24/01/17 - 15:46:15

Curso de Espanhol é oferecido à comunidade de São Cristóvão (Foto ascom)

“Possibilitar o ensino de outro idioma para os jovens sergipanos, de forma gratuita, é uma notável iniciativa! Especialmente, no mercado de trabalho atual, que exige diferenciais para que o candidato se destaque diante da competitividade. Aprender Espanhol é também muito vantajoso, considerando que residimos em um continente no qual a língua espanhola é predominante. A comunicação, com certeza, abre as fronteiras”, afirmou a jornalista Allana Molina, uma das 50 alunas do Minicurso de Espanhol, que acontece semanalmente (nas quartas-feiras), até o dia 22 de fevereiro, no Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec).

Promovida pelo SergipeTec, em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e Diretos Humanos (Seidh), e com a Association Internationale des Etudiants en Sciences Economiques et Commerciales (AIESEC), a capacitação foi dividida em duas turmas (manhã, das 9h às 12h; e tarde, das 13h às 16h), com carga horária de 20h cada.

De acordo com Vitor Vaz, coordenador do CVT do SergipeTec, o Minicurso é certificado pela própria AIESEC, Associação Internacional de intercâmbio de alunos estrangeiros, para o conhecimento e a vivência de línguas e culturas.

“A iniciativa objetiva que o facilitador partilhe com os alunos técnicas básicas da língua espanhola e práticas de conversação, e vice-versa, promovendo um aprendizado mútuo. Nesse aspecto, vale ressaltar que a instrutora Ana Gazmuri é chilena, Pedagoga, com especialização em Integração, fatores que, com certeza, influenciam e facilitam a dinâmica do ensino-aprendizagem. Depois deste, estamos planejando para, possivelmente, a partir de março, promovermos mais cursos, inclusive, o de Inglês, durante esse mesmo período [de seis semanas]. Sobre o público, podem se inscrever alunos a partir de 15 anos”, ressaltou Vitor.

Vanessa Félix, gestora Jurídica do SergipeTec, confessou que a professora ser natural de uma país onde o Espanhol é a língua oficial foi um dos motivos que mais chamou a atenção dela para participar do curso.

“Pensei assim: por ela ser de lá, vou me esforçar para tentar entendê-la. E isso já é um estudo, um grande aprendizado. Ana tem conhecimento, prática, domínio de conteúdo, metodologia e dinâmica para ensinar. Tudo isso ajuda e contribui muito na e para a fluência da conversação, facilitando a prática e o entendimento da língua, e consequentemente, nos transmite segurança, quando o assunto for viagem para o exterior. Outros pontos que também favoreceram bastante para a minha inscrição no curso – na verdade, foram essenciais – foram o local de realização [na sede do Parque, nosso ambiente de trabalho] e a autorização da diretoria para a participação dos colaboradores”, pontuou Vanessa.

Segundo Fredson Santana, da Coordenadoria Especial da Juventude (CEJUV) da Seidh, o desenvolvimento de trabalhos em conjunto, a exemplo de parcerias, são essenciais para a efetividade e continuidade de diversas ações, sempre com o objetivo maior de oferecer oportunidades e beneficiar a sociedade. “Vamos unir esforços com o CVT e a AIESEC para que possamos passar, através de seus instrutores, o conehecimento de línguas, que é bastante necessário para o aprendizado e capacitação dos jovens”, conclui Fredson.

Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas pelo telefone (79) 3257.2232 ou pelo e-mail cvt@sergipetec.org.br

Por Flávia Nunes

foto assessoria