07/02/17 - 13:07:23

IBAMA PROÍBE CAPTURA CARANGUEJO DURANTE PERÍODO DE DEFESO

 

Em entrevista à TV Alese na manhã desta terça-feira, 7. A superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Vera Cardoso, falou sobre a importância de seguir corretamente as regras do período do defeso de caranguejo e da função essencial que o instituto exerce na proteção da fauna e da flora em Sergipe e no Brasil. Além de trazer dados sobre os recursos obtidos através de emendas parlamentares e parceria com o Ministério Público do Estado de Sergipe.

Segundo Vera Cardoso, a comunidade já tem uma sensibilidade em relação ao defeso e que o instituto utiliza o seu trabalho para orientar e não multar. “Hoje em nosso estado a comunidade dos vendedores e dos comerciantes já tem uma sensibilização em relação a questão do caranguejo. Então o IBAMA é apenas como um lembrete e orientação para aqueles que não sabiam, mais realmente mudou muito essa condição de obedecer a época do defeso. O IBAMA vem reduzindo esse trabalho, nós estamos utilizando como uma ferramenta muito importante em educação ambiental, um fiscal quando ele identifica aquele que está infringindo um decreto que não é permitido por lei, ele automaticamente é orientado. Então nós estamos utilizando a orientação primeiro, depois nós aplicamos a multa que a lei permite. Hoje a população já é orientada como os fiscais.

Para a superintendente a diminuição dos mangues na capital é uma situação antiga e o trabalho entre estado, município e união precisa ser integrado. “A diminuição dos mangues em Aracaju é uma situação que já vem acontecendo a muito tempo. Apenas quando o IBAMA é solicitado a gente age, tem que ser um trabalho integrado, município, estado e a união. Nós do IBAMA Sergipe estamos com um contrato desde o ano passado, que conseguimos como o único instituto a nível nacional que alcançou via seus parlamentares duas emendas parlamentar, via o deputado federal Adelson Barreto, uma emenda para o Cetas que é o nosso centro de apreensão de triagem de animais, que também é um local pra guardá-los. Foi conseguida uma emenda de R$ 420.000 (quatrocentos e vinte mil reais) e também uma emenda parlamentar da senadora Maria do Carmo, para a reforma e ampliação da nossa sede, já que hoje nós temos uma sede pronta. Os recursos já estão garantidos, agora é só o termo de referência, plano/trabalho para então quando entrar na conta como todas as emendas parlamentares individual, nós vamos colocar a mão na massa e realmente realizar um sonho, não só na questão do Cetas como também de ter uma sede própria no estado de Sergipe do Orgão”.

“O IBAMA está atualmente com um perfil onde ele vai até a comunidade e vamos estreitar ainda mais essa relação, já que o instituto conta com auditório. Estamos dando uns retoques finais para que seja colocado à disposição das instituições acadêmicas, das escolas, com palestras mensais com temáticas distintas, como fauna, flora, que será como um laboratório para estudantes da área de engenharia ambiental, de engenharia florestal e o espaço onde nós temos técnicos para a comunidade acadêmica, que não deixa de ser também um multiplicador do que realmente são as metas e o papel do IBAMA no estado. Além da parceria com o Ministério Público de Sergipe”, concluiu Vera Cardoso.

Por Agência de Notícias Alese

Foto Polícia Ambiental – divulgação