10/09/16 - 05:05:34

ARACAJU É A 3ª CAPITAL BRASILEIRA QUE MAIS CRESCEU NO IDEB

 

Foi divulgado na última quinta-feira, 8, pelo Ministério da Educação(MEC), o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), referente ao ano de 2015. Aracaju não somente atingiu a meta nacional estabelecida de 4.3, como superou, alcançando o índice de 4.4,nas séries iniciais, ficando apenas  atrás de Manaus e Fortaleza ( Veja tabela), ficando no ranking em 3º colocação como capital brasileira que mais ascendeu( 22%), em relação ao Ideb de 2013.(Veja tabela com o ranking)

“Conseguimos avançar com muito empenho das escolas,nossas parceiras, com programas de ensino estruturado com o Curriculo  Único, conduziram nossas escolas a saltarem de modo muito expressivo em suas médias de Ideb. Nós temos imensa alegria com nossa participação, a escola pública municipal desde 2013 vem ascendendo, repetimos a façanha e ultrapassamos a meta prevista.Esse é um dado extremamente alvissareiro e nós temos a convicção de que se mantivermos os mesmo padrões e mesmas convicções,haveremos de ter mais um expressivo crescimento de Ideb no ano de 2017 quando a avaliação for prestada”, relata a secretária municipal da educação de Aracaju, Marcia Valéria.

Das 74 escolas da rede municipal, as primeiras colocadas nas séries iniciais(1ª ao 5º ano) foram a Escola Municipal de Ensino Fundamental, Emef Ágape, com média 6.2; seguida da Emef Núbia Marques com 5.3 e em 3º colocação a Emef  Professor Florentino Menezes alcançando o índice de 5.3. (Veja tabela com o ranking).A diretora da Emef Ágape, Maria de Lourdes, atribui o excelente resultado à união de toda a equipe. “Ficamos muito satisfeitos porque nosso trabalho é feito em grupo e com muita dedicação. Somos pequenos em tamanho, mas enormes em vontade de ver nossa educação se desenvolver cada vez mais. Agradeço a todos da rede”, comemora.

Anos finais

No Brasil, os anos finais(do 6º ao 9º ano) registraram média de 4.5, abaixo da meta de 4.7. A evolução em qualidade nessa etapa ficou abaixo do esperado. Em Aracaju, apesar de não ter atingido a média estabelecida pela MEC, houve significativo avanço no Ideb passando de 3.1, em 2013 para 3.4, em 2015. De acordo com a secretária da Educação, Marcia Valéria, a rede há muito o que comemorar, ” A despeito de o país ter despencado com as médias do 9º ano ou congeladas,temos sim muito o que comemorar porque em 2013 nós estagnamos a média de 2011 de 3.1, o que foi um ponto muito positivo, por conta da complexidade todo o esforço dos colegas professores,escolas e nossos parceiros. Asseguramos que a partir do próximo Ideb, essa projeção deverá ser elevada”, garante.

Por Maira Ribeiro