02/02/17 - 15:30:15

PREFEITURA DE ROSÁRIO REPUDIA DENÚNCIA DE PERSEGUIÇÃO

A Prefeitura de Rosário do Catete esclarece, por meio da Secretaria Municipal de Administração, que não procedem as informações de perseguição à servidores municipais, como denunciaram alguns vereadores da oposição na abertura do ano legislativo da Câmara Municipal de Rosário do Catete.

Enfatizamos que a perseguição é uma postura jamais adotada pelo prefeito Vino Barreto, e que o procedimento de recadastramento dos servidores, criticado pela oposição, é importante para o município, pois dará a exata dimensão de quem está efetivamente trabalhando na administração municipal.

Muito estranha o comportamento da oposição, pois nunca custa lembrar que este mesmo procedimento também foi adotado pelo ex-prefeito Laércio Passos. Portanto, uma prática normal de qualquer gestão.

Vale ressaltar que é de competência da gestão municipal promover as alterações administrativas que julgar necessário, respeitando as normas legais que a legislação estabelece.

Em relação a alguns remanejamentos de servidores, a Secretaria de Administração esclarece que este é um procedimento normal e que visa tão somente relocar funcionários em outros setores, bem como em suas funções de origem para melhor atender a demanda da população.

“Um funcionário da saúde, por exemplo, pode ser remanejado de uma Unidade de Pronto Atendimento para um outro setor da mesma área, caso a equipe técnica conclua que este funcionário vai produzir melhor em tal setor. E isso acontece com qualquer servidor, independente do sobrenome. Portanto, não há perseguição nenhuma, pelo contrário, os servidores públicos estão sendo respeitados pela gestão Vino Barreto, tanto é que já pagamos o salário de janeiro, atualizado, dentro do mês, além do salário atrasado de dezembro deixado pelo ex-prefeito”, explica o secretário de Administração, Karlison Daniel.

Gratificações

Para enxugar a máquina pública, garantir o salário dos servidores em dia e evitar pagamento indevido, um Decreto foi assinado pelo prefeito determinando o corte das gratificações, que poderão ser reavaliadas na medida que as finanças melhorarem. A gratificação por tempo integral foi retirada, também, porque alguns funcionários não estavam exercendo integralmente as funções para justificar o recebimento.

Vale ressaltar que as gratificações incorporadas por lei, como triênio, insalubridade e 1/3, entre outras, permanecem inalteradas.

Recadastramento

A medida tem por finalidade atualizar periodicamente os dados cadastrais dos servidores municipais de caráter efetivo, sendo necessária a identificação do servidor, perfil, lotação, enquadramento funcional, bem como dar maior controle e celeridade à Secretaria Municipal de Administração, visando buscar a melhoria da qualidade das informações como instrumento de gestão de recursos humanos.

Convocação

Ciente de seus deveres e obrigações, o secretário de Administração, Karlison Daniel, se antecipa ao pedido de comparecimento à Câmara Municipal e estará agendando uma data com a presidência do Poder Legislativo para prestar os devidos esclarecimentos aos vereadores.

Por Ascom Rosário