01/09/16 - 12:44:49

AMORIM E JONY MARCOS SÃO AGREDIDOS E VITIMAS DE VANDALISMO

Descontentes com o voto dado pelo senador Amorim e deputado pastor Jony, manifestantes agridem os parlamentares, inclusive com empurrões. Eduardo e Jony ficaram calados e não revidaram, porém prestaram queixa na superintendência da policia federal

O senador Eduardo Amorim (PSC) e o deputado federal pastor Jony (PRB), tiveram uma surpresa desagradável ao desembarcarem no aeroporto Santa Maria em Aracaju, na madrugada desta quinta-feira (01). O senador Eduardo Amorim e o deputado federal pastor Jony foram agredidos verbalmente na madrugada desta quinta-feira, quando desembarcaram de um voo da Avianca que vinha de Brasília, com destino a Aracaju.

Os parlamentares foram surpreendidos e agredidos física e moralmente por cerca de 20 manifestantes que, vestidos com roupas vermelhas, xingaram e jogaram ovos contra o senador e o deputado. A ação aconteceu quando Eduardo e Jony sairam para o saguão do aeroporto. Neste momento, cerca de 15 manifestantes começaram a xingar os parlamentares, chamando-os de traidores.

Eduardo e Jony não revidaram e nem responderam ás agressões, mas mesmo assim o pastor recebeu um empurrão de um dos manifestantes.

O radialista Alex carvalho que também estava no voo, conta que as agressões aos dois parlamentares sergipanos começou em Salvador, quando o avião pousou para fazer a escala. Neste momento, segundo o radialista Alex Carvalho, uma jovem identificada como Taires, usando uma camiseta da UNE, começou a gritar dentro da aeronave, chamando o senador de “traidor”.

O senador Eduardo Amorim usou o seu perfil no twitter para comentar sobre o assunto. “Sobre o episódio dessa madrugada, quando ao chegar de Brasília, um grupo de militantes nos aguardava para nos agredir fisicamente. Nós estamos agora com o superintendente da Polícia Federal José Grivaldo de Andrade relatando todo o ocorrido.

Após prestar depoimento, a PF solicitou a Infraero todas as imagens do circuito interno do aeroporto. Esperamos que sejam todos identificados”, escreveu o senador.

Munir Darrage