10/11/16 - 10:28:54

“OS GOVERNADORES ABANDONARAM AS CIDADES”, AFIRMA EMANUEL CACCHO

O advogado criminalista Emanuel Caccho, ex-secretário de justiça do estado de Sergipe, tem feito cobranças no sentido de diminuir o índice de criminalidade nos município sergipanos.

Na manhã desta quinta-feira (10), Caccho participou de uma entrevista que “o problema é que não tem realmente policiamento nas ruas. A policia desvenda com rapidez o crime, mas ai é tarde, porque já aconteceu. O que nós precisamos é da prevenção, para evitar que o crime aconteça. E isto não está sendo feito em Sergipe”.

Logo após a entrevista, o advogado usou as redes sociais para expor a sua opinião e no grupo de whatsapp, Café com Política, Emanuel Caccho voltou a falar sobre o assunto.

Veja o que escreveu o criminalista:

Há tempos que venho reclamando dos governadores que abandonaram as cidades a suas próprias sortes. Aracaju ou Cedro de São João padecem das mesmas dificuldades: o descontrole da “CRIMINALIDADE DE RUA” – dos crimes praticados pela RALÉ, ou seja, pelos iniciantes no mundo do crime, pelos menores, ou criminosos inexperientes que ao te assaltar ATIRAM por terem se assustado por qualquer ato ou possível reação impensada da vítima.

Três exemplos demonstram minha tese:

  1. A) O COBRADOR DE ÔNIBUS: Esse morreu porque esboçou uma pequena reação e não acreditou que o assaltante iria disparar. DISPAROU e tirou-lhe a vida.
  2. B) O DELEGADO: Estava em seu laser e reagiu como policial. Errou porque não acreditou que o bandido iria atirar. ATIROU e assassinou o jovem delegado;
  3. C) O DONO DO SLOMÉ: O assaltante encostou a moto e tentou arrebatar-lhe o valioso relógio que portava. A vítima deu dois passos para trás dificultando a ação do meliante, sendo o suficiente para que este Disparasse por 2 (duas vezes contra a vítima. Faleceu.

DETALHE: Todos os AUTORES dos crimes foram desvendados e os infratores presos!!!

PREJUÍZO: AS VIDAS PERDIDAS EM ASSALTOS BANAIS. A maioria praticadas por menores. Aí eu tenho outras conclusões

PORQUE OS MENORES e os bandidos inexperientes são os grandes problemas dessa criminalidade????

A RESPOSTA está no fato de que não existe presença policial de forma preventiva e ostensiva nas ruas.

EXPLICO: desde a década de 90 que as policiais vêm se especializando. Os combates a delitos específicos tais como colarinho branco, crime organizado, corrupção política, tráfico intermunicipal e assaltas a bancos, etc.

RESULTADO: Temos a polícia mais especializada do mundo!!! É verdade!!! Científicos, especialistas em números, contestadoras da legislação existente que dão ideias mirabolantes para justificar os resultados negativos em Sergipe.

SERGIPE é o estado que mais aborda o povo nas ruas, prende e coloca nas cadeias. Aí é o próprio Ministro da Justiça Alexandre de Maraes quem responde:

“Prende, mas prende errado!!!!”

[10:24, 10/11/2016] +55 79 9192-8000: A SSP ABANDOU as Delegacias Metropolitanas a suas próprias sortes. Viraram pequenos presídios e guardam presos. Possuem um delegado, dois policiais capturas e alguns administrativos para fazerem boletins de ocorrências e as custódias dos presos.

ABANDONOU

Não existe mais Segurança Publica produzida pelas delegacias metropolitanas.