18/05/17 - 08:09:59

A casa caiu

O ainda presidente Michel Temer (PMDB) foi flagrado com a boca no gravador incentivando um empresário propineiro a continuar pagando R$ 500 mil ao presidiário e ex-deputado Eduardo Cunha em troca de seu silêncio. “Tem que manter isso, viu?”, disse o Temer a Joesley Batista, dono da JBS. Agora ficou claro porque este governo temerário mantém como ministros quase uma dezena de investigados na Lava-Jato. Também está explicado porque, após afastar o deputado André Moura (PSC) da liderança governista na Câmara, voltou atrás e o indicou como seu líder no Congresso. Esta deve ter sido uma das tantas exigências que Eduardo Cunha – de quem André é amicíssimo – para não contar o que sabe sobre esta República de canalhas. É este Temer e seus asseclas que querem aprovar reformas acabando com os direitos dos trabalhadores e transformando a aposentadoria de milhões de brasileiros num sonho inalcançável. Felizmente, a casa caiu antes que os congressistas, traquinos em grande parte, perpetrassem esse crime de lesa-pátria.

Povo nas ruas

O Movimento não Pago está convocando o povo para ir às ruas de Aracaju hoje à tarde. A manifestação é contra os últimos acontecimentos envolvendo o escândalo da Lava-Jato e as medidas do presidente Michel Temer e do Congresso contra os direitos trabalhistas (reformas da Previdência e trabalhista). Em nota, o Movimento diz ser “necessário darmos um basta a esses retrocessos. Traga seus cartazes, faixas e bandeiras. Fora Temer e todos os corruptos”. Cruz credo!

Impeachment

E o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) já está defendendo o impedimento do presidente Temer. O parlamentar sergipano postou o seguinte nas redes sociais: “Quem pensava que a Friboi iria derrubar Lula, agora está sem acreditar. Quem vai cair é o Temer e o Aécio. impeachment já!”. Misericórdia!

A afronta do recesso

O vereador aracajuano Fábio Meireles (PPS) é voz solitária quando defende a redução do recesso parlamentar de exagerados três meses anuais para – ainda muitos – 55 dias. Diferente do trabalhador, que labuta de sol a sol e o ano inteiro, os parlamentares registram presenças quatro dias por semana e tiram férias a cada seis meses. Pior é que muitos desses ‘come e dorme’ ainda dizem trabalhar demais. Coitadinhos!

Crime virtual

A Assembleia promove hoje uma Audiência Pública sobre Crimes Cibernéticos. Proposto pelo deputado estadual Luciano Bispo (PMDB) e tendo como palestrante a delegada de polícia Rosana Freitas, o evento acontecerá, a partir das 14h, no plenário do Legislativo. Segundo Bispo, “a preocupação maior com este tipo de crime é porque as crianças e os adolescentes são alvos vulneráveis”. Prestigie!

Indenize-se

Com o título acima, o Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: O Ministério Público denunciou o deputado estadual Robson Viana (PEN) pelo envolvimento na chamada Operação Indenize-se, que apura supostas irregularidades no uso das verbas indenizatórias da Câmara de Aracaju. Ex-vereador, Robson Viana agora possui prerrogativa por foro. Por conta disso, o processo, que corre em segredo de justiça, precisa ser aceito pelo Judiciário sergipano.

Rebatizado

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou a mudança do nome do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para “Podemos”. O PTN obteve o registro no TSE em 2 de outubro de 1997. O Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), fundado em 1994, também quer se chamar “Avante”, já tendo protocolado o pedido de mudança de nome no TSE.

Bandeira vermelha

Em vigor desde o mês passado, a bandeira tarifária vermelha de patamar 1 deve continuar a elevar o preço das contas de luz até o fim do período seco, em novembro. Ela é acionada quando é preciso ligar usinas termelétricas, que produzem energia com custo maior que as hidrelétricas. Quando a bandeira vermelha está em vigor, os consumidores pagam R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Luto

Faleceu nesta quinta-feira, em sua fazenda no município de Carira, o agropecuarista José Menezes Corcínio, o “Zé das Canas”. Ele é pai do prefeito de Frei Paulo, Anderson Menezes. O corpo está sendo velado em Itabaiana, devendo o sepultamento ocorrer, às 17h, no Cemitério de Santo Antônio e Almas, daquele município serrano.

Fole furado

O governador Jackson Barreto (PMDB) e o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), correram a sacolinha em Brasília à cata de dinheiro para viabilizar o “Arraiá do Povo” e o Forró Caju. Os ministros do Turismo, Marx Beltrão, e da Cultura, Roberto Freire, mostram-se sensíveis aos pleitos, porém acham difícil atendê-los por falta de grana. Outro complicador é a proximidade dos festejos juninos.

Recorte de jornal

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz1922

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 30 de dezembro de 1922.

Resumo dos Jornais