08/03/17 - 00:01:18

ÀS VEZES OS EXCESSOS ATRAPALHAM

DIÓGENES BRAYNER[email protected]

Foi até muito rápido. Antes de completar um semana ferve conversas e suposições sobre o pleito de 2018. A arquitetura política mostra os primeiro traços da montagem de grupos que estarão nos palanques, principalmente na disputa por mandatos majoritários. Nesse ponto o Governo transborda de prováveis candidatos. Inclusive a possibilidade de o próprio Jackson Barreto desejar o Senado.

Oposição não esbanja nomes excessivos de candidatos majoritários. Todos eles podem tentar a reeleição: dois para o Senado (Valadares-PSB e Eduardo Amorim-PSDB). Os outros dois, André Moura (PSC) e Valadares Filho (PSB) teoricamente não pensam em majoritários. Para formação da chapa para Governador, vice e Senado, quatro pessoas, o grupo ainda precisa acoplar nomes de fôlego eleitoral para completá-la.

Também há dúvida de quem será candidato ao Governo ou ao Senado.

Um articulador político da oposição acha que esse volume de gente para disputar o Senado, principalmente, favorece ao seu grupo. Explica que se não houver consenso para acomodar a todos os desejos, pode ocorrer dispersão e adesão à oposição. Como é o caso do PRB, que quer Heleno para o Senado, com objetivo de manter Jony na Câmara.

O mesmo acontece com os demais partidos, exceto o PMDB, que excede até para disputar a Câmara Federal.

Aliás isso tem perturbado deputados estadual e federal da base aliada ao Governo, em razão de alguns nomes que se mobilizam para a Assembleia e são do núcleo político do governador. Uma solução será difícil, depende de muita conversa convincente que ficará sob a responsabilidade de Jackson Barreto.

BELIVALDO SAI DA TOCA

O vice-governador Belivaldo Chagas sai da toca e entra na discussão política. Alfineta Valadares e diz que o senador não será candidato ao Governo de jeito nenhum.

Segundo Belivaldo, “o grupo de Amorim não vai deixar”.

UM NOME À SUCESSÃO

Belivaldo Chagas esteve sempre calado sobre esse assunto, apesar de ser um dos nomes citados para disputar a sucessão de Jackson Barreto (PMDB).

O vice faz muito bem o jogo dos bastidores.

PODE SER PELO SEU PARTIDO

No final da tarde, o vice-governador Belivaldo Chagas diz que o senador Valadares pode ser candidato ao Governo do Estado, mas pelo seu partido.

Pelo grupo dos Amorins não será.

ESPAÇO PARA MAJORITÁRIO

Segundo fonte bem avisada, a ‘briga’ por espaço na majoritária do Governo já começou. Neste caso específico entre o PRB e o PDT de Fábio Henrique.

Os partidos vão disputar ‘no tapa’ vagas majoritárias.

UMA CERTA PREOCUPAÇÃO

Segundo a mesma fonte, há grande preocupação no PRB porque caso Heleno Silva não tenha a sua vaga assegurada deve tentar a Câmara Federal.

Isso deve fazer Jony Marcos desistir da reeleição.

A OPOSIÇÃO NÃO AFETA

Esse problema de ‘excesso para majoritários’ não afeta a oposição. Têm quatro nomes competitivos – Valadares, Valadares Filho, André Moura e Amorim – para a disputa.

Só que Valadares Filho e André Moura tentam a reeleição.

MAIS HÁ EXPECTATIVA

Dentro da oposição há expectativa em torno de Ricardo Franco , que pode disputar o Senado ou o Governo por uma legenda fora da órbita do Governo.

Mesmo assim ainda existem dúvidas sobre isso.

SOBRE DISPUTA PELO GOVERNO

Ainda na oposição tem quem faça projeções sobre candidatos ao Governo ou ao Senado. Tem quem ache que o nome certo é o do senador Valadares, até para salvar Amorim.

Acha que se Amorim perder para o Governo complica o seu futuro político.

DANIEL DEIXA ASSEMBLEIA

Decisão Judicial, assinada por uma juíza, suspende a liminar que autorizou a posse do suplente Daniel Fortes, afastando da Assembleia Legislativa.

A decisão também não permite o retorno de Tejoi Barreto.

CONFIRMADA PARCERIA

Capitão Samuel e o ex-prefeito de Socorro, José Franco almoçaram e reafirmaram a parceria em 2018 e 2020. Zé deve voltar a disputar a Prefeitura de Socorro.

– Minha amizade com Zé Franco segue e cada dia mais fortalecida.

ZÉ SEM PROBLEMAS

O ex-prefeito de Socorro, José Franco (PSDB) não terá mais impedimento para disputar a Prefeitura do Município em 2020.

Está livre, leve e soltou para candidatar-se.

CHAMA PARA ELE

Capitão Samuel chama para ele toda a homenagem prestada à Polícia Militar na Alese, pelos seus 182 anos de fundação.

Está trabalhando pela classe.

ALEXANDRE TOMA POSSE

O prefeito de Pacatuba, Alexandre Martins, toma posse como novo presidente do consórcio do Baixo São Francisco, para os próximos dois anos.

A solenidade ocorreu no auditório da Codise.

PRIMEIRO ATO DE ANDRÉ

Em seu primeiro dia como líder do governo no Congresso, André Moura tentou aprovar um projeto de lei que considera prioritário.

Prorrogar o prazo para acabar com os lixões no país. (Lauro Jardim).

ESPECULAÇÕES EXCEDEM

Não se pode confirmar ainda, mas o deputado federal André Moura pode trocar o PSC pelo PMDB, a pedido do presidente Michel Temer.

André também pode ser o novo relator do Orçamento da União.

PT REGISTRA CHAPAS

O PT vai bater chapa nas eleições estaduais e municipais em Sergipe. As chapas foram registradas anteontem. Rogério Carvalho disputa a reeleição pela tendência CNB.

A professora Ângela também é candidata pela Articulação de Esquerda.

PROBLEMAS NAS ELEIÇÕES

O PT tem que se organizar para disputar as eleições de 2018. Tem dois candidatos a deputado federal – João Daniel e Marcio Macedo – e pode não fazer nenhum dos dois.

Rogério Carvalho fixa sua candidatura ao Senado Federal.

CAPELA ESTÁ SEM ÁGUA

O prefeito Valmir Monteiro está preocupado com estiagem em Lagarto: “aqui já está morrendo gado e a barragem já está com pouca água”.

O município distribui água em carro pipa “e o Governo ainda não deu nada”.

Notas

Aposentadoria especial a policiais – Embora o relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), não tenha adiantado na audiência realizada ontem nenhum benefício específico para policiais militares, ele se mostrou muito sensível à demanda de uma aposentadoria especial para a atividade.

0x0

Consulta de restituição – A  partir das 09 horas de hoje, estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa  Física (IRPF), incluindo as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2016. O crédito bancário para 156.307 contribuintes será feito no dia 15 deste mês.

0x0

Meirelles fala em aumento de juros – O governo poderá cortar gastos e aumentar impostos, se for preciso, para conseguir cumprir a meta de déficit primário de R$ 139 bilhões para este ano. A afirmação é do ministro Henrique Meirelles, em entrevista, após participar de reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

0x0

‘Amigo’ da Planilha é Lula – O “Antagonista” obteve com exclusividade parte do teor do depoimento de Hilberto Mascarenhas da Silva Filho, o operador do departamento da propina da Odebrecht, a Herman Benjamin, do TSE. Hilberto confirmou que o “Amigo” da planilha da Odebrecht, é o ex-presidente Lula.

0x0

Compra de cada legenda – Alexandrino Alencar confirmou ao ministro Herman Benjamin, do TSE, que a Odebrecht comprou apoio do PROS, PCdoB e do PRB para a chapa Dilma-Temer, em 2014. O Estadão detalhou agora o valor da “compra” de cada legenda foi de R$ 7 milhões. Total da compra: R$ 21 milhões.

0x0

Sodtware sobre Caixa 2 – Cristina Lobo informa que o ex-diretor  do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, informou em depoimento ao TSE, que ficou sob responsabilidade dele a criação do software pelo qual eram movimentados todos os recursos de caixa 2 da companhia.

Conversando

Agonia é a seca – Belivaldo Chagas diz que não estar preocupado com pesquisas para 2018. Salienta que sua agonia do momento é a situação de seca no sertão.

Ritmo acelerado – Belivaldo Chagas lembra ao senador Valadares que governar não é fácil e salienta ritmo acelerado de Jackson Barreto.

Marcelo Déda – A deputada estadual Ana Lúcia prestigiou, na tarde de ontem, a abertura da semana em homenagem a Marcelo Déda.

Sobre André – Valadares Filho lembra que André Moura foi um parlamentar que exerceu com muita competência sua função de líder do Governo na Câmara.

Indicação – Saiu ontem no Diário Oficial a indicação do deputado André Moura (PSC) para líder do Governo no Congresso.

Mais pobre – O IBGE confirma que a economia brasileira caiu 3,6% em 2016 e os brasileiros ficaram 4,4% mais pobres.

Saída de Jucá – Deputados do PMDB divulgam carta em que pedem saída do senador Romero Jucá da presidência do partido.

Eduardo elogia – Senador Eduardo Amorim acha que o Governo Temer estará muito bem representado no Senado Federal, com a indicação de Romero Jucá como líder.

André Agradece – André Barro agradeceu a Valadares (PSB) pelo reconhecimento ao nosso trabalho, na certeza que estaremos trabalhando juntos por Sergipe.