20/07/16 - 06:12:59

Huse lança protocolos de estruturação de fluxos para aprimorar (Foto SES)

Trata-se de uma forma de padronizar o atendimento desde a recepção até o internamento do usuário do Sistema Único de Saúde

O Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) lançou esta semana a 1ª Estruturação de Fluxos e Protocolos do Pronto Socorro Adulto – Área Azul. Trata-se de uma forma de padronizar o atendimento desde a recepção até o internamento do usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). Também foi apresentado o Grupo de Trabalho de Assistência Médica da Área Azul (GTAMAA), constituído em abril deste ano.

O GTAMAA tem o objetivo de dar resolutividade e desenvolver projetos colaborativos que criem, demonstrem e viabilizem o uso de novos protocolos, normas, rotinas, fluxos, procedimentos técnicos e qualificação técnica profissional para que as equipes assistenciais aprimorem a assistência do pronto socorro adulto do Huse.

“Essa é a primeira fase do protocolo de padronização da área azul, que é porta de entrada do pronto socorro do Huse. A iniciativa facilitará a tomada de decisões e de informações sobre a avaliação dos pacientes, procedimentos, intervenções médicas e de enfermagem”, destacou o médico plantonista da área azul do Huse e integrante do GTAMAA, Reginaldo Freitas.

A superintendente do Huse, Lycia Diniz, destacou a importância da construção dessa nova estruturação do pronto socorro. “O protocolo é um ganho enorme para o reforço do controle das ações já existentes. O Huse é de alta produtividade e resolutividade. Sem dúvida, os resultados serão excelentes. Os maiores beneficiados serão os usuários e as próprias equipes”, ressaltou.

Treinamentos

Depois da apresentação dos fluxos para a área azul, foi apresentado o Protocolo de Dor Torácica e Fluxos, e iniciado o 1º ciclo de treinamentos destinado para médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem. Dentre os temas abordados estavam Infarto Agudo do Miocárdio no pronto socorro do Huse, Eletrocardiograma Básico, Dor Torácica na Emergência, ECG no Infarto Agudo do Miocárdio e Técnica de Eletrocardiograma.

“Participar desse momento é muito importante. Sinto-me mais valorizada e fazendo parte desse trabalho. Sei muito bem a importância desse protocolo que estou ajudando a construir”, disse a técnica de enfermagem, Rosângela Pereira.

A enfermeira Nivea de Oliveira disse que o protocolo é uma exigência. “Esse é um momento de implementação de um instrumento que vai exigir cada vez mais a realização de capacitações. Protocolos são importantíssimos para os processos de trabalho desenvolvido no hospital”, pontuou.

O coordenador do pronto socorro adulto do Huse, Vinícius Vilela, ressaltou os benefícios com a implantação do protocolo. “Trazer os protocolos de processos de trabalho são fundamentais para o êxito das atividades já existentes. Capacitaremos todos os profissionais, aprimoraremos as condições de trabalho e faremos a avaliação dos fluxos de trabalho. Quem ganha é o paciente e a população”, concluiu.

Fonte SES