03/02/17 - 00:01:14

NÃO HÁ DINHEIRO PARA CARNAVAL

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Este ano os quatro dias de carnaval serão dedicados ao descanso. O País está cansado, frustrado, desempregado e sofre terrível crise moral. Não dá mais para por máscaras onde já tem tantas. O povo assimilou “cara de palhaço” e nem sente. Não dá mais para usar dinheiro do Estado para a já desengonçada festa de momo, quando o País sofre o seu pior momento social, financeiro e moral.

O governador Jackson Barreto tomou fez certo, ontem, ao bater o martelo e anunciar que o Estado não vai liberar um único recurso para realização de festas de carnaval. Sergipe tem problemas maiores a resolver e dará prioridade a outros setores que realmente precisam da presença do poder público. Dinheiro para carnaval, cuja festa não dá retorno, é irresponsabilidade diante o quadro em que se encontra o Estado.

Jackson Barreto já decidiu que vai investir em ações de combate à seca e todos os recursos serão canalizados para essa área, que sente falta de água para o plantio, para alimentar animais e até para beber. Não dá para fingir que está alegre com um “carnaval da fome”, sabendo que sempre terá uma quarta-feira prolongada, sem solução para os graves problemas que afetam as comunidades pessimamente assistidas.

Cidades que tradicionalmente realizam carnavais, com a presença marcante de turistas e a participação de grandes empresas patrocinadoras, como é o caso do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife, estão reduzindo o tamanho dos festejos, porque esses patrocínios não cobrem os gastos. Imagina cidades de Sergipe, que dependem exclusivamente do Estado, para realização de um carnaval entre amigos e eleitores aliados?

Esse é o carnaval de uma boa rede à beira mar, do silêncio das fazendas, da mordomia pessoal dos ressorts. Coisa mais intimista e sem a interferência direta do dinheiro do povo, que deve ser utilizado para pagar salários e atender às necessidades básicas da população. Esse deve ser o carnaval dos cofres públicos fechados, até para não animar a corrupção.

VITÓRIA DE RODRIGO MAIA

Jackson Barreto comemorou a vitória de Rodrigo Maia para presidente da Câmara. Quando o recebeu em Aracaju, Jackson o avisou que teria os votos de sua base aliada.

Pediu que Rodrigo mantivesse o canal de diálogo entre a Câmara e Estados.

ATENDEU SINDICATO

O Sindicato dos Radialistas pediu a Jackson Barreto que mantivesse Givaldo Ricardo na Fundação Aperipê. Corria informações que ele seria substituído.

JB aceitou a sugestão na hora…

SOBRE ELEIÇÕES DE 2018

No Terminal Pesqueiro, ontem, um repórter perguntou a Jackson Barreto se ele estava preocupado com as eleições de 2018. Ele respondeu que estava cedo para isso.

Jackson fez uma visita às obras do Terminal.

PESCANDO PEIXE GRANDE

O repórter insistiu na pergunta e quis saber se o governador estava pescando. Ouviu: “estou sim, pescando muito e pegando só peixe grande”.

– Na Capital e no interior, complementou.

QUESTÃO DO LÍDER

Se depender do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, o líder do Governo na Casa não será o deputado sergipano André Moura (PSC).

André e Maia não tomavam café juntos.

NÃO VOTOU EM MAIA

Apesar de não ter atuado no processo de escolha do presidente, André Moura não votou em Maia, mas em Jovair Arantes (PTB).

Entretanto, André não influenciou para o resultado final.

COM O PRESIDENTE

André Moura despachou com o presidente Temer na tarde de ontem e a determinação é trabalhar para manter a base do Governo Unida.

– Que o resultado da eleição não contaminasse a base.

HELENO ASSUME BRASÍLIA

Ex-prefeito de Canindé, Heleno Silva (PRB), assume o Escritório de Sergipe de Brasília já na próxima terça-feira, com a presença do ministro Marcos Pereira.

O presidente nacional do PRB, senador Eduardo Lopes, também participa.

AUTORIZA PEDIDO DE JONY

O ministro da Integração, Elder Barbalho, telefonou para o deputado Jony Marcos para anunciar que terça-feira, por ordem do presidente Temer, assina seu pedido sobre seca.

Jony pediu a Temer que aumentasse carradas d’água e inserisse mais 7 municípios.

JONY JÁ SE PRECAVEM

Ao anunciar a solenidade, Jony Marcos já se precavem da utilização de um pedido seu por outros políticos, como aconteceu com a Universidade do Sertão.

Jony solicitou os benefícios sobre a água para o sertão e Temer o atendeu rápido.

OS ALIADOS RECLAMAM

A indicação do ex-deputado Bosco Costa (Psol) para presidente da Codise, afasta a ex-prefeita Uita Barreto (PSB) do governador Jackson Barreto (PSDB).

Uita ia se filiar ao PSDB, agora pensa em outro partido.

UM NOME DE SERGIPE

Fabinho Ramalho (PMDB-MG) foi candidato avulso a presidente da Câmara Federal e elegeu-se. Fabinho não perdeu o só Pré-Caju durante 10 anos.

Era convidado eterno de Albano Franco.

MAIS UM CONVITE

O presidente do PDT, Fábio Henrique, conversou com o José Carlos Machado (PSDB), para que ele se filie ao partido, que tudo indica terá Ciro Gomes para presidente.

Machado é candidato a deputado federal em 2018.

HÁ UM PROBLEMA

A questão é que Fábio Henrique, mesmo que tenha perdido força política, trabalha firme para também tentar chegar à Câmara Federal nas próximas eleições.

A sigla não fará dois deputados federais…

RICARDO EM SILÊNCIO

O empresário Ricardo Franco vai manter o silencia em relação à política até o momento exato de falar de tratar do assunto, que será a partir do segundo semestre deste ano.

Nega que tenha mantido qualquer conversa com Roberto Jefferson (PTB).

APESAR DO MERGULHO

Mesmo ‘mergulhado’ nesse momento, Ricardo Franco não deixa de conversar com algumas lideranças que o procuram e trata sobre política e sua candidatura.

Ricardo ainda não definiu o partido, mas não será oposição.

CARLOS BRITTO OPINA

Perguntado sobre a questão do lava jato, na posse de Cesário Siqueira, o ministro Carlos Britto disse que alguns políticos são piores que membros do PSS e do CV.

– Eles roubam remédios e alimentos destinados ao povo.

NOVAS PRISÕES VÊM AÍ

Até os primeiros dias de março haverá novidades em termos de prisão. Pelo menos seis vereadores vão para cadeia, ao lado de mais três prefeitos.

Com certeza, um dos prefeitos é de cidade do agreste.

Notas

Três prioridades – Logo após a cerimônia de abertura do ano legislativo, em que representou o presidente da República, ministro Eliseu Padilha, afirmou que o governo dará prioridade a três pontos: geração de emprego, com a reforma trabalhista; o crescimento da atividade econômica; e o Plano Nacional de Segurança.

0x0

Fachin relata Lava Jato – O ministro Edson Fachin declarou ontem que vai cumprir seu dever com “prudência, celeridade, responsabilidade e transparência”. Mais cedo, Fachin foi sorteado para relatar os processos da Lava Jato, que estavam sob o comando do ministro Teori Zavascki, morto em um acidente de avião.

0x0

Agora a Previdência – Presidente da Câmara, Rodrigo Maia anunciou que vai instalar, na próxima semana, a comissão especial destinada a analisar o mérito da proposta de emenda à PEC que trata da reforma da Previdência Social. Ele confirmou que a relatoria da comissão ficará com Arthur Maia e a presidência, com Sérgio Zveiter.

0x0

Perfil de Zavascki – O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha disse ontem, em conversa descontraída, que o presidente da República, Michel Temer, busca um novo ministro para o Supremo Tribunal Federal (STF) com tenha o perfil similar ao de Teori Zavascki, que morreu em janeiro em um acidente aéreo.

0x0

Ex-tesoureiro é solto – O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores Paulo Ferreira deixou a penitenciária 2 de Tremembé às 17h20 de ontem. Ele estava preso na unidade, que fica no interior de São Paulo, desde junho de 2016, aproximadamente oito meses, e deixou o presídio após o juiz Sérgio Moro autorizar a saída.

0x0

Aécio citado em delação – O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Júnior, afirmou em sua delação premiada à operação Lava Jato que teria se reunido com o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para negociar um esquema fraudulento em licitação na obra da Cidade Administrativa para favorecer grandes empreiteiras.

Conversando

Pesar e tristeza – Jackson Barreto diz que é com pesar e tristeza que “recebo a notícia da morte cerebral da ex-primeira-dama do Brasil, Dona Marisa Letícia Lula da Silva”.

Sem corrupção – Presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) e do Senado, Eunício (PMDB) não devem usar os cargos para beneficiar corruptos, mesmo que sejam eles.

Sargento Edgard – Os fanáticos devem agradecer porque Marisa pode ir para o Sírio Libanês, já pensou o sofrimento que seria no corredor de um hospital público?

Carlos Aranha – Morte de Marisa Letícia é fato trágico, de âmbito familiar, a ser tratado com respeito. Corpo será velado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Pagamentos de boletos – Fiquem atentos para essa informação: Mudança que prevê pagamento de boleto em qualquer banco é adiada para julho

Sobre carnaval de rua – É bom lembrar que o apoio da Prefeitura de Aracaju ao carnaval de rua será apenas estratégico e não financeiro.

Força da oposição – O senador Valadares com terceiro secretário da mesa do Senado acha que aumenta a força da oposição em Sergipe.

Coisas em ordem – Presidente da Câmara de Aracaju, Nitinho Vitale (PSD), está trabalhando internamente para colocar as coisas em ordem e dentro do seu jeito.

Prepara visitas – O prefeito Edvaldo Nogueira já inicia contatos para encontro com a bancada federal em Brasília. Vai visitar todos os deputados e senadores.