27/08/16 - 06:20:01

Aluna do Atheneu apresenta projeto para acelerar consertos de máquinas no SUS (Foto ascom)

Giulia Oliveira Prado teve a maior nota do país e foi selecionada para o Programa Parlamento Jovem Brasileiro

O projeto de lei que visa dar maior celeridade aos consertos e manutenções de máquinas destinadas a exames do Sistema Único de Saúde (SUS), elaborado pela aluna do Colégio Estadual Atheneu Sergipense, Giulia Oliveira Prado, será apresentado nas Comissões Parlamentares da Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 26 de setembro. Pela primeira vez, um estudante da rede estadual de ensino é selecionado para representar o estado de Sergipe no Programa Parlamento Jovem Brasileiro.

“A vitória de Giulia Prado representa, antes de tudo, o esforço, a dedicação, o reconhecimento e o valor dos alunos da rede pública estadual”, comemora o diretor do Atheneu Sergipense, professor Daniel Lemos.

O projeto de lei, elaborado pela aluna da rede pública, determina que todos os equipamentos adquiridos para realização de exames no Sistema Único de Saúde (SUS) devem ter o processo de licitação finalizado em até 90 dias após a sua compra para futuros reparos e manutenções.

“Minha mãe trabalha na Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde. Todos os dias ela chega em casa relatando os problemas enfrentados pela população nos postos e hospitais por causa de equipamentos quebrados e das enormes filas para a realização de exames. Por não poder ajudar as pessoas que precisam do serviço público, eu acompanhava o sofrimento de minha mãe. Por isso, tive a ideia de elaborar esse projeto de lei, na tentativa de amenizar o drama daqueles que necessitam do SUS”, disse Giulia Prado.

Medicina

Aluna aplicada, ela confessou que pretende ser médica. “Eu gosto da área de saúde. Segundo a Constituição Federal brasileira, a saúde é direito se todos e dever do Estado. Apesar de ser um direito, ter acesso a ele não é fácil”, disse, ao ressaltar que o projeto proposto foi desenvolvido após análise de um levantamento feito por um jornal de circulação nacional.

“Baseada em dados de 2015 do Cadastro Nacional de Sistemas de Saúde do DATASUS, cerca de 37 mil equipamentos e máquinas destinados a exames do SUS estão fora de uso devido à falta de manutenção, a atrasos nas licitações para conserto de máquinas ou à falta de instalação”, informou.

De acordo com a aluna, através desta lei, os processos licitatórios com empresas para o conserto e manutenção das máquinas se dará de forma preventiva. “A partir do momento em que uma máquina é comprada por um órgão de saúde, deverá ser iniciado o processo de licitação para determinar que a empresa responsável realize manutenções e futuros reparos nas máquinas adquiridas”, explicou.

Qualidade

O trabalho elaborado pela aluna sergipana obteve a melhor nota em todo o país, dentre os 400 inscritos, e ficou na primeira colocação com a nota 96. “Giulia é uma aluna preparada; muito aplicada em sala de aula e respeitada pelos colegas e professores. A ideia do projeto é dela. Apenas como sou seu professor, orientei-a para que apresentasse um trabalho de qualidade. Com certeza, ela irá representar bem a rede estadual de ensino, e porque não dizer, o estado de Sergipe”, festeja o professor Denilson Melo.

Para participar da 1ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro 2016, os estudantes do ensino médio ou técnico de escolas públicas e particulares se inscreveram e mandaram os seus respectivos trabalhos para o Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), da Secretaria de Estado da Educação.

A pré-seleção estadual, feita pela Seed, escolheu quatro estudantes para participarem da seleção final: Andressa de Lima Santos, do Colégio Estadual Manuel Alcino, de Graccho Cardoso; Fabrício Antônio Arimatéia, do Centro de Excelência Master; Jean Henrique Menezes, do Instituto Federal de Sergipe (IFS), e Giulia Oliveira Prado, do Colégio Atheneu.

A seleção final foi feita pela Comissão Técnica Legislativa da Câmara Federal, que escolheu o projeto de lei da aluna Giulia Prado. Na análise dos projetos de lei foram levados em consideração os aspectos relativos à propositura apresentada, a justificativa do projeto, bem como o uso da técnica legislativa apresentada na escrita do projeto.

Em Brasília

A edição 2016 do Parlamento Jovem Brasileiro acontecerá de 26 a 30 de setembro, nas dependências do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), nos plenários de comissões e no plenário Ulysses Guimarães da Câmara Federal, em Brasília.

O PJB ajudará o aluno a desenvolver habilidades de domínio de linguagem, compreensão de fenômenos, enfretamento de situações-problema, construção de argumentação e elaboração de propostas, que são de competências principais da matriz de referência do Enem.

“O programa é uma oportunidade para os estudantes vivenciarem na prática o trabalho dos deputados federais, elaborando projetos de leis e debatendo na Câmara dos Deputados temas de grande importância para o país”, ressalta o professor orientador Denilson Melo. Segundo ele, o aluno de hoje está atento às questões políticas, econômicas e sociais do país. “Ele debate, discute, pesquisa e participa mais; diferente da minha época, por exemplo”, enfatizou.

Garantias

No Projeto de Lei da sergipana, máquinas adquiridas sem nenhum tipo de garantia por parte do vendedor ou fabricante deverão ter manutenções e reparos iniciados até o 91° (nonagésimo primeiro) dia após a compra. A vigência do contrato de prestação de serviços será definida pelas secretarias, ministérios e fundações de saúde e deverá ser exposta no edital do processo de licitação.

Na avaliação de Giulia Prado, o déficit no acesso ao sistema de saúde se deve à falta de profissionais, como médicos e enfermeiros. “Na maioria dos casos, isso ocorre devido a uma gestão desorganizada e superficial, onde o paciente não consegue ser atendido por conta de um sistema extremamente burocrático”, disse,acrescentando que está ansiosa para defender o seu Projeto de Lei em Brasília. “Fico extremamente feliz em poder realizar algo que irá beneficiar milhões de pessoas em todo o país. O meu sonho está perto de se tornar realidade”, crê Giulia  Prado.

Da assessoria