26/07/16 - 13:33:24

Empresas de ônibus ainda mantêm anúncios em vidros traseiros (Foto ilustração)

*Lacerda Junior

Lembro-me dos meus tempos de menino que quando não tinha nada pra fazer, entrava em um ônibus e ia dar uma volta por Aracaju,a viagem era tão tranquila que às vezes dava até pra tirar uma breve soneca entre um trecho e outro.

Os tempos passaram e a violência urbana subiu os degraus dos ônibus, aterrorizou, agrediu e até matou motoristas, passageiros e cobradores.

As empresas responsáveis pelos veículos aperfeiçoaram de forma tecnológica as maneiras de evitar que os dividendos arrecadados fossem surrupiadospelos menores que antes passavam por baixos das catracas apenas para não pagarem a passagem.

Bilhetagem eletrônica, câmeras, são exemplos de como as empresas aumentaram a segurança da arrecadação. Para aumentar os lucros, as empresas instalaramnos vidros traseiros dos ônibus os busdoor’s, espaço destinado à publicação comercial.

Após a retirada de boa parte do dinheiro que rodava no caixa do ônibus, as vítimas dos assaltantes passaram a ser os passageiros. Essa ação se intensificou pela facilidade que os meliantes têm em trocar os pertences roubados por drogas e a ineficiência de políticas de segurança pública.

Nesse contexto uma simples medida poderia contribuir para a redução dos assaltos à ônibus: A retirada da publicidade afixada no vidro traseiro dos veículos. Porém as empresas se recusam a proceder a retirada, pois as mesmas garantem aumento da arrecadação aos cofres.

Há alguns dias atrás a capital sergipana se viu consternada com o assassinato de um cobrador que estava trabalhando e durante um assalto foi atingido covardemente por um disparo à queima roupa.

No calor do momento diversos órgãos se mobilizaram, reuniões aconteceram e entre uma reunião e outra se afirmou que os busdoor’s seriam gradativamente retirados dos ônibus.

Quase quinze dias já se passaram e os Busdoor’s continuam no mesmo lugar, o acontecimento caiu no esquecimento, e está vivo apenas na lembrança dos que perderam seu ente querido.

*Lacerda Junior – Jornalista, professor e pesquisador de Educação e Segurança para o Trânsito.