15/07/17 - 15:26:48

Ladrões em bicicletas furtam celulares na Praça da Sé

Ladrões em bicicletas aproveitam a distração dos pedestres para furtar seus celulares na Praça do Sé, no Centro de São Paulo. A ação de dois ladrões foi flagrada por um cinegrafista que já foi vítima deste crime (assista acima).

O registro foi realizado no último domingo (9). Dois jovens pedalam próximo ao Marco Zero da cidade (um dos pontos turísticos da praça, em frente à catedral). No trajeto, observam os pedestres e selecionam os alvos mais fáceis.

De repente, um deles se aproxima de uma mulher que fotografa a catedral e, rapidamente, toma o celular dela e pedala em alta velocidade para fora da praça. Logo atrás dele está seu comparsa.

O cinegrafista de 25 anos contou ao G1 que foi assaltado da mesma forma na Avenida Paulista e que presenciou outros casos na Praça da Sé, por isso teve a ideia de tentar registrar um flagrante. Ele se sentou na escadaria do templo e, escondido, filmou os ladrões.

“Antes deste assalto, havia um encontro de mães que seguravam fotos de filhos desaparecidos. O clima estava calmo. Quando terminou, eles começaram a circular no local”, contou. “Depois do assalto, eles até tentaram outros, mas a presença de dois policiais no centro da praça intimidou a ação deles”, continuou.

O rapaz conta que não tem sido difícil presenciar crimes como este na Praça da Sé. “No domingo anterior, saí da missa e vi três assaltos sobre bicicleta em cerca de uma hora e meia”, disse. “O esquema é sempre o mesmo: eles pedalam perto das pessoas, às vezes se camuflam entre as palmeiras, furtam sem violência e pedalam muito rápido pelo corredor lateral da praça”, alerta.

De acordo com o cinegrafista, o assalto que sofreu também aconteceu em um domingo. “Eu estava com um grupo de amigos e com o celular na mão enviando fotos. A Paulista estava cheia de ciclistas, já que estava fechada para carros”, disse. “Um rapaz em uma bike passou bem rápido e levou o aparelho. Nem consegui descrevê-lo no boletim de ocorrência”, continuou.

1º Distrito Policial da Sé

Furtos de celulares se enquadram na categoria “Furtos Outros” nas estatísticas da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP). A categoria inclui todo tipo de furto, ou seja, assalto sem violência (exceto os de veículo, de carga e em agências bancárias).

Nos cinco primeiros meses de 2016 foram registrados 3.800 boletins de ocorrência (BOs) desta natureza no 1º DP da Sé. No mesmo período de 2017, foram 4.486 BOs, um aumento de 18% nos casos.

A Polícia Militar afirma que analisa a dinâmica criminal para adaptar o efetivo e a modalidade de policiamento implantada nos bairros, sendo que a região dá Sé recebe reforço da Dejem, policiamento de bicicleta e ainda da Atividade Delegada. O 1º DP, responsável pela Praça da Sé, também realiza operações mensais em parceria com a 1ª seccional para coibir os crimes contra o patrimônio. O trabalho policial resultou, apenas pelo 1º DP, na prisão de 166 pessoas em flagrante e na recuperação de mais de 10 mil objetos. O trabalho policial resultou na apreensão de mais de 1.600 aparelhos celulares, apenas esse ano, pela Polícia Civil na região, segundo a Secretaria da Segurança Pública.

Este tipo de crime não é novidade no Centro da capital paulista. Em 2014, uma reportagem do SP1 exibiu imagens de câmeras de segurança de prédios da região que registraram ações de integrantes da chamada gangue da bicicleta.

Por G1 SP, São Paulo