28/12/16 - 14:42:12

NAT intensifica parcerias para intermediação de mão de obra (Foto: Neto Menezes)

Viabilizar e intermediar mão de obra para empresas é uma das atividades que o Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) desempenha para inserir candidatos no mercado de trabalho. Na terça-feira, 27 de dezembro, o auditório do Núcleo sediou a última etapa do processo seletivo de candidatos para o preenchimento de 40 vagas distribuídas nas áreas de vigilante, porteiro, serviços gerais e supervisor de condomínio, por demanda de uma empresa terceirizada da capital sergipana. No total, 76 candidatos foram selecionados para participar.

A Coordenadora do NAT, Sandra Magna Rezende, explica que o trabalho com essas empresas é de mão dupla. “Oferecemos um serviço através do qual o empregador pode solicitar a demanda de candidatos que deseja, dentro do perfil de enquadramento requerido. Realizamos a filtragem dessas pessoas em nossa base de dados e, com isso, disponibilizamos as vagas – tudo dentro do prazo fornecido pelo empregador. Além disso, disponibilizamos o nosso auditório para que a própria empresa realize o processo de seleção. É benéfico para ambas as partes, tanto para suprir as expectativas de contratação da empresa, quanto para nós, que podemos ver nossos candidatos empregados, obtendo resultados positivos”.

Os candidatos tiveram um contato prévio com a empresa nos dias da seleção – 21 e 27 de dezembro-, quando os empregadores falaram um pouco da sua metodologia e conheceram o perfil dos candidatos. Em outro momento, os currículos dos participantes foram recolhidos para anotações e, posteriormente, serem encaminhados a outra área da empresa, responsável pela triagem e preenchimento das vagas. O advogado Daniel Pichamel Fonseca, um dos responsáveis pela empresa, conta que a escolha do NAT para a seleção foi efetuada a partir de boas referências recebidas sobre o atendimento e o banco de dados.

Hoje em dia, encontrar mão de obra qualificada é difícil. O NAT possui credibilidade entre os demais empregadores e um banco de dados vasto com pessoas qualificadas. Então, vimos a oportunidade de encontrar candidatos que atendessem às nossas expectativas. Além disso,o atendimento prestado foi de excelência. Foi perguntado quais eram nossas intenções, as áreas que precisávamos de pessoas para contratar, além dos requisitos para a seleção. O espaço fornecido também foi importante, pois na ocasião pudemos bater um papo com os candidatos para que eles conhecessem a empresa. Para nós, ter esse feedback é muito importante” ressaltou.

Natural de Campinas, interior de São Paulo, o candidato Paulo Henrique está em Sergipe há dois meses, e procura uma oportunidade de emprego. “Estava procurando por serviço e recebi a recomendação de ir ao NAT, onde fui muito bem acolhido pelos atendentes. Acho bacana essa iniciativa de poder ter um contato com a empresa antes de ser possivelmente contratado. Na cidade em que morei não existe esse tipo de serviço. Acho que esse tipo de atendimento deveria ser assim em todo o País”, pontuou.

Texto e Foto: Neto Menezes

Edição: Rebecca Melo