14/09/16 - 14:28:03

Pipeiros são cadastrados pelo Departamento de Proteção e Defesa Civil (Foto: Pritty Reis)

Setenta e cinco pessoas físicas e jurídicas foram credenciadas pelo Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec) da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh), na terça-feira, 13, para prestação de serviços de transporte de água potável para consumo humano e animal, através de carros tanques. O cadastramento dos ‘pipeiros’ ocorreu durante todo o dia, na Barragem Jacaré-Curituba, em Poço Redondo – local ideal para a fiscalização dos veículos, devido ao espaço para acomodar e manobrar os caminhões, a existência de água para realizar o teste de volume, e a proximidade de grande parte dos prestadores.

Na ocasião, os trabalhadores apresentaram as exigências documentais e assinaram a solicitação de credenciamento. O pipeiro Ronivon de Aragão, de Porto da Folha, já presta serviço como pipeiro há um ano. “É um orgulho pra gente poder participar desse programa, levando água, que é um bem precioso, para as pessoas que tanto necessitam. A equipe da Defesa Civil nos deu o suporte que precisávamos, nos orientando, para que saíssemos daqui autorizados para o trabalho”, disse.

Também morador de Porto da Folha, o trabalhador Rosalvo Alves conta que já está no ofício há 30 anos. “Acredito ser o pipeiro mais velho do meu município. Estou acostumado com esse serviço e me sinto satisfeito em poder trabalhar no sertão, atendendo as regiões mais carentes. Sempre participei dos credenciamentos feitos pelo Estado e dessa vez não foi diferente. Apesar das dificuldades financeiras que o País passa, o importante é trabalhar, fazer a nossa parte. Agora esperamos atender às demandas solicitadas”.

Os municípios a serem atendidos pelos prestadores credenciados serão os que possuírem Decreto de Situação de Emergência devidamente declarado pela Prefeitura Municipal ou Governo do Estado e, quando necessário, reconhecido pelo Governo Federal. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Cel. Erivaldo Mendes, o início da operação vai depender tanto da necessidade declarada quanto da disponibilidade financeira do Estado. “Essa é uma ação executada pelo Governo Federal, através do Exército Brasileiro e o Estado atua de maneira complementar, otimizando a assistência à população”, afirmou.

Sobre a vistoria, o Cel. Mendes reforçou ainda, que houve uma atenção especial para todos os requisitos do Edital de Credenciamento, que foram cumpridos fielmente. “Examinamos a documentação, bem como o estado do caminhão, a exemplo do tanque, que deve atender as condições apropriadas, pois transporta água para consumo humano. Observamos as condições, como o material que é fabricado, a pintura e outros critérios, de forma a garantir a não contaminação da água”.

Texto: Míriam Donald

Edição: Rebecca Melo