03/08/16 - 06:55:05

Serviços por meios digitais é tema de capacitação (Foto André Moreira)

Curso para profissionais de comunicação do governo foi realizado nesta terça-feira, 02, e teve como foco a discussão sobre o uso das redes sociais na prestação de serviços

As redes sociais como ponto de prestação de serviço. Essa e outras questões foram alvo de discussão na tarde desta terça-feira, 02, entre servidores da área de comunicação que atuam no Governo do Estado. O debate foi levantado pela equipe do WeGov, organização que trabalha com criação de conteúdos, projetos e capacitação de profissionais na área de mídias digitais,  que trouxe casos de inovação e apresentou ferramentas que colaboram na gestão de conteúdo online.

A ampliação da interação com a população é um dos nortes do governo, que, por meio de espaços como Facebook, Twitter e Instagram, expõe as atividades e iniciativas ofertadas pelo Estado para facilitar e melhorar a vida dos cidadãos. De acordo com o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto, antes, a comunicação, em geral, era unilateral, e não havia espaço para que as pessoas manifestassem suas opiniões e esclarecessem dúvidas.

“Temos tido belas experiências de alcance e, principalmente, de interação com a população em nosso núcleo digital. Quando tratamos de um assunto que desperta interesse dos cidadãos, eles interagem, participam, se engajam e dão retorno, tanto positivo, como negativo. E é por isso que o governo tem que estar atento, ver, ouvir, interpretar e oferecer o retorno adequado para a população”, destacou Sales.

O secretário de Comunicação comenta que as pessoas estão migrando de forma muito rápida para o meio digital, e que é preciso acompanhar essa mudança. “Assim como a música diz que o artista tem que ir aonde o público está, o governo também tem que ir aonde o povo está, ainda mais um governo popular como é o de Jackson Barreto, que tem seus valores e princípios e sua missão orientada para as pessoas mais carentes. Temos que buscar todos os meios para chegar até elas”, acrescentou.

Nesse sentido de engajamento de público, o palestrante e diretor executivo da WeGov, André Tamura, disse que o profissional da área de comunicação tem que se reinventar, aprender outras competências, captar a nova oferta de conhecimentos e adaptar isso para sua realidade de trabalho. O profissional da área de social media ressalta que, dentro desse contexto, o Governo de Sergipe dá um passo à frente, pois está cada vez mais capacitado e atende às novas perspectivas de comunicação.

“A gente sabe que cada estado tem suas particularidades, mas tiro o chapéu para a Secretaria de Comunicação do governo. O pessoal está fazendo um trabalho de buscar capacitação e criaram um manual de uso de redes sociais, documento o qual tive acesso e é super completo, acessível e de fácil utilização. Acho que é um trabalho que tem tudo para crescer”, pontuou André.

No âmbito da prestação de serviço, a coordenadora do Núcleo de Cultura Digital do Governo de Sergipe, Anne Karoline, afirma que, diante das novas dinâmicas de comunicação, o setor tem criado algumas ações de engajamento com os usuários. Uma delas, na qual houve destaque positivo, foi a divulgação de um curso de inglês gratuito oferecido pelo Espaço Cuidar. O serviço chamou tanto a atenção, que cerca de cinco mil pessoas foram atingidas com a publicação, superando até o número de pessoas que a instituição esperava receber.

“É esse trabalho que a gente quer fazer. Queremos mostrar que existem coisas do governo que a população pode se interessar, aproveitar e gerar resultado pessoal. E gostaria de acrescentar que, além desse caso do Espaço Cuidar, tivemos outro recente que chamou atenção. Através do espaço de mensagens privadas do Facebook, um rapaz veio até nós falando que a mãe estava na fila do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) e não conseguia atendimento. Nós, então, entramos em contato com a Secretaria de Estado da Saúde, um profissional da área entrou em contato com a família, e depois o rapaz veio agradecer, pois a mãe foi bem atendida e estava melhor. Ou seja, isso é algo que tentamos fazer para mostrar que a página do governo também está ali para prestar serviço para a população”, relatou Anne.

A divulgação de informações por parte do Governo de Sergipe pelas redes sociais, além de utilizar a formatação textual e visual, por meio de imagens, também usa vídeos para ampliar a comunicação com a população e estimular seu interesse. O secretário Sales Neto conta sobre o ‘Sergipe Tudo em Cima’, iniciativa que apresenta pequenos vídeos de 30 segundos, nos quais são mostradas obras do governo através de trilha sonora e uma visão aérea. Há também o ‘Via Sergipe’, boletim informativo que apresenta as obras mais importantes do governo, para que os usuários da rede saibam o que está sendo feito em prol da melhoria do estado.

A ideia do Governo de Sergipe é que, assim como a Comunicação e outras secretarias de Estado, outros órgãos se engajem no meio digital. Ele cita exemplo da Segurança Pública (SSP), que consegue atrair, cada vez mais, a atenção dos usuários. Sobre isso, a profissional de comunicação da SSP, Priscilla Melo, comenta que o objetivo é desmistificar a ideia que a Segurança é um local apenas voltado para repressão e combate a violência.

“Queremos mostrar que nossa atuação é maior. Pensando nisso, criamos vários canais, como o do ‘Bombeiro Amigo’, onde nós damos dicas simples, que vão desde como manusear uma panela de pressão, a saber como fazer os primeiros socorros. O intuito é humanizar mais a SSP e aproximar o cidadão”, afirmou Priscilla.

A assessora de comunicação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Gleice Queiroz, por sua vez, opina que é preciso tornar a gestão pública confiável para a população. Ela também destaca que a oficina realizada pelo Governo do Estado veio para suscitar essa discussão e ampliar a troca de experiências para que um profissional aprenda sobre o dia a dia do outro, e cada vez haja mais engajamento de conteúdo.

Fonte ASN