03/09/16 - 06:10:14

Jackson investe R$ 3 milhões em escolas de Aracaju (Foto: Jorge Henrique)

O governador Jackson Barreto entregou, na manhã desta sexta-feira, 02, a reforma e ampliação das Escolas Estaduais 08 de Julho e João Cardoso Nascimento Júnior, em Aracaju, totalizando 67 escolas da rede estadual entregues totalmente adaptadas aos anseios das comunidades em que estão inseridas

O governador Jackson Barreto entregou, na manhã desta sexta-feira, 02, a reforma e ampliação das Escolas Estaduais 08 de Julho e João Cardoso Nascimento Júnior, em Aracaju, totalizando 67 escolas da rede estadual entregues totalmente adaptadas aos anseios das comunidades em que estão inseridas. Foram investidos mais de R$ 3 milhões nas duas unidades, cujas obras foram realizadas pela secretaria de Estado da Educação e da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop).

A Escola Estadual João Cardoso Nascimento Júnior foi fundada em 07 de março de 1989 e é a única escola da rede estadual que atende exclusivamente crianças e adolescentes com deficiência motora e cognitiva, como Lívia Carolina dos Santos Almeida, de 16 anos, portadora da Síndrome de Rett.

A mãe da adolescente, Evandina Almeida, contou que Lívia frequenta a escola desde que tinha 1 ano e 8 meses e foi lá que recebeu o diagnóstico da síndrome e é nessa unidade de ensino que não apenas a sua filha, como ela própria se sente acolhida.

“Foi aqui na escola que tivemos o diagnóstico. Até então, a gente não sabia muito bem o que ela tinha. Ela estuda nessa escola desde que tinha 1 ano e 8 meses. Essa escola  é nosso refúgio. É aqui que a gente encontra os braços abertos para receber nossos filhos com todos os tipos de deficiência. Eles são tratados humanamente e com muito carinho por todos os profissionais e professoras”, explicou.

Para a diretora da unidade de ensino, Ana Ruth Oliveira, a reforma e ampliação constituem a realização de um sonho.  “Esse é um dia muito especial para a nossa escola, para a nossa comunidade escolar a entrega desse prédio tão esperado e sonhado”, contou.

Com a reforma e ampliação na ordem de R$1.644.463,00, a escola recebeu revisão completa e recuperação de elementos estruturais bem como revisão e recuperação de esquadriais, pintura, instalações hidrosanitárias, instalações elétricas, revestimento cerâmico e adequação às normas de acessibilidade com implantação de rampas e piso direcional. Além disso, foram construídas cinco salas de aula, laboratório de informática, dois fraldários e sanitário feminino e masculino para portadores de deficiência.

Durante a solenidade, Jackson Barreto entregou 30 tablets para uso dos alunos, 74 cadeiras de rodas e 07 cadeiras de rodas de alta performance para os alunos atletas da rede estadual.

“A gente se emociona aqui porque são professores dedicados para cuidar de crianças especiais com carinho. Passamos uma semana com tanto problema e quando chega aqui e vê uma obra dessa, a gente pensa que tem a mão de Deus cuidando de todos esses anjos. Um investimento de R$1.600.000.00 que se faz para atender essas crianças que precisam do apoio do Estado. Esta é uma obra que é feita não apenas do compromisso isolado com a Educação, mas impulsionada pela força do coração. O professor é um profissional diferenciado. Se não tiver amor à profissão, se não tiver amor à educação não dá para trabalhar e aqui, nesta escola, se trabalha com o coração acima de tudo”.

Em seu discurso, Jackson falou também da história do Professor João Cardoso, o primeiro reitor da Universidade Federal de Sergipe e que teve um papel de destaque na defesa da liberdade durante a ditadura militar. “O professor João Cardoso foi o primeiro reitor da UFS, foi o reitor que salvou uma porção de estudantes da expulsão com base no quadro 700, que era a vontade da ditadura naquela época. João Cardoso foi um homem corajoso na defesa da Universidade, na defesa da liberdade dentro da Universidade, em não permitir que se praticassem atos de agressão aos estudantes e professores durante o período militar. Essa escola leva o nome de um homem abençoado, onde quer que ele esteja, é um espírito do bem. Que a vida de João Cardoso estimule cada professor dessa escola. Foi muito bem colocada essa homenagem”, reforçou.

08 de Julho

Com investimento de R$ 1.588.242,00 , a reforma e ampliação da Escola Estadual 08 de Julho, no conjunto Castelo Branco, contemplou a implantação de sistema de tratamento de esgotamento sanitário, drenagem interna, instalações hidrosanitárias e elétricas, forro de pvc, recursos de acessibilidade, pintura interna e externa.  Na parte de ampliação, a escola ganhou um laboratório de informática, auditório, sala de vídeo, biblioteca, quadra de esportes, cozinha e refeitório.

Durante a inauguração, os alunos Caio Vítor, do 6º ano, e Lucas Santos Lima, do 7º, já estavam fazendo uso do laboratório de informática. “A escola ficou linda, está maravilhosa e eu estou muito feliz”, disse Caio. Já  Lucas disse que “ a reforma ficou ótima. Antes a escola não era muito bonita nem organizada. Hoje a gente está recebendo outra escola, muito melhor. Adorei tudo, em especial o laboratório de informática”, revelou.

A Escola 08 de Julho sofreu uma inundação em 2010 e estava funcionando no Instituto Lourival Fontes temporariamente. De acordo com a diretora da escola, Sandra Cristina Nunes, a reforma estava causando grande expectativa aos alunos e à comunidade.

“Sempre me perguntavam quando a gente voltaria para cá. Era uma ansiedade muito grande da comunidade e dos alunos. Estamos entregando uma escola digna do Conjunto Castelo Branco e atendemos os bairros América, Luzia, Largo da Aparecida. Hoje, recebemos uma escola com acessibilidade,  uma escola para o futuro”, destacou.

O secretário de Educação, Jorge Carvalho, disse que essa era a primeira vez que percebeu a grande ansiedade dos alunos no retorno às aulas. “É para os alunos que a escola ganhou esse novo formato. Acabei de saber que os alunos querem que as férias acabem logo. É a primeira vez que ouvi de estudante querer que acabem as férias. Eles estão entusiasmados com o prédio”, comemorou.

Em seu discurso, o governador rememorou a sua história com o Conjunto Castelo Branco. Foi no conjunto que ele lançou a campanha do contemporâneo da faculdade de Direito, Jonas Amaral, a vereador de Aracaju e depois, já prefeito de Aracaju, Jackson foi responsável pelo asfaltamento da área. “Sou muito ligado a essa comunidade do Castelo Branco. O conjunto faz parte da minha história na vida pública. Foi aqui que lançamos a candidatura de Jonas Amaral como vereador,  em 1969, quando éramos estudantes da UFS.  Como não tínhamos dinheiro, fizemos uma campanha de porta em porta”, disse.

Por conta deste vínculo com o conjunto, Jackson disse estar extremamente feliz em entregar a unidade escolar totalmente reformada e reforçou o seu compromisso com a educação. “É uma emoção ver essa escola bonita porque a gente passava por aqui e dava uma tristeza imensa ver o estado físico dessa escola, era um chamamento à responsabilidade do gestor. Investimos R$1.500.000,00 e ainda dizem que isso não é compromisso com a Educação. Então não sei o que é compromisso com educação. Desde que assumi, já entregamos  67 escolas à comunidade”, ressaltou.

Presenças

Estiveram presentes o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto;  o secretário de Planejamento, Augusto Gama; o secretário de Estado da Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa Bezerra; a superintendente executiva da Seed, Marieta Barbosa Oliveira; o superintendente da Seinfra, Ubirajara Barreto; o diretor-presidente da Cehop, Caetano de Almeida Quaranta Filho; a diretora da Escola Estadual 08 de Julho, Sandra Cristina Santos Menezes Nunes e a diretora da Escola Estadual João Cardoso Nascimento Junior, Ana Ruth Oliveira.

Fonte ASN