13/02/17 - 08:00:23

Filho de três pais

Virou moda nossos políticos se dizerem responsáveis pelos benefícios conseguidos para Sergipe junto ao governo federal. Essa ridícula disputa já forçou o Ministério da Integração Nacional a transferir uma solenidade de Sergipe para Brasília, pois o governo estadual e a oposição brigavam sobre onde o evento deveria ser realizado em Aracaju. Agora, a paternidade do convênio no valor de R$ 800 mil entre a Caixa Econômica Federal e a Federação Sergipana de Futebol está sendo reivindicada por três lideranças. O governador Jackson Barreto (PMDB), o senador Eduardo Amorim (PSDB) e o deputado federal André Moura (PSC) enviaram notas à imprensa dizendo que “o pai da criança sou eu”. JB jura ter “dado o pontapé inicial” para a assinatura do convênio. O senador tucano garante ter sido ele quem viabilizou o contrato junto à Caixa, enquanto Moura destaca que seu “apoio incondicional foi preponderante para garantir o patrocínio”. No fundo, pouco importa para os desportistas quem foi o pai desta criança, mas o fato de o pobre futebol sergipano ter sido beneficiado pela Caixa com uma merrequinha.

Cara no chão

Não convidem os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB/SE) e Arthur Lira (PP/AL) para o mesmo baile de carnaval. O sergipano não esconde sua decepção com o alagoano porque este aceitou o deputado federal Laércio Oliveira (SD) como o novo líder da bancada federal sergipana. “Estou decepcionado com a conduta antiética do deputado Arthur Lira, pois na eleição para coordenadores de bancadas sempre se respeitou o princípio da proporcionalidade”, choramingou Vavá pelas redes sociais. Cruzes!

Sob nova direção

O vereador aracajuano professor Bittencourt é o novo presidente estadual do PCdoB. Eleito por unanimidade, ele substituiu Hallison Souza. Bittencourt garante que sua principal missão será ampliar a ação do partido em Sergipe, buscando novas estratégias para o crescimento do PCdoB e a conquista de novos espaços em 2018. Boa sorte!

Ajuizada

Perde tempo quem trabalha com a hipótese de a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) disputar as próximas eleições como candidata a vice-governadora numa chapa encabeçada pelo atual vice Belivaldo Chagas (PMDB). Entrevistada pelo jornalista Jozailto Lima, a demista diz que não é doida: “Deixar de ser senadora até 2022 para disputar uma eleição de vice em 2018? Só se eu tivesse com o juízo na sola dos pés”. Misericórdia!

Tradição quebrada

Começa a perder força no Judiciário sergipano o antigo acordo tácito para escolha de presidente daquele Poder. O primeiro passo para mudar esta regra foi dado na recente eleição para a presidência do Tribunal Regional Eleitoral. Os membros daquela Corte elegeram o jovem desembargador Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, em vez de terem votado para presidente no também desembargador Édson Ulisses que, pela tradição, deveria ter sido candidato único ao cargo.

Aposta no turismo

O primeiro compromisso do novo secretário estadual de turismo, ex-prefeito Fábio Henrique (PDT), será daqui a pouco num hotel da Orla de Atalaia. Ao lado do governador Jackson Barreto (PMDB), ele lança o Programa para Capacitação da Cadeia Produtiva do Turismo de Sergipe. Durante o evento, serão apresentados os cursos de capacitação a serem ofertados no âmbito do Prodetur/SE. Orçados em R$ 3,2 milhões, os treinamentos vão ser ministrados por profissionais do Senac, do Sebrae e da Universidade Federal de Sergipe. Legal!

Montando a equipe

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) deve empossar esta semana, Augusto Fábio Oliveira como secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão de Aracaju. Funcionário do INSS, o novo auxiliar do comunista deixou, ano passado, a presidência do Sergipe Previdência por não concordar que o governo estadual fizesse uso dos recursos Fundo Previdenciário do Estado de Sergipe para pagar a folha de pessoal.

Direitos sociais

Será lançado nesta segunda-feira, o Comitê Sergipano de Defesa dos Direitos Sociais. Com o objetivo de mobilizar os sergipanos contra as reformas da previdência e trabalhista, o comitê será coordenado pela seccional da OAB, Conselho Nacional do Laicato, União dos Ministros Evangélicos de Sergipe, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas e a Arquidiocese de Aracaju. A solenidade de instalação do Comitê acontecerá no plenário da Assembleia Legislativa. Prestigie!

Maconha queimada

A Polícia Federal destruiu 48 mil pés de maconha e 53 mil mudas da planta em ilhas pertencentes à União e localizadas no Rio São Francisco. Segundo a PF, caso toda a plantação fosse colhida e preparada para a venda, o material pesaria 16 toneladas. É maconha pra endoidar um batalhão. Aff Maria!

Corporativismo

Ao apresentar um projeto concedendo aos jornalistas e radialistas o direito à meia entrada em eventos culturais e recreativos, a vereadora aracajuana Emília Correia (PEN) só contribui para aumentar o corporativismo destas categorias. Ora, e por que o privilégio também não é estendido aos comerciários, garis, servidores públicos, militares, etcétera e tal? Quem garante que os empresários não vão repassar aos demais consumidores o custo dessa “cortesia”? Isso é o mesmo que fazer figura com o chapéu alheio. Homem, vôte!

Recorte de jornal

________________________________________________________________________________________________________1920

Publicado no jornal aracajuano A Cruzada, em 16 de maio de 1920.

Resumo dos Jornais