21/07/16 - 16:03:16

TAXA DE CRESCIMENTO ANUAL DE HOMICÍDIOS ALCANÇA ESTABILIDADE

Embora registre números ainda altos, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) aponta a estagnação das taxas dos homicídios no Estado quando há uma análise de projeção ano após ano. Os relatórios de análise comparativa dos primeiros semestres dos anos de 2011 a 2016 do Centro de Estatística e Análise Criminal (Ceacrim) da SSP (clique aqui e veja) apontaram que as taxas de crescimento de homicídios pararam de aumentar na capital e permaneceram estáveis no interior.

Desde 2011, a taxa de crescimento possui média de 18% de aumento no final do primeiro semestre de cada ano. Em 2016, o aumento foi de 0,32, pois foram dois homicídios a mais que os contabilizados em 2015: 620 contra 622.

Em outras palavras, embora o cenário ainda não seja o desejado pela SSP, os meses de janeiro a junho de 2016 foram os primeiros nos últimos cinco anos a não registrarem aumento significativo da taxa neste tipo de crime. Na série histórica, houve aumento no primeiro semestre de 19,88% em 2011-2012, 17,10% em 2012-2013, 9,96% em 2013-2014 e 24,75% em 2014-2015. Em 2016, a taxa de aumento é de 0,32%.

Somando os números de todo o Estado, a estatística mostra os seguintes dados: 322 (2011); 386 (2012); 452 (2013); 497 (2014); 620 (2015) e 622 (2016). Em média, o primeiro semestre dos últimos cinco anos registrava um aumento de 18% nesse tipo de crime em todo Estado.

Em termos absolutos, Aracaju registrou nos primeiros seis meses deste ano, 434 homicídios, exatamente o número do mesmo período de 2015. Para se ter uma ideia do que isso representa, a média de aumento de homicídios dolosos na capital sergipana nos primeiros semestres de 2011 a 2015 era de 26% a cada ano.

Os números do interior também se estabilizaram esse semestre, ficando praticamente iguais aos registrados no mesmo período do semestre anterior. De janeiro a junho de 2015, o Ceacrim contou 186 assassinatos no interior do Estado e 188 de janeiro a junho de 2016. Os números fechados dos homicídios nos municípios do interior nos semestres iniciais dos anos anteriores ficaram assim: 2011 (78); 2012 (116); 2013 e 2014 (125).

“É verdade que esses números ainda são altos e temos que trabalhar bastante, unidos com a sociedade e com todos os entes do sistema de Justiça Criminal, para comemorarmos uma redução dos homicídios. Felizmente, graças a uma nova postura da segurança pública implantada no início do ano, conseguimos fazer com que esse crime parasse de crescer. Agora, o foco é a redução e com muito trabalho, conseguiremos alcançar bons resultados”, destacou o secretário de Segurança Pública, João Batista dos Santos Júnior.

Fonte e foto: Ascom SSP