17/01/17 - 15:03:18

COMISSÃO DE ÉTICA ABRE PROCEDIMENTO E PODE EXPULSAR SONECA

O vereador palhaço Soneca, poderá ser expulso do partido, caso a Comissão de Ética do PPS, sigla que ele usou para disputar a eleição, decida que ele desobedeceu uma resolução do partido, quando da votação para escolha da Mesa diretora da Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

O vereador Palhaço Soneca optou por votar em  no vereador Josenito Vitalle, o Nitinho (PSD), para a Presidência da Câmara Municipal de Aracaju, no dia 1º de janeiro.

Após a sua decisão, a Comissão de Ética do PPS abriu na noite desta segunda-feira (16), um procedimento disciplinar contra o vereador. Em seguida, Soneca será notificado e terá, a partir da sua notificação,  8 dias para apresentar a sua defesa.

Em nota enviada a imprensa, Soneca explica que ainda não foi notificado, mas está tranquilo e promete adotar providências jurídicas quando receber a notificação do partido.

Confusão – um membro do PPS, que pediu para não ter seu nome revelado, conta que procurou o vereador para que ele fosse até o presidente do partido, Clóvis Silveira, para conversar e tentar desfazer o suposto mal entendido. Segundo essa pessoa, o vereador palhaço Soneca teria prometido que iria conversar mas até o momento não o fez.

Caso seja expulso do partido, o vereador palhaço Soneca poderá inclusive perder o mandato, isso por falta de diálogo com os membros do PPS. Em uma de suas entrevistas, muito agressivo, Soneca afirmou que quem o elegeu foi o povo e não o partido, e que se Clóvis Silveira quisesse o mandato, que fosse para a disputa.

Mesmo assim, o presidente do PPS não quis tomar nenhuma decisão sozinho. A Comissão de ética do partido é que decidiu abrir o procedimento. O resultado pode sair em até 20 dias.

Munir Darrage