23/03/17 - 07:17:27

Pastorando o gado

Faltando ainda mais de um ano para as eleições, os políticos clientelistas não tiram os olhos dos currais eleitorais. À boca miúda, muitos têm se queixado dos adversários que tentam invadir seus redutos de votos no interior sergipano. Ao mesmo tempo, ameaçam estourar as “cercas” dos invasores se a grilagem persistir. Como se vê, em pleno século 21, muitas lideranças continuam fazendo política como os velhos ‘coronéis’ do passado, que se achavam donos da consciência do cidadão e até agiam com violência se alguém tentasse cruzar as divisas de seus territórios eleitorais. Até as eleições de 2018, os políticos que insistem em fazer clientelismo terão muito trabalho para evitar o ‘estouro da boiada’. Vão continuar recorrendo aos favores do governo para fazer agrados ao eleitor menos politizado e ficar alertas para evitar surpresas desagradáveis, pois, como dizia uma experiente liderança do interior, “quem engorda o gado é o olho do dono”. É uma pena que ainda se faça política desta forma.

A casa caiu

A Polícia amanheceu nesta quinta-feira prendendo gente em Itabaiana. Logo cedo, 70 policiais cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados a crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídios. Os detalhes da “Operação Baixada” serão divulgados amanhã, durante entrevista coletiva na Secretaria da Segurança Pública.

Escravidão

Cerca de 60% dos trabalhadores rurais atuam na informalidade e com salários menores que os formais. Segundo o IBGE, além da perda de garantias trabalhistas, os baixos salários são preocupantes. A pesquisa revela que 78,5% dos trabalhadores assalariados rurais informais têm rendimento médio mensal de até um salário mínimo, sendo que quase metade desse total (33,9%), recebe menos de um salário. Danou-se!

Crise negada

A Energisa nega que esteja promovendo demissões em massa. “Uma grande parte dos funcionários saiu por aposentadoria e outra parte pediu demissão. O restante saiu por questões de rotatividade normal (turn-over) em qualquer empresa”. A estatal também jura que a qualidade do atendimento ao cliente e dos serviços prestados continua em alto nível. Então, tá!

Arroz de festa

E o líder da oposição na Câmara de Aracaju, vereador Elber Batalha (PSB), estranha o silêncio do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) sobre assuntos graves, como a polêmica em torno da coleta do lixo. Segundo ele, o comunista é visto em tudo que é lugar: “Missa, solenidade, restaurantes caros e eventos da construção civil. O povo só não o vê esclarecendo os vários problemas de sua administração”. Misericórdia!

Caminho sem volta

O BNDES encerrou mais uma etapa do processo de desestatização das empresas estaduais de saneamento, que estão inscritas no Programa de Parcerias de Investimentos do governo federal. Já está definido que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) terá os estudos de desestatização feitos pelo consórcio Universalizar, liderado pelo escritório Machado Meyer, que deu um lance de R$ 4,3 milhões.

Terceirização

A Câmara Federal aprovou ontem, o parecer do deputado Laércio Oliveira (SD) para o substitutivo do Senado ao projeto de lei que permite a terceirização em todas as atividades da empresa. Nesta primeira votação foi mantido o trecho da redação da Câmara sobre trabalho temporário, para deixar claro que essa modalidade poderá ser usada nas atividades-fim e nas atividades-meio das empresas. Crendeuspai!

Cara, crachá

Resolução do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) assegura o uso do nome social a profissionais travestis e transexuais em registros, carteiras, sistemas e documentos. Segundo o texto, entende-se por nome social aquele adotado pela pessoa, por meio do qual se identifica e é reconhecida na sociedade, sendo obrigatório o seu registro. A resolução entra em vigor em 60 dias. Maravilha!

Juntos e misturados

Vejam o que pensa o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) sobre dois temas polêmicos em discussão no Congresso: “Votar a um só tempo o fim do foro privilegiado (consenso) e abuso de autoridade (polêmico) é o mesmo que se agarrar à última pra não aprovar a primeira”. Segundo Vavá, o ideal é que ambas as propostas sejam discutidas sem qualquer dependência de uma em relação à outra. É, pode ser!

Aqui não, violão!

Os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD), Fábio Reis (PMDB) e Jony Marcos (PRB) se reuniram ontem para tratar sobre a coordenação da bancada sergipana em Brasília. Os três podem desistir do apoio que deram para que a coordenação ficasse com o deputado Laércio Oliveira (SD). O objetivo do trio é enfraquecer o projeto do aliado de ser candidato ao Senado em 2018. Marminino!

Quem matou?

E o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) exige celeridade na elucidação do assassinato de Claudeir dos Santos, o “Pinho”. Ex-vereador de Poço Redondo, o rapaz foi morto a tiros quando conversava com amigos. Segundo o parlamentar petista, “quem o conhecia sabe que se tratava de um homem pacifico, humilde, desprovido de qualquer gesto grosseiro”. Aff Maria!

Recorte de jornal

ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ456

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 29 de julho de 1938.

Resumo dos Jornais