07/02/17 - 06:34:49

SINDPEN CRITICA A SITUAÇÃO DA REVIVER NO COMPAJAF

O Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Sejuc (Sindpen) vem a público manifestar sua preocupação diante do número de objetos ilícitos encontrados no Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho (Compajaf), localizado no bairro Santa Maria. O Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe) apreendeu durante vistoria nesta segunda-feira, 6, oito telefones celulares e mais de 1 kg de maconha.

O presidente do Sindpen, Luciano Nery, revela que é uma surpresa a apreensão de objetos ilícitos no Compajaf, já que o Governo do Estado gasta mais R$ 2,6 milhões por mês com a empresa particular Reviver, que é contratada para administrar a unidade considerada de segurança máxima. “Pelo contrato, o Compajaf tem bloqueador de celular e três centrais de monitoramento. O Estado paga um valor absurdo para que uma empresa particular administre esta unidade prisional e mesmo assim celulares e maconha são encontrados no local”, lamentou.

Para Luciano Nery, esse tipo de situação é inadmissível. “A gente fica sem entender esse presídio de segurança máxima e esse serviço de excelência desenvolvido pela Reviver, onde em uma revista são encontrados tantos objetos ilícitos”, questiona o presidente do Sindpen.

Por Nara Barreto