21/12/16 - 04:58:26

Nome da Sefaz definirá o futuro de Sergipe em 2017!

Assim que terminar de montar o secretariado da Prefeitura de Aracaju, o governador Jackson Barreto (PMDB) terá outro grande desafio para o final de 2016: escolher, cautelosamente, o novo secretário da Fazenda do Estado. Com a ida de Jeferson Passos para a Fazenda Municipal, JB terá que escolher um nome que tenha certa experiência com a função até porque os desafios que se acumulam são gigantescos. Não que o antecessor tenha sido uma referência na Sefaz. Para falar a verdade, e com todo respeito, Jeferson Passos era “o auxiliar do jeitinho”, onde arrumava aqui, ajeitava ali, espremia lá e apresentava uma solução, momentânea na maioria das vezes.

Mas a responsabilidade do futuro comandante da Secretaria da Fazenda Estadual aumentou nessa terça-feira (20), com a decisão do Congresso Nacional que, por maioria, aprovou a proposta de renegociação das dívidas com os Estados. A medida acabou sendo um “alívio” para o governador Jackson Barreto, na medida em que os deputados aprovaram o texto desconsiderando as exigências para forçar os gestores estaduais a cortarem suas despesas e buscarem o equilíbrio de suas contas. Imaginem leitores: Sergipe, um Estado à beira da falência, sem dinheiro para honrar o 13º salário do funcionalismo, atrasando o pagamento de fornecedores, e agora ter que ajustar a máquina?

Alguém seria capaz de imaginar a reação do governador sergipano, que só pensa em fazer política com a “caneta nas mãos”, diante de uma decisão dessas, onde ele não precisa mais cortar gastos? Como bem disse o líder do DEM na Câmara dos Deputados, deputado federal Pauderney Avelino (AM), esta decisão é um verdadeiro “Frankeistein”! Honestamente chega a ser surreal! Já estamos em um governo endividado que, se aderir ao programa, ficará 36 meses (3 anos) sem pagar suas dívidas! Imaginem como estará o nosso pequeno Estado de Sergipe após este período? Em síntese, os deputados aprovaram uma proposta liberando os governadores do controle de gastos e livres do pagamento de débitos com a União por três anos!

Aí o governista de plantão vai dizer: “mas e os órgãos fiscalizadores, como o TCE, a Assembleia e o MPE?”. As pessoas precisam ter a consciência de que nós estamos entrando no início de uma crise financeira sem precedentes. O momento em que o País atravessa não traz estabilidade alguma. O bom senso requer contenção, maior controle, mais fiscalização é verdade, mas gastos racionais. E não adianta falar em pessimismo! Os “otimistas” até pouco tempo brincavam com a crise, mas hoje em dia a “marolinha” virou um “tsunami”! E mesmo com um futuro incerto, os parlamentares aprovam uma medida destas? O País não precisa mais de “políticos bonzinhos” ou populistas. A solução, por mais dura que ela seja, requer gestores que tenham coragem para “cortar na carne”.

E o pior: além da renegociação das dívidas, a proposta aprovada cria também o regime de recuperação fiscal. Ou seja, além de tudo que vocês já leram, a União ainda terá que ajudar os Estados com risco de insolvência financeira, que estão diante da “quebradeira”. O alento, antes que “quebrem” o País de vez, é que o Ministério da Fazenda não compactua com o entendimento dos nossos deputados federais e já avisou que, mesmo sem a aprovação pela Câmara, os Estados que aderirem ao regime terão que apresentar um vistoso plano de ações que garantam a efetiva recuperação fiscal e financeira. Vale lembrar que, apesar de aprovada pelos parlamentares, o projeto ainda precisa ser sancionado pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB), que também poderá apresentar vetos.

Em resumo, vejam o tamanho da responsabilidade que o futuro auxiliar do governador Jackson Barreto terá em suas mãos: diante da crise financeira que assola no Estado, em caso de buscar a ajuda do governo federal, o novo secretário poderá ter o desafio, em meados de 2017, de definir o futuro de todos nós sergipanos com a elaboração de um plano eficiente de controle de gastos no âmbito da administração estadual. A “saúde financeira” do governo estará, literalmente, nas mãos do futuro gestor da Sefaz. Recentemente, JB disse não ter entendido o “porquê” de Jeferson Passos ter optado pela Prefeitura de Aracaju a continua ao seu lado. Talvez, agora, Sergipe inteiro já tenha entendido sua decisão…

Veja essa!

Duas informações publicadas nos últimos dias por este colunista repercutiram bastante: a primeira é sobre um gestor público em Sergipe que está chamando atenção por supostamente cobrar seu “percentual” aos fornecedores da administração. A informação é que o Ministério Público já tem uma linha de investigação…

E essa!

Como em Sergipe quase tudo se sabe, o tal “gestor” só gosta de cobrar o “dízimo” aos “pequenos”. Quando o fornecedor chega  com um “padrinho influente”, ele fica isento de qualquer cobrança. É mole?

Taradão

A outra informação que gerou polêmica foi sobre o ataque de outro gestor “tarado” a uma assessora no ambiente de trabalho. O caso tem sido abafado e terá o respeito e a discrição deste colunista até em respeito às famílias. Já dizia o ditado: Melhor perder um minuto da vida que a vida em um minuto…

Bomba!

Nos bastidores do Ministério Público é corrente o nome de um gestor sergipano bastante conhecido. Fala-se que o “sujeito” sempre vai bem: com ou sem Poder. E que, desta vez, beneficiou os mais íntimos, “socializando os recursos públicos”. Nas rodas as conversas revelam um crescimento considerável no patrimônio da família em geral. E já tem gente de olho…

Não gostou

Um médico, que pediu sigilo, revelou que o Sindicato da categoria não gostou nada da indicação do novo secretário de Saúde de Aracaju, André Sotero. O Sindimed queria outro nome. É esperar para ver o início da gestão…

Exclusiva!

O governador Jackson Barreto estaria praticamente convencido, por um grande empresário sergipano, de abrir uma PPP (Parceria Público-Privada) para viabilizar o Hospital do Câncer. Isso poderia realmente salvar vidas, desde que o objetivo não fosse contemplar um parente influente.

2018

Em setores do governo do Estado já tem gente fazendo “bolsas de apostas” sobre quem será o candidato do agrupamento a sucessor de Jackson Barreto: Belivaldo Chagas e João Augusto Gama são os nomes mais cotados.

Evando Franca

Eleito para seu sétimo mandato na Câmara Municipal, o vereador Evando Franca (PSD) promoveu um almoço de confraternização com a imprensa nessa terça-feira (20), quando confirmou que vai apoiar a candidatura do também vereador Nitinho (PSD) para a presidência da CMA.

 Com Edvaldo

Nitinho fez a leitura que o prefeito eleito Edvaldo Nogueira precisava indicar um nome de seu agrupamento para presidir a Câmara e começou a trabalhar. Além dele, seguem na disputa o atual presidente, Vinícius Porto (DEM) e o vereador eleito Juvêncio Oliveira (DEM). Iran Barbosa (PT) também concorre, mas não tem conseguido adesões ao seu projeto.

Vinícius Porto

Após anunciar alguns dos seus feitos como gestor da Câmara Municipal de Aracaju, a exemplo da implantação da TV Câmara Aracaju e de ações que beneficiaram diretamente os servidores públicos da Casa, o vereador Vinicius Porto, aproveitou para anunciar sua candidatura à reeleição para presidir o Legislativo. “Quero continuar lutando para melhorar cada vez mais a vida dos servidores e dos colegas e amigos de Parlamento”, disse.

Gratidão

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju encerrou, oficialmente, os trabalhos do Parlamento com uma missa em Ação de Graças celebrada pelo padre César Teixeira, no plenário da Casa. Além dele e dos vereadores Nitinho, Anderson de Tuca e pastor Roberto Morais, alguns novos vereadores (Seu Marcos, Zezinho, Cabo Amintas, Kitty, Tiaguinho Batalha), servidores e colaboradores participaram do ato.

PP

O presidente de honra do PP em Sergipe, deputado estadual Venâncio Fonseca, convida para o ato de filiação do jovem Carlos Wagner Bravo de Oliveira, do vereador Pedrinho Barreto e de outros nomes no Partido Progressista, nesta quinta-feira (22), a partir das 16 horas, no Quality Hotel, na Orla da Atalaia.

Proinveste

O radialista EdCarlos Queiroz, da Ilha FM, denuncia que o governador Jackson Barreto poderá responder por suposto crime de responsabilidade fiscal e de improbidade administrativa. “Pegando como exemplo o anel viário de Itabaianinha, orçado em R$ 4 milhões, o governo pegou o dinheiro e remanejou R$ 8 milhões do Proinveste, sem consultar a Assembleia. Isso é um crime gravíssimo”, denuncia o comunicador.

Capitão Samuel

A informação é que o deputado estadual, representante da classe militar na Assembleia Legislativa, estaria deixando o PSL para assumir a presidência estadual do Partido da Mobilização Nacional (PMN).

Lagarto

O vereador Carlos Ângelo (PSC) despediu da tribuna da Câmara Municipal de Lagarto quando fez uma retrospectiva das conquistas, enumerando os diversos serviços prestados à população, em especial ao povoado Brasília. Ele assumirá a partir de janeiro a Secretaria de Planejamento na gestão do prefeito eleito Valmir Monteiro (PSC).

Clemilda

Depois de uma estreia emocionante, o grupo sergipano de teatro de bonecos Mamulengo de Cheiroso apresenta o espetáculo “Talco no Salão, por forró ficar cheiroso”. As apresentações da peça inspirado na vida e obra de uma das mais importantes forrozeiras do Brasil, Clemilda acontecem no dia 21 de dezembro, na quadra de esportes da Associação de Moradores do Conjunto Beira Mar II, às 20h, e no dia 22 de dezembro, no Mirante da 13 de Julho, às 19h.  As duas apresentações são gratuitas.

Defensoria

Durante o recesso forense que encerra apenas no próximo dia 6, a Defensoria Pública do Estado de Sergipe funcionará em regime de plantão para questões consideradas urgentes de acordo com a Resolução nº71 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Serão 36 defensores públicos que atuarão na área cível e criminal, além de mais de 50 servidores e estagiários que estarão na sede e na unidade da Defensoria Pública do Fórum Gumersindo Bessa.

Casos

Nesse período a população poderá solucionar casos de prisão em flagrante, pedidos de habeas corpus, liberdade provisória e mandados de segurança; busca e apreensão de pessoas, bens ou valores; medida cautelar de natureza cível ou criminal; procedimentos de saúde como UTI, internamentos, cirurgias e outros considerados urgentes. O plantão funcionará no horário das 8h às 17h.

Governo do Estado I

O governador Jackson Barreto entregará nesta quarta-feira (21), obras no Sul e Centro Sul de Sergipe que somam R$ 1.760.192. As obras em infraestrutura, urbanização e esporte beneficiam moradores de Riachão do Dantas, Arauá e Tomar do Geru. Em Riachão do Dantas, no povoado Palmares, a comunidade receberá uma nova praça, um investimento de R$ 260.026, executado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), com recursos do Programa Sergipe Cidades.

Governo do Estado II

Em Arauá, o governador entrega a urbanização da Praça José Edson dos Santos, uma nova opção de lazer para os arauaenses. Localizada no Conjunto Albano Franco, a urbanização do espaço também foi realizada com recursos oriundos do Programa Sergipe Cidades no valor de R$ 251.268. Já no período da tarde, Jackson vai até Tomar do Geru para entregar a pavimentação de diversas vias no Povoado Jaqueira e na sede municipal e inaugurar o Ginásio de Esportes Luís Soares Diniz. Juntas, as obras corresponderam a um investimento de R$ 1.248.898, recursos do Programa Sergipe Cidades. Desses, R$ 464.054 foram para as pavimentações.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

[email protected] e [email protected]