10/08/16 - 13:38:50

GOVERNO NOMEIA 27 NOVOS PROFISSIONAIS PARA PERÍCIA CRIMINAL

Entre os profissionais nomeados estão peritos criminalísticos , peritos médico-legal  e papiloscopistas

O Governo do Estado, através das Secretarias de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e da Segurança Pública (SSP)convocarampara Perícia Médica Oficial do Estado 28 novos profissionais nomeados no concurso da Perícia Criminal da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Esses profissionais irão integrar o quadro de pessoal de Coordenadoria Geral de Perícias (COGERP).

Entre os profissionais nomeados estão 14peritos criminalísticos, dois peritos médico-legale 11 papiloscopistas. A perícia médica acontecerá entre os dias 10 e 19 de agosto, e os candidatos devem ficar atentos quanto ao seu respectivo dia e horário de comparecimento à Seplag.

Para comparecimento à Perícia é necessário que os candidatos estejam munidos de documentos como foto 3×4, original e cópia da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor e certidão de quitação da Justiça Eleitoral. É necessário ainda apresentar o extrato do PIS/PASEP, que pode ser solicitado nas agências do Banco do Brasil ou Caixa; cópia da Conta Corrente do BANESE (caso possua); cópia do comprovante de residência; de Certificado de Reservista ou Alistamento Militar; e Certificado de escolaridade, em conformidade com a exigência do cargo, acompanhado de original, entre outros.

O aprovado deve estar munido também de exames como hemograma,grupo sanguíneo e fator RH, colesterol, triglicerídeos, glicemia, sorologia para LUES (VDRL), parasitológico de fezes, antígeno Prostático Específico(Homens acima de 40 anos de idade), uréia, creatinina, ácido úrico e sumário de urina, entre outros. A relação completa de documentos necessários para a contratação e de exames indispensáveis para a perícia está disponível no Edital de Convocação.

Sobre o certame

O concurso público em questão buscou preenchimento de vagas para peritos criminalísticos em diversas áreas, como médicos, odontólogos, agentes de necropsia e papiloscopista. O certame teve por objetivo dar mais um passo na política de modernização da segurança pública estadual, tendo em vista que o último concurso para perito-médico ocorreu há mais de 20 anos, demostrando a preocupação do Governo em modernizar e otimizar a segurança do Estado.

Por: Maira Andrade