22/12/16 - 05:17:12

NAT faz emissão de Carteiras de Trabalho para jovens do CENAM (ascom)

Na manhã desta quarta-feira, 21 de dezembro, o Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) realizou o atendimento de dez jovens em cumprimento de medidas socioeducativas do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) para emissão de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

De acordo com a Coordenadora do NAT, Sandra Magna Rezende, a parceria com a Fundação Renascer possibilita o exercício da cidadania desses jovens e abre as portas para uma futura qualificação profissional. “A ação de hoje atende a mais um pedido de uma das nossas instituições parceiras. O Estado reforça este compromisso, com o foco nos jovens que estão em cumprimento de medidas, e que precisam ser inclusos na sociedade por meio da sua qualificação e inserção no mercado de trabalho, para além do ato infracional que cometeram”, diz Sandra.

Segundo Wigner Quintela, orientador da Fundação Renascer, a instituição é responsável pelas medidas socioeducativas para menores infratores do Estado de Sergipe e, na unidade em que trabalha, os jovens cumprem as medidas em regime de semiliberdade. Eles passam a semana envolvidos em atividades de cunho socioeducativo e, nos finais de semana e feriados, podem retornar às suas casas e ao convívio familiar.

Wigner explica que a emissão da CTPS faz parte do trabalho desenvolvido junto aos jovens com foco no esporte, cultura, lazer e, sobretudo, cidadania. “Quando o adolescente não possui documentação, tratamos de providenciar Identidade, CPF, Título de Eleitor e a Carteira de Trabalho. Com isso, um dos nossos objetivos é inserir esses jovens no mercado, para que saiam do mundo infracional e possam exercer a sua cidadania”, pontua Wigner.

O adolescente J.L., de 17 anos, espera obter uma oportunidade no mercado de trabalho coma emissão de sua CTPS. “Estou cumprindo a minha medida com o objetivo de melhorar minha vida. Com a Carteira de Trabalho, pretendo conseguir o meu primeiro emprego, então acredito que é uma oportunidade de eu não voltar a cometer maus atos”, comenta o jovem, esperançoso.

Da assessoria