22/07/16 - 06:49:28

85 operários trabalham na interligação das Av. Rio de Janeiro e Gasoduto (Foto Jorge Reis)

O mais novo corredor viário de Aracaju terá 3,55 Km de extensão e tem como objetivo encurtar distâncias entre as zonas Oeste, Sul e de expansão da capital, além de facilitar o escoamento de veículos na região, sobretudo em horários de pico

Diariamente, 85 operários trabalham para garantir agilidade nos serviços de interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto. A obra do Governo de Sergipe, executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) em parceria com o Departamento Estadual da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (DER/SE), é fruto de investimentos do Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana (Pró-Transporte) no valor de R$ 40.184.425,70.

No momento, estão sendo realizados trabalhos, em regime de revezamento, de cravamento de estacas, concretagem dos blocos das fundações, pilares e travessas, serviços de drenagem, serviços de topografia, entre outros, o que confere mais celeridade à obra. O mais novo corredor viário de Aracaju terá 3,55 Km de extensão e tem como objetivo encurtar distâncias entre as zonas Oeste, Sul e de expansão da capital, além de facilitar o escoamento de veículos na região, sobretudo em horários de pico.

Evolução

Em visita aos canteiros das obras, nesta quinta-feira, 21, o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, informou que a execução tende a evoluir. “Estamos com quatro frentes de trabalho em pontos diferentes. Na primeira delas, localizada no canteiro central, ao lado do viaduto do Detran – ponto inicial da interligação -, já foram cravadas 120, das 150 estacas metálicas, concretados seis dos nove blocos de fundação, oito dos 18 pilares e três das sete travessas, elementos estes que compreendem a nova alça do viaduto”, detalha.

Ele acrescenta que nas outras três frentes, o ritmo de atividades também é célere. “Nas proximidades dos condomínios residenciais em frente à antiga linha férrea, estamos executando serviços de drenagem e rebaixamento do lençol freático. Um pouco adiante, às margens do Rio Poxim, estacas para as fundações das duas pontes já estão sendo cravadas, e, precisamente ao lado da ponte que separa os conjuntos Orlando Dantas e Marivan, técnicos realizam serviços de sondagem, onde futuramente a outra ponte que faz parte do projeto de interligação será construída, porém, mais larga do que a já existente”, explica.

Valmor Barbosa, diz ainda que nas próximas semanas as obras ganharão mais fôlego. “Tivemos alguns empecilhos por conta da quantidade de chuvas ocorridas além do esperado, mas demos celeridade em outros serviços, como os berços de vigas, remanejamento da rede de gás e da adutora, bem como, executamos a demolição de algumas residências que foram desapropriadas. Após a conclusão da concretagem dos blocos de pilares, o ritmo das obras terá celeridade e serão abertas novas frentes de trabalho, e, com a diminuição das chuvas, novos serviços de terraplenagem serão iniciados, assegurando mais agilidade nos trabalhos posteriores e a certeza de que o cronograma previsto será mantido”, enfatiza o secretário, destacando ainda que esta é uma das mais importantes obras de mobilidade urbana da capital.

Fonte ASN