09/08/16 - 06:09:50

Governo de Sergipe adquire 45 bombas de irrigação pelo Proinveste (Foto ascom)

Sexta-feira, 5, foram desembarcadas, no pátio da Companhia de Desenvolvimento de recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), 37 bombas novas, adquiridas com recursos do Proinveste do Governo do Estado de Sergipe e que irão equipar os perímetros irrigados Piauí, em Lagarto e Califórnia, em Canindé de São Francisco. O investimento total de R$ 507.900, para aquisição de 45 destes equipamentos, integra as ações de recuperação dos polos de irrigação pública, trazendo melhora no sustento de 4.875 pessoas no campo.

Para Lagarto são oito moto-bombas, equipamento composto de motor elétrico de 75CV e bomba centrífuga, que vão reequipar a Estação de Bombeamento (EB) 02, substituindo os equipamentos antigos, investimento de R$ 189.900. Todas as tubulações que vão servir estas máquinas já foram reformadas por outra demanda atendida pelo Proinveste no Perímetro Irrigado Piauí. Segundo o diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola, João Quintiliano da Fonseca Neto, as aquisições vêm em boa hora e darão mais suporte à irrigação.

“Com a chegada desses equipamentos a irrigação nos lotes dos produtores irá melhorar o fornecimento de água, podendo até aumentar a oferta. Um detalhe importante é que essas bombas antigas, agora substituídas, ficarão no Perímetro Piauí dando suporte em caso de falha de alguma das novas. Assim, o risco de interrupção no fornecimento de irrigação vai ser menor e com períodos de paradas técnicas muito curtos, pois haverá equipamentos sobressalentes, o que não tínhamos, até hoje”, Avaliou João Fonseca.

As duas EBs do Piauí suplantam 41 km de adutoras a uma vazão de 2.960 m³/h, para atender uma área irrigada de 703 ha, subdividida em 421 lotes agrícolas. Em 2015, a irrigação pública fornecida a esses agricultores familiares gerou 8.868 toneladas de alimentos, 1.595 só de tomate,1.400 de mandioca e 1.116 de quiabo. Em valores atualizados pelo IGP-M, está estimado em R$ 15 milhões o valor para a comercialização desta produção agrícola obtida no perímetro irrigado no ano anterior, o que favoreceu em renda as 3.515 pessoas diretamente beneficiadas.

O diretor-presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Filho, considera que as melhorias tendem a superar os números anteriores de produção. “A soma da produção do próximo ano, que em todo exercício estarão as novas bombas em funcionamento, vão mostrar certamente um aumento na produção. Vai haver mais água chegando nos lotes e com menos tempo de paradas. Hoje temos equipamentos com quase 30 anos de uso e com os novos tudo muda, até o custo de operação diminui, pois são equipamentos modernos e de consumo elétrico reduzido. Isso tudo, no fim, repercute em economia para o Governo do Estado manter o Perímetro Piauí e mais renda para o agricultor, conclui.

Califórnia

No Califórnia, em Canindé, serão 37 novas bombas centrífugas, para serem empregadas nas EBs secundária (02) e terciárias (03 até 07). Destas, já 34 foram entregues, se somadas as cinco que chegaram em junho. Diretor de Infraestrutura e Mecanização Agrícola da Cohidro, Paulo Henrique Machado Sobral informa que está previsto receber do fabricante as três bombas restantes ainda em agosto e assim fazer a instalação. Ele também explica que este é somente um dos investimentos da Empresa no Perímetro Irrigado.

“A instalação será feita pelos técnicos da Cohidro, de forma gradativa, pois sempre é seguida de testes de desempenho em cada uma das bombas. Nosso planejamento é de iniciar este serviço na próxima semana. Depois disso ainda está previsto, também pelo Proinveste, a reforma predial das EBs”, relatou Paulo Sobral. Sobre os canais trapezoidais (CTs) que servem de água essas estações, ele avisa que já começaram as reformas. “No Canal N1 (CTs 2, 3 e 4) está terminando a recuperação dos pontos críticos. Obras custeadas pelo Funerh (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), via convênio com a Semarh (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos)”.

Segundo o presidente Felizola, as obras para recuperação estrutural dos demais trechos dos CTs estão já licitadas por recursos do Proinveste e começam em breve. Ele informa que o CT-01, que hoje é margeado pelo centro comercial de Canindé, será totalmente coberto por concreto, para evitar os danos pela circulação de pessoas e animais e a poluição urbana. “O Perímetro Califórnia está sendo praticamente reinaugurado com tamanho investimento. Só nele serão R$ 4 milhões para as reformas estruturais, fora as 37 bombas que custaram R$ 318 mil. Tudo dos recursos advindos deste financiamento que o Governo fez com a União e que repassou à Cohidro o montante total de R$ 11 milhões”, complementou.

No Califórnia são sete EBs mantendo uma vazão total de 5.600 m³/h de água circulando por 78 km de adutoras e CTs até chegar aos 333 lotes, entre os totalmente irrigados (1.360 ha) e os que possuem um ponto de acesso para irrigação parcial (1.830 há). Embora esteja localizado na zona climática do Semiárido, com a água do Rio São Francisco o Perímetro é o mais produtivo dentre os que a Cohidro administra e dá assistência técnica. Foram colhidas 40.419 toneladas de alimentos em 2015, 15.560 só de quiabo, 9.400 de goiaba e 7.100 de macaxeira. Essa última produção anual valeria hoje (pelo IGP-M) cerca de R$ 46 milhões, distribuídos em forma de renda para as 1.360 pessoas assistidas diretamente no polo agrícola.

Fonte ASN