04/02/17 - 08:18:10

Tratamento humanizado faz a diferença no Projeto Glaucoma em Boquim (Foto ascom)

Realizado pela Prefeitura Municipal de Boquim (PMB), através da Secretaria Municipal de Saúde e Bem Estar, em parceria com o Instituto Oftalmológico de Sergipe (IOSE), o Projeto Glaucoma aconteceu na manhã dessa sexta-feira, 3/2, na quadra do SESI. Com uma estimativa de trezentos atendimentos ao longo do dia, a equipe da Secretaria de Saúde abriu os portões e iniciou o acolhimento assim que a população começou a chegar.

“Priorizar as pessoas é essencial. Acreditamos que a humanização no tratamento pode ajudar a acelerar a recuperação do paciente, trazendo muitos benefícios a todos os envolvidos”, disse Eraldo de Andrade (SD), prefeito de Boquim. A secretária de Saúde, Ana Cruz, observou que “esse ano a população teve um atendimento diferenciado. Deixamos tudo pronto para recebê-los, preparamos lanche, com suco, água, procurando deixá-los o mais confortável possível”.

Dona Josefa Ribeiro chegou logo cedo para marcar atendimento e disse estar muito satisfeita com o tratamento recebido. “Esse projeto está diferente em todos os sentidos. Organizado, cedinho quando cheguei já estava tudo pronto e ainda teve lanche. Nunca vi uma secretária de Saúde servindo e recebendo a população”, disse. O senhor Evandro Vieira Santos, logo após medir a pressão do olho, fez questão de dizer que “foi muito bem acolhido. Estou gostando muito do cuidado das pessoas com a gente”.

Sempre presente nos projetos para diagnosticar o glaucoma, dona Ana Lúcia Silva dos Reis disse que “é muito importante esse projeto, pois muitos não têm condições de comprar os colírios e aqui já recebem. Estão de parabéns o prefeito Eraldo e a secretária de Saúde pela organização, pelo tratamento que nos deu. Este foi o ano mais organizado”.

Além da realização dos exames e da consulta clínica oftalmológica, os pacientes que foram diagnosticados com o glaucoma, receberam o colírio gratuitamente para realizar tratamento durante três meses. Após esse período, passarão por nova avaliação.

Ju Gomes – ASCOM/PMB