11/02/17 - 00:01:20

O TEMPO DOS BARÕES ACABOU

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Em conversa com o ex-governador Albano Franco, o seu primo, José Franco (PSDB) falou sobre o líder do Governo na Câmara, deputado federal André Moura (PSC). No momento, Zé reivindicou união de todos em defesa da posição importante de líder do Governo, que André exerce em Brasília.

José Franco está correto. Ele lembra que se todos os demais parlamentares da bancada federal se interessassem em manter o líder do Governo Temer com Sergipe, estariam defendendo a permanência de André Moura, que cumpre o seu papel indiferente de ‘lado partidário’. Segundo Zé, ‘o tempo dos barões’ acabou. O tempo agora é de unir para projetar Sergipe e buscar solucionar seus problemas.

Zé Franco percebe que as lideranças estaduais ficam brigando porque os recursos federais chegam menores: “e por que não se unir todos para aumentar os recursos?”. Agora, quem do seu próprio grupo levanta-se para defendê-lo? Ninguém faz isso, tem até boa parte que torce para que André deixe a liderança, só por questões meramente políticas. E quem perde é Sergipe.

Mas quem se importa por Sergipe em Brasília? Qual parlamentar trabalha pelo Estado tanto quanto André Moura? Quem tem acesso direto ao presidente da República? A inveja e o ciúme não podem contaminar parlamentares para incentivar que haja um desgaste por problemas meramente pessoais.

Ainda está na hora de se mobilizar para que seja mantido um sergipano na liderança do Governo na Câmara Federal. É bom para todos, fosse quem fosse o parlamentar.

CHIQUINHO FORA DA LIDERANÇA

O deputado Chiquinho Gualberto (PT) deixa a liderança do Governo na Assembléia. Ele não é favorável à privatização da Deso e estará nas manifestações contra.

Chiquinho, entretanto, se manterá na base aliada do Governo do mesmo jeito.

ESSA É UMA BOMBA

Com a saída de Francisco Gualberto, o novo líder do Governo na Assembleia será uma grande surpresas para todos. Seu nome: deputado Venâncio Fonseca (PP).

A princípio essa informação será desmentida.

UM GOL DE PLACA

Atendendo a pedido de JB feito em agosto, a Caixa, liberou ontem, para a Federação Sergipana de Futebol, R$ 800 para promoção do Campeonato da Divisão Especial.

– Foi um ponta-pé inicial em agosto e um gol de placa nesta sexta-feira.

BRIGA É ESTRANHA

Muito estranha essa briga política pela coordenação da bancada federal, a ponto de causar dúvidas sobre o que oferece a função ale de trabalho.

Sinceramente, ninguém briga por coisa a toa.

CONDENADA POSTURA

Foi muito comentada, em todos os meios, a postura do senador Valadares (PSB), em relação às palavras ‘ácidas e baixas’ proferidas durante entrevista sobre a bancada.

Valadares não pode esquecer do mandato que exerce.

HÁ MUITO EXAGERO

Com relação aos discursos mais recentes, os discursos políticos entre situação e oposição estão ultrapassando o limite da baixaria e das discussões mambembes.

Há necessidade de se elevar o nível do debate.

CONSELHO DE ALCKMIN

Ao defende junto a Eduardo Amorim (PSDB) que o candidato a governador tem que tirar o tom político de adotar o discurso de bom gestor, Alckmin desanimou o senador.

Eduardo, candidato a governador, ainda não se mostrou gestor.

INDEPENDENTE DISSO

Independente dessa visão tecnocrata que se tenta impor ao pleito de 2018, Eduardo Amorim é o candidato do grupo da oposição ao Governo do Estado.

Mesmo que ainda haja controvérsias…

DEFENDE RENOVAÇÃO

Eduardo Amorim ainda está em São Paulo e de lá confidenciou que é favorável à renovação sempre para incentivar que novas pessoas entrem na política.

Avisou, guardando segredo, que o PSDB terá candidatos novos.

VALADARES E EDVALDO

O deputado federal Valadares Filho (PSB) diz que o prefeito Edvaldo Nogueira ao invés de está totalmente focado nos graves problemas vividos em Aracaju…

… Agora já pensa em seu projeto pessoal de ser candidato a Governador em 2022.

CHAPA COMPETITIVA

Valadares Filho avisa que a oposição terá uma chapa bastante competitiva em 2018, Mas seu caminho natural é disputar a reeleição à Câmara.

– Entretanto nosso nome estará à disposição do nosso grupo político, disse.

TEM MAIS QUE FAZER

Assessor direto de Edvaldo Nogueira (PCdoB) disse que o prefeito não vai responder a ‘chiliques’ de perdedor, porque tem à frente muita coisa a resolver.

Aliás, Edvaldo vai propor encontro com Valadares Filho em Brasília.

NÃO SE INVERTE NADA

Segundo a mesma fonte (que pediu off) nada que o deputado está falando vai inverter o resultado da eleição, que até o momento ‘ele ainda não engoliu’.

Edvaldo quer que Valadares Filho o ajude a administrar Aracaju com emendas.

A ELEIÇÃO PARECE SER JÁ

Um deputado aliado ao Governo não ‘acha possível’, que a dois anos das eleições já estão passando a impressão que o pleito “será amanhã”.

Acha que o “momento convida ao trabalho”.

COORDENAÇÃO DA BANCADA

Deputado Laércio Oliveira (SD) explicou que não existe nenhuma regra, além dos votos dos parlamentares, para escolha do coordenador da bancada em Brasília.

Laércio era o vice-coordenador até ser indicado quarta-feira.

EXCELENTE TRABALHO

Laércio Oliveira disse que o senador Valadares (PSB) fez excelente trabalho, sempre procurando a opinião de todos para adotar uma posição consensual.

– Tenho que me esforçar muito para fazer o que ele fez, disse.

GOLPE CONTRA O SENADO

O senador Antônio Carlos Valadares diz que na eleição de coordenadores o princípio da proporcionalidade sempre foi respeitado.

E admite que a nova escolha fora “um golpe contra o Senado”.

INAUGURAÇÃO DA SEDE

Como presidente regional do Solidariedade, Laércio Oliveira inaugura a sede do partido em junho, quando fará evento de filiação. Já tem quatro prefeitos bem conversados.

Também filiará políticos ainda sem mandato, como Ricardo Franco.

JOSÉ FRANCO E O PSDB

O ex-prefeito de Socorro, Ricardo Franco (PSDB) disse ontem que não terá nenhum problema em passar a Presidência do partido para o senador Eduardo Amorim.

– Ele é um senador da República e deve mesmo presidir o partido.

Notas

Vida longa ao PT – Marcio Macedo atual secretário nacional de Finanças e Planejamento do PT, publicou, ontem, uma homenagem ao Partido dos Trabalhadores pelos seus 37 anos. Ele define o partido como “a maior e melhor experiência organizativa da classe trabalhadora brasileira” e deseja “vida longa ao PT”.

0x0

Assim é bom para Sergipe – Eduardo Amorim: “tivemos a iniciativa de lutar para que a Caixa pudesse apoiar ‘nosso futebol’. Estou muito feliz por esta conquista”. Jackson Barreto: “Fui com o presidente da FSF, Milton Dantas, em reuniões em Brasília e estou muito satisfeito por ter feito parte dessa conquista”.

0x0

Ideia péssima de marketing – Jamais se viu ideia pior para o marketing dos policiais amotinados nos quartéis no Espírito Santo. O vídeo de um soldado vindo pedir aos seus familiares que desocupem os portões para a Polícia trabalhar. O grupo nega veementemente e o soldado retorna com “a melhor das boas vontades”.

0x0

Ministro sem foro privilegiado – O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), com sede no Rio de Janeiro, decidiu ontem manter a nomeação de Moreira Franco para o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, contudo, retirou a prerrogativa do foro privilegiado. Isso não foi bem entendido pela sociedade.

0x0

Taxa média de juros – A taxa média de juros do cheque especial caiu 0,04 ponto percentual em fevereiro, passando de 13,6% para 13,56% ao mês, segundo pesquisa do Procon de São Paulo. Dos seis bancos pesquisados pelo órgão, três reduziram a taxa. A maior queda foi registrada no Banco do Brasil. Não dá para comemorar.

0x0

Não houve má intenção – O Palácio do Planalto apresentou na noite de sexta-feira, ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, os motivos para a nomeação de Wellington Moreira Franco como ministro da Secretaria-Geral da Presidência. Temer diz que não houve má intenção em nomeá-lo.

Conversando

Crispim fará falta – Morre o ex-vereador Abrão Crispim, ex-presidente do Sindicato dos Bancários e um defensor intransigente da classe. Fará falta.

Está um lixo – Briga entre Cavo e Prefeitura: Mendonça Prado afirma que a Cavo será multada, independente da força do seu grupo econômico.

Acordo político – O deputado federal Valadares Filho diz q venda da Deso pode ter por trás um grande acordo político para 2018.

Sobre prisão – Gilmar Carvalho lembra que foi o único radialista preso, depois da ditadura militar, por defender a liberdade de expressão.

União de todos – Robson Viana cobra união de todos em prol de Sergipe e diz que questionamentos sobre Senadora Maria do Carmo nas eleições não agregam em nada

Pela privatização – Capitão Samuel lamenta situação da seca no sertão e defende privatização da Deso, mas com menor valor da taxa de esgoto.

Lança o filho – O prefeito de Valmir de Francisquinho vai mesmo lançar o filho candidato a deputado federal pelo PSDB de Sergipe. O trabalho que faz é para isso.

Por que disputar? – Maria do Carmo (DEM) não será candidata a nada em 2018, como estão insinuando seus adversários. Ela pretende concluir o mandato em 2022.

Muito mal à frente – Já começou a ação na CCJ: Partidos atingidos pela Lava Jato se articulam contra Janot na CCJ do Senado.