04/10/16 - 16:00:04

Gualberto: Ninguém pode apanhar de corda de quem rouba a corda para bater

O deputado Francisco Gualberto (PT), fez um duro discurso na manhã desta terça-feira (03), sobre agressões nas redes sociais, na campanha para as eleições do segundo turno, marcadas para o próximo dia 30 de outubro.

“Nós mantivemos uma certa postura no primeiro turno mas agora chegou ao limite. O entusiasmo muitas vezes leva ao desequilíbrio. Eu não acompanho redes sociais pois a geração internet está piorando os valores, do nível de cultura, sabedoria, compreensão filosófica, política, qualidade da música e da arte. Virou um campo livre para a manifestação do mau-caratismo, do cinismo, da mentira e de tudo que não presta a mais”, acredita.

De acordo com ele, “quem está na campanha de Valadares Filho, está usando nas redes sociais o discurso sobre a corrupção, sobre a Petrobras e de que querem continuar mamando, e não sobre um candidato e outro. Vou fazer um questionamento: A Operação Navalha envolveu o nosso grupo ou o grupo deles? Nós já esquecemos o Banestado? Tem moral fazer uma campanha com ataques com relação à corrupção? Corruptos, denunciados e com inquéritos rolando aqui na Justiça Federa”, destaca.

Francisco Gualberto enfatizou ainda: “Ninguém pode ficar apanhando de corda e sendo batido por quem rouba a corda para bater. Quem não sabe que o deputado federal André Moura era tido como o colete e a prova de bala de Eduardo Cunha. Quem não acompanhou o envolvimento dos Amorins, na questão do Banestado? E estão nesse grupo”.

E completou que sairá do mandato a qualquer momento. “Sei que vou sair, levando muitos erros cometidos, mas alguns não quero levar: o de ter feito política desmoralizando os meus companheiros. Não dá pra engolir uma campanha feita com Amorim, André Moura, Cunha, Fernando Bezerra e dizer ‘eu sou novo’. Nunca ouvi dizer que Eliane e Edvaldo estavam envolvidos em corrupção. É preciso termos equilíbrio”, ressalta acrescentando não se considerar capacho de força política nenhuma, mas não admitirá ver os companheiros atacados e agredidos. E, que não tem nada contra o deputado Antônio dos Santos.

Por Aldaci de Souza – Agência Alese de Notícias