29/07/16 - 14:53:18

Sexta Cultural do TCE dissemina produção literária (Foto: Cleverton Ribeiro)

A quarta edição deste ano da “Sexta Cultual” aconteceu no hall do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) durante a manhã desta sexta-feira, dia 29, e prestou uma homenagem à semana comemorativa pelo Dia Nacional do Escritor, ocorrido no último dia 25. Foram relançados dois livros dos escritores sergipanos Alina Paim e Waldemar Bastos Cunha, houve exposição de quadros do artista plástico Melcíades e apresentação musical “Fados Tropicais”, com a banda Alentejo.

Como já é marca conhecida do projeto, esta edição veio mais uma vez valorizar a cultura sergipana, apresentando ao público presente artistas do estado. O escritor e ex-procurador do município de Aracaju, Waldemar Bastos, autografou seu livro “Versos em Flama”, com poesias que falam de paixão.

“Por se tratar de um sentimento humano que é muito caro a todos nós, acontece muita identificação. O livro tem como ponto importante esse sentimento que é tratado em todas as páginas, os poemas não tem nomes porque, até hoje, o ser humano ainda não conseguiu definir esse elemento que nasce com a gente e vulcaniza a nossa vida”, descreveu o escritor.

O livro “Simão Dias”, da escritora estanciana Alina Paim, teve sua 3ª edição organizada pelo historiador e pesquisador cultural Gilfrancisco. A escritora tem obras admiradas fora do país e nos círculos mais especializados em literatura, mas ainda é pouco conhecida pelos seus conterrâneos. O livro tem apresentação escrita em 1949 por Graciliano Ramos, grande amigo de Alina.

De acordo com Gilfrancisco, o “Simão Dias” é autobiográfico e conta sobre a infância da escritora vivida no município. “É uma obra muito importante para conhecer um pouco sobre a escritora, tão desconhecida em Sergipe. Também é importante para todos os sergipanos, para saber sobre a cidade do título e para todos os públicos interessados na historia da educação, já que Alina conta sobre seus dias em colégio de freira.”

Outra atração do evento, a exposição “Caminhos” é um compilado de 25 anos dos trabalhos artísticos do artista plástico Melcíades e ficará disponível por 30 dias, no hall do TCE. Para o artista, é muito importante que um órgão público tenha preocupação com a arte local. “O espaço público em parceria com a arte e a cultura é algo fantástico, hoje acontece um verdadeiro encontro com a arte”.

Centenário de José Amado Nascimento

Na abertura da “Sexta Cultural” o conselheiro presidente Clóvis Barbosa de Melo anunciou que o mês de agosto será repleto de homenagens ao ex-conselheiro do TCE, José Amado Nascimento. Um mini documentário foi apresentado mostrando aos presentes um pouco da vida do homenageado.

“A partir de segunda-feira, dia 1° de agosto, vamos dar início ao mês comemorativo aos 100 anos de José Amado, um homem notável como conselheiro. poeta, com grandes serviços prestados à contabilidade. É muito importante ressaltar que esta é uma homenagem em vida ao ex-conselheiro que aniversaria no mês de agosto e contará com exposições, saraus e várias outras manifestações que venham a enaltecer a importância do homenageado”, disse o presidente.

Fonte TCE