começa a organizar Desfile Cívico (Foto Maria Odilia)

A importância do fortalecimento dos valores cívicos e do sentimento de pertencimento à nação brasileira serão os critérios do desfile

O Desfile Cívico promovido pela Secretaria de Estado da Educação, no dia 7 de setembro de 2016, obedecerá a critérios claros de disciplina, promovendo a importância do fortalecimento dos valores cívicos e do sentimento de pertencimento à nação brasileira, além de considerar o simbolismo alusivo ao dia da Independência do Brasil. A Portaria nº 2266/2016, que estabelece as diretrizes, foi apresentada pelo secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, nesta quarta-feira, 13, em reunião realizada com diretores regionais, diretores e coordenadores de setores da Seed. O tema deste ano será “Tecnologia a serviço da Educação”.

Uma das medidas tomadas pelo chefe da Educação e equipe foi estabelecer critérios para participação das instituições educacionais e comunitárias no desfile cívico 2016, com prévia inscrição a ser realizada na sala do Cerimonial da Secretaria de Estado da Educação, situada na rua Gutemberg Chagas, 169, D.I.A., Aracaju, no período de 25 a 29 de julho de 2016, das 7h às 13h e das 15h às 17h. O telefone do setor é (79) 3194 – 3217.

Outra novidade apresentada pelo secretário Jorge Carvalho foi a redução do número de escolas participantes, passando de 22 para 15, além da mudança da ordem de apresentação no dia do evento, a começar pelas instituições educacionais integrantes da Rede Pública de ensino, seguidas pelas redes federal e privada e instituições comunitárias.

“A escolha será feita por meio de edital de inscrição. Desse edital, serão selecionadas as 15 escolas a partir de critérios estabelecidos”, afirmou Jorge Carvalho, ao elencar que serão itens de desempate: possuir banda musical própria; possuir maestro/instrutor capacitado em curso já oferecido pelo diretor regente da SecBanda; ter maior número de alunos matriculados; ter maior número de participações em desfiles cívicos e ter  maior nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

Otimização do custo e tempo

Devido à necessidade de disciplinar a realização do evento cívico e em face do reordenamento econômico que passa o país, a tradição será mantida com a participação das escolas da Grande Aracaju circunscritas à Diretoria Regional de Educação 8 em um único pelotão, com 60 componentes e banda musical própria.

Uma única escola federal representará toda a rede federal em Sergipe e quatro escolas particulares participarão do desfile com suas respectivas bandas. As instituições comunitárias serão limitadas a um pelotão representativo das diversas instituições com duas bandas musicais. Será vedada a participação de instituições educacionais que não possuam banda musical.

As paradas das instituições para evoluções e performances em frente ao palanque não serão permitidas, pois havia a necessidade de encurtar o tempo do desfile, programado em 2016 para acontecer das 8h às 12h.

Músicas e machas

Com o intuito de motivar o civismo e as simbologias do Dia da Independência, todas as instituições participantes deverão executar músicas marciais condizentes com a data, a serem submetidas à apreciação do diretor regente da SecBanda. “Tivemos uma preocupação com o que estava acontecendo com as bandas marciais no dia do desfile. Vamos incentivar o civismo”, destacou.

Semana da Pátria

No período de 1º a 7 de setembro, todas as escolas da rede estadual de ensino serão obrigadas a hastear e a arriar as bandeiras de Sergipe e do Brasil, como manda a lei federal, que estabelece o horário das 8h para hasteá-las e 17h para arriá-las.

Os professores, servidores e comunidade em geral serão incentivados a participar das solenidades do Hino Nacional. Palestras, seminários e atividades pedagógicas deverão também fazer parte das comemorações da Semana da Pátria.

“Tínhamos vários eventos e muitos aconteciam sem motivo cívico. Vamos normatizar a data que antecede o 7 de setembro”, finalizou Jorge Carvalho.

Cobertura online

O desfile cívico deste ano terá como tema “Tecnologia a serviço da Educação” e acontecerá tradicionalmente na avenida rio Branco, deslocando-se para a praça da Bandeira, passando pela avenida Barão de Maruim, em Aracaju. Pelo segundo ano, a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Secretaria de Estado da Educação fará cobertura jornalística online durante a realização dos desfiles cívicos militar e estudantil.

A cobertura das festividades será postada no Portal da Educação e nas contas da Seed nas mídias sociais, com textos, imagens e vídeos no momento da realização.

O internauta que estiver ou não na avenida, basta acessar o site www.seed.se.gov.br e ainda as ferramentas Facebook/seedsergipe, twitter/seedsergipe, que estará linkado com os acontecimentos da avenida.

Wi-Fi livre

“Teremos ainda, em ação, com vídeos ilustrativos e educacionais, o nosso mais novo instrumento da comunicação, o Repórter Educação, além do Foca na Educação”, informa o  diretor da Ascom, Elton Coelho, .

Para isso, a Ascom/Seed contará com o trabalho de jornalistas, repórteres fotográficos, videomakers, motoristas e outros que atuarão no apoio operacional das atividades jornalísticas, além da Coordenadoria do Informática (Codin). Ele informou que a Seed também disponibilizará “wi-fi” livre para acesso dos internautas.

Fonte Seed