14/03/17 - 00:01:38

DEPENDE DAS CIRCUNSTÂNCIAS

DIÓGENES BRAYNER[email protected]

Percebe-se que o governador Jackson Barreto (PMDB) silenciou sobre a montagem de um projeto político para 2018. Aparentemente vai deixar a discussão para o segundo semestre. Jackson não tem respondido às críticas dos seus adversários e passou a viajar pelo interior para dar ordens de serviços e inaugurar obras. Saiu do bate-boca e foi à prática. Certamente está dando certo, porque mostrar trabalho é mais produtivo do que arrochar no verbo contra adversários.

Ninguém tenha dúvida que Jackson Barreto sabe o que faz. Recentemente reforçou a distribuição de água para o sertão, através de caminhões pipa. Para o momento sem chuvas e de seca severa, nada melhor do que água. E assim vai fazendo, o que é uma obrigação do executivo, e, ao mesmo tempo, praticando a política de expansão dos resultados. Estaria em campanha? Pode ser.

É uma estratégia, claro, que deixa muita gente em dúvida quanto possível candidatura ao Senado Federal. Há quem aposte que ele não deixará o Governo. Isso vai depender das circunstância políticas do seu grupo.

Ontem houve uma reunião do governador com líderes políticos do seu grupo. A maioria saiu do encontro dizendo que ele tratou apenas da administração. Certamente houve um pedido de não vazamento da pauta. Todos sabem que encontro para fala sobre problemas administrativos se faz com secretários.

A oposição também está mais silenciosa. O senador Eduardo Amorim também anunciou que só vai tratar das eleições no segundo semestre deste ano. Já se declarou candidato a governador, sem deixar a possibilidade de tentar a reeleição ao Senado. Um dos fatos que maltrata o bloco oposicionista é a escassez de lideranças com musculatura eleitoral, para disputas majoritárias. E isso preocupa. Tanto que o bloco trabalha para atrair nomes, um dos quais seria o do empresário Ricardo Franco.

APOSENTADOS E AS CORRENTES

O governador Jackson Barreto acordou-se ontem com um grupo de aposentados querendo se acorrentar ao portão da sua casa, na Atalaia, em protesto.

Um detalhe: levaram as correntes e esqueceram dos cadeados.

FORAM BEM RECEBIDOS

Os aposentados foram bem recebidos por Jackson Barreto, que conversou com eles sem que houvesse maiores problemas.

Depois de concederem entrevistas foram embora.

ANDRÉ E JB SE ENCONTRAM

Será amanhã, às 11 horas, no gabinete do líder do Congresso, em Brasília, a conversa entre o governador Jackson Barreto e o deputado federal André Moura.

Tratam de interesses de Sergipe, como o Canal de Xingo.

CASO VALADARES DISPUTE O GOVERNO

Setores do grupo da oposição têm certeza de que o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) não será candidato a governador em 2018.

Avaliam que se ele tentar o Governo prejudica o deputado Valadares Filho (PSB).

FICAR SEM MANDATO SERIA SOLUÇÃO

O pessoal acha que o senador Valadares deveria ficar no comando da campanha e usar toda sua experiência em favor do bloco, para fortalecer o filho.

A opinião é de que o senador conduza a oposição sem mandato.

ESPECULAÇÃO SOBRE COMANDO

Rola especulação em relação a troca de comando em companhias do Governo como a Codise e a Cohidro, ainda sem consistência.

Tudo na base de conversas internas entre lideranças políticas.

A COHIDRO SEM CONVERSAS

Na Cohidro, cujo presidente é José Carlos Felizola, não há sinais de mudanças. Jackson tem elogiado o trabalho de Felizola e ele sequer foi avisado de qualquer mudança.

Deputados também acham que a Cohidro não deve ter comando político.

INDICAÇÃO DE BOSCO COSTA

Inicialmente dizia-se que o ex-deputado Bosco Costa (Pros) pretendia indicar um nome para Cohidro e que José Carlos Felizola iria para a Codise.

Terminou sem fazer nenhum sentido, pelo menos por enquanto.

SURPRESAS SOBRE O ASSUNTO

Ontem um parlamentar ligado ao Governo disse, também em tom de especulação, que o PT é que indicaria o presidente da Codise apesar de já ter uma Secretaria.

– Agora a legenda se fortalece de vez.

PODE FAZER SENTIDO

O parlamentar participou de conversas em que o nome do ex-gerente da Petrobras em Aracaju, Eugênio Dezen, ocuparia a Codise.

O que ainda não houve confirmação.

APROVAÇÃO DO CONSELHO

Rosmam Pereira já foi aprovado pelo Conselho Deliberativo da Fundação Hospitalar de Sergipe, e hoje assume a presidência do órgão.

A posse será simples e acontecerá na Secretaria da Saúde.

MACHADO CONTRA PRIVATIZAÇÃO

Ex-deputado José Carlos Machado é contra a privatização da Deso. Ontem, em reunião, ele expôs a situação da Deso há cinco anos e mostrou que ela era auto-sustentável.

Expôs os quilômetros de adutoras já construídos através da Deso.

VÊ PRECIPITAÇÃO NA VENDA

Machado vê precipitação na venda da Deso, pela sua capacidade de se recuperar. Lembrou que quem negocia em plena crise “vende mais barato”.

Não acredita na privatização por falta de segurança jurídica.

JOÃO FONTE E O PADRE

O ex-deputado João Fontes também participou da reuniu e fez discurso duvidando da manifestação dos prefeitos beneficiados pela Deso contra a privatização.

Citou o prefeito de Socorro, Padre Inaldo: “se ele for favorável, vai para o inferno”.

MAL ESTAR POR CHAPA PRÓPRIA

Deputado do PMDB queixou-se ao colega Jairo de Glória, do que Heleno Silva (PRB) disse em entrevista: o partido trabalha para formar chapa própria a deputado estadual.

Os candidatos a estadual terão uma média de votos de até 15 mil.

NÃO TEM ACORDO DE COLIGAÇÃO

Segundo Heleno Silva, não terá acordo para qualquer coligação a deputado estadual e o PRB pretende sair só e vê possibilidade de eleger bom número de deputados.

Para parlamentares de outros partidos, “isso não existe”.

MERECE VAGA NA MAJORITÁRIA

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que é candidato à reeleição, mas o seu partido quer e merece uma vaga na chapa majoritária.

– Quem quiser o apoio do PSD deve ter isso em mente, disse.

ESTÁ À DISPOSIÇÃO PARA SENADO

Fabio Mitidieri disse ainda que o PSD está à disposição para o Senado, caso JB não vá. Ele sendo candidato, vamos buscar outro espaço na chapa.

– Para isso temos, além do meu nome, o de Luis Mitidieri e Jéferson Andrade.

Notas

Samuel viaja com JB – O deputado Capitão Samuel avisa que viajará amanhã, junto com Jackson Barreto, à Brasília e participará de audiência com o líder do Congresso, André Moura. Na quinta-feira Samuel participa do encontro com presidente Michel Temer, representando a Assembleia Legislativa de Sergipe.

0x0

Reunião com líderes – Jackson Barreto reuniu-se ontem com lideranças políticas do seu bloco. Teria sido um encontro rápido. Segundo um dos participantes, Jackson tratou só de questões administrativas e apresentou quadro de obras. É difícil imaginar que numa reunião de líderes políticos não tenha ido além disso.

0x0

André confia em Padilha – O deputado André Moura (PSC), líder do governo no Congresso, em reunião ontem, disse que confia no ministro Eliseu Padilha e que o ministro “tem papel fundamental” na condução dos debates. “O ministro Padilha tem nossa confiança, tem condições de conduzir esse processo”, afirmou.

0x0

Inclusão produtiva – O ministro do Desenvolvimento, Osmar Terra, informou ontem que o governo vai editar pacote de medidas de inclusão produtiva para os beneficiários do Bolsa Família. Entre as iniciativas, está a manutenção do benefício por até dois anos para quem conseguir um emprego com carteira de trabalho assinada.

0x0

Resultado real – O ex-deputado Bosco Costa (Pros) disse que foi convidado pelo governador para a Codise e que ele lhe disse que a indicação era para março. “Como hoje [ontem] ainda é 13, tem muito tempo”. Há muita especulação em torno da nomeação de presidente da Codise, até o final de semana se chega ao resultado real.

0x0

Lula depõe hoje – O depoimento do ex-presidente Lula da Silva na Justiça Federal de Brasília, marcado para a manhã de hoje, terá reforço na segurança no local e levará até mesmo ao fechamento de uma rua. O ex-presidente é réu em ação penal que apura se ele tentou atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato.

Conversando

Mais recursos – Deputado Jony Marcos (PRB) insiste na necessidade da chegada de mais recursos para combate à seca na região sertaneja.

Cirurgia – diretor do Hospital de Cirurgia fala sobre possibilidade de fechamento em definitivo da unidade de saúde por causa de dívidas da PMA.

Royalties – Foram distribuídos R$ 739,2 milhões aos estados no primeiro bimestre a título de royalties de petróleo, de acordo com números da ANP.

Presídios – O senador Valadares (PSB) alerta que Brasil não pode lotar presídios com pessoas à espera de julgamento.

Bagagem – A Justiça cancelou a tempo a obrigatoriedade do pagamento de bagagem em viagens aéreas. Foi um alívio para todos.

Direitos – Os trabalhadores rurais correm o risco de perder direitos adquiridos que garantem o mínimo para sobrevivência no campo.

Reforma – É que a reforma da Previdência proposta pelo Governo Temer praticamente acaba com a aposentadoria rural.

Advogados – Eduardo Amorim diz que continuará sua defesa em prol de todos os advogados públicos do Brasil, em especial os de Sergipe.

Resistência – Governo se prepara para enfrentar resistências dentro da própria base no debate sobre a Reforma da Previdência.