10/10/16 - 06:57:42

E Aracaju já se divide?

A indagação acima vem a calhar após o festejado apoio do vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB), ao prefeiturável Valadares Filho (PSB). Em 2012, o principal mote da campanha de Vavá Júnior era justamente contra a proposta do político tucano de entregar a São Cristóvão toda a área da Zona de Expansão da capital. Segundo o candidato peessebista, com a divisão, o tucano pagaria menos impostos das propriedades que possui naquela valorizada região. Em campanha contra João Alves Filho (DEM), Valadares alertava nos comícios e caminhadas de 2012: “Meu sentimento é de indignação. Nosso município não pode ser prejudicado por pessoas movidas por interesses menores e egoístas. Aracaju não se divide!”. Diante do apoio de Machadão a Vavazinho, cabe ao eleitor perguntar se o ainda vice-prefeito não pretende mais entregar parte da capital a São Cristóvão? Ou será aquele barulho feito por Valadares Filho em favor de parte do território aracajuano não passou de um mero discurso para iludir quem mora na Zona de Expansão? Certamente, agora na campanha do 2º turno, Vavá Júnior terá tempo para explicar o que levou a aceitar o apoio de quem deseja dividir Aracaju com o único objetivo de defender seus interesses econômicos.

Vavazinho lidera

Publicada nesta segunda-feira, pesquisa do Instituto Dataform coloca Valadares Filho (PSB) bem à frente na disputa pela Prefeitura de Aracaju. O peessebista tem 48,47% das intenções de votos, contra 32,48% de Edvaldo Nogueira (PCdoB). Brancos e nulos são 12,76%, e os eleitores indecisos somam 2,72%. Contando apenas com os votos válidos, a pesquisa apurou que Vavá Júnior venceria a disputa com 59,87%, contra 40,13% do candidato comunista. Registrada no TRE com o número SE-00070-2016, a consulta foi feita entre os dias 7 e 8 passados, tendo margem de erro de 4,1% e intervalo de confiança de 95,%.

Gagueira mental

Parece persistir a gagueira mental que nocauteou o prefeitável Edvaldo Nogueira (PCdoB) no último debate promovido pela TV Sergipe. Em um único dia, ele disse duas coisas sobre os salários dos servidores de Aracaju. Numa entrevista pela manhã, o comunista perguntou quem teria dito que ele iria atualizar a folha de pessoal já no mês da gestão? Horas depois, Nogueira prometeu “regularizar o pagamento dos salários em janeiro”. Afinal, vai ou não vai?

Quebradeira geral

Sergipe não dispõe de recursos para pagar o 13º salário em dezembro. Reportagem do jornal Estadão revela que o governo paga a primeira metade do benefício no mês de aniversário de cada um dos 60 mil servidores, entre ativos e aposentados. O pagamento da segunda parcela do 13º, porém, está indefinido. O valor estimado é de R$ 120 milhões, mas a Secretaria Estadual da Fazenda não dispõe de recursos no caixa para pagar o benefício. A crise é feia!

André na Lava Jato

Veja o que publica no Jornal do Dia, o jornalista Luiz Eduardo Costa: “Por obra e graça do deputado federal André Moura (PSC), líder do governo Temer na Câmara, Sergipe tem agora sem primeiro incluído entre os réus da Operação Lava Jato. André passou a constar do extenso rol dos que integram a suposta quadrilha petroleira. O ministro do Supremo, Teori Zavaski, o incluiu bem ao lado do padrinho e inspirador, o ex-deputado Eduardo Cunha. Orgulhemo-nos sergipanos….”. Homem, vôte!

Pisada na bola

A coluna pisou feio na bola quando criticou a decisão do ex-prefeiturável João Tarantella (PMN) de não apoiar ninguém agora no 2º turno das eleições em Aracaju. Não foi correto considerá-lo lanterninha do 1º turno: Tarantella teve 14.106 votos, sendo o quinto colocado na disputa, ficando bem à frente das candidatas Sônia Meire (6.438) e Vera Lúcia (4.278). Pelo erro, a coluna pede desculpas ao ex-prefeiturável.

Mudança no TRE

O advogado José Dantas de Santana é o novo integrante do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe. Ele ocupará a função de juiz titular, em decorrência do término do segundo mandato de José Alcides Vasconcelos Filho. A posse de Dantas acontecerá no próximo dia 20, quando ele participará de sua primeira sessão de julgamentos como membro efetivo do TRE. Boa sorte, amigo!

Fez escola

O governador Jackson Barreto (PMDB) fez escola ao usar parte dos recursos do Fundo Previdencário de Sergipe para pagar a folha de pessoal. O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), pensou em mandar para a Câmara de Vereadores um projeto lhe autorizando a usar parte dos R$ 600 milhões do fundo Ajuprev para pagar os salários dos servidores. O demista foi aconselhado a desistir do projeto por não ter votos suficientes na Câmara para aprová-lo. Esta informação é do Portal Faxaju.

Mau exemplo

E o TCE de Sergipe aparece mal no relatório “Quem são os conselheiros dos Tribunais de Contas?” elaborado pela Ong Transparência Brasil. Segundo o documento, os conselheiros Ulices Andrade, Angélica Guimarães e Susana Azevedo estão sendo processados. Também informa que cinco deles (Ulices, Susana, Angélica, Luiz Augusto Ribeiro e Carlos Pina) têm parentes na política.  São por coisas como estas que os sergipanos rebatizaram o TCE de Tribunal Faz de Contas. Misericórdia!

Premiados

Os jornalistas sergipanos Luciano Augusto, Cleide Selma e Rafael Lopes ganharam o Prêmio Estácio de Jornalismo – Edição 2016, na categoria Rádio Regional, com a reportagem “Agressores em terapia” veiculada pela rádio Liberdade/FM. A reportagem trata sobre um projeto do Tribunal de Justiça de Sergipe que encaminha para grupos reflexivos homens agressores processados com base na Lei Maria da Penha. Legal!

Recorte de jornal

________________________________________________1957

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 28 de dezembro de 1957.

Resumo dos jornais